09/10/2007

JOVENS DA UNIDADE PROJETO PESCAR SUDESTE VISITAM O BEIRA-RIO

O Internacional recebeu a visita dos jovens da Unidade Projeto Pescar Sudeste, na tarde desta terça-feira, no estádio Beira-Rio. O grupo de funcionários da empresa de ônibus de Porto Alegre Sudeste foi beneficiados pelo projeto de extensão ?IPA e Fundação Pescar?, numa parceria para Afirmação dos Direitos dos Jovens Trabalhadores nas Empresas.

Os 16 alunos de Mecânica Básica e Gestão Administrativa foram acompanhados de instrutores do curso na visita guiada ao Beira-Rio. Com o tema: "Colorado ou Gremista, seja um cidadão!" + "Quem usa e quem paga é você!", o contexto da ação foi para despertar a conduta cidadã nos estádios, nos ônibus e o custo que representa recuperar ou manter estes patrimônios. ?Queremos mostrar que ao depredar um ônibus, essa ação leva a uma reação, que pode se refletir no próprio preço da passagem?, afirmou o Luis Terra, instrutor do Projeto Pescar na empresa Sudeste há 10 anos. 


Privilégio: jovens da empresa de ônibus Sudeste posam para a foto com o atacante Gil dentro do vestiário profissional

A Sudeste realiza há dez anos este trabalho com jovens carentes dos bairros Lomba do Pinheiro e Morro da Cruz. No curso com duração de um ano, os alunos recebem almoço, lanche e uma bolsa mensal de R$ 200. Após o curso, a maioria dos jovens consegue se inserir no mercado de trabalho.

Na visita, os garotos foram orientados pela guia do clube, Tânia Ilha. Eles conheceram as Suítes, o gramado principal do estádio, o vestiário do time profissional e alguns jogadores. Além disso, os garotos conheceram locais que foram depredados e se interaram sobre a dificuldade de reconstruir, os investimentos necessários para recuperar áreas destruídas e a importância de colaborar para a manutenção de patrimônio que mais pessoas usufruem. No final do encontro, o diretor de futebol Newton Drummond entregou a cada garoto um kit com produtos do Internacional.


Newton Drummond entrega o kit do Inter ao visitante

A Fundação Pescar tem como atividade envolver organizações empresariais no resgate da cidadania e no preparo de adolescentes em condições de vulnerabilidade, por meio de uma profissão, de modo a promover a inserção social.  Em parceria com o IPA estão as empresas: Sudeste, Vonpar, Copesul, Areva, Sheraton Hotel, Stemac, Procergs, e outras. Ao longo de um ano na empresa, com carteira assinada (aprendizes), os jovens recebem noções de direito de trabalho, direito constitucional, administração de empresas e outras ligadas diretamente à atividade da empresa. A Sudeste, por exemplo, dá aulas de mecânica, manutenção de veículos, etc.

>>Clique aqui e saiba mais sobre a Fundação Pescar

Fotos: Alexandre Lops


Outras notícias
Loja Virtual