07/10/2007

INTER VENCE O AMÉRICA-RN

O Internacional venceu o América-RN por 2 a 0 na tarde deste domingo no Beira-Rio, em jogo válido pela 30ª rodada do Brasileirão. Fernandão e Magrão marcaram os gols. Com o resultado, a equipe colorada subiu para a 12ª posição com 40 pontos e aproximou-se da zona de classificação para a Copa Sul-Americana. No próximo sábado (13/10), o Inter enfrenta o Corinthians em São Paulo.


Fernandão (E) comemora com Guiñazu: Inter venceu por 2 a 0 no Beira-Rio

Apesar do tempo nublado com perspectiva de chuva e da temperatura um pouco mais baixa, a torcida colorada compareceu ao Gigante para apoiar o time em busca da reação no Brasileirão. O Inter precisava da vitória para entrar na zona de classificação para a Copa Sul-Americana. Para isso, o técnico Abel Braga escalou a mesma base de time que enfrentou o Figueirense em Florianópolis. O meio-campo e o ataque foram os mesmos. Mas as mudanças ocorreram na defesa. No gol, Renan entrou no lugar de Clemer, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.


Torcida colorada incentivou o Inter do começo ao fim

Por outro lado, Índio retornou à equipe na vaga de Orozco depois de cumprir suspensão. Outra novidade foi a presença de Jorge Luiz, que recebeu uma oportunidade de começar a partida pela primeira vez. O lateral-esquerdo entrou na vaga de Alex, que não pôde atuar por uma indisposição estomacal.

Antes do jogo, um grupo de torcedores colorados abriu uma faixa dizendo ?O Clube do Povo contra o Racismo?, em alusão ao episódio recente de torcedores gremistas detidos pela polícia por promover o neonazismo. Quando o sistema de som do Beira-Rio anunciou a escalação do Inter, a torcida aplaudiu bastante, principalmente Renan, Sorondo, Guiñazu e Fernandão.


Guiñazu mostrou muita disposição no meio-campo

O Inter entrou em campo com o capitão Fernandão à frente e saudado pela torcida e pelo hino colorado. Numeração da equipe: 1 ? Renan; 2 ? Jonas; 3 ? Índio; 4 ? Sorondo; 5 ? Wellington Monteiro; 6 ? Jorge Luís; 7 ? Guiñazu; 8 ? Edinho; 9 ? Fernandão; 10 ? Gil; 11 ? Magrão. No banco de reservas: 12 ? Muriel; 13 ? Orozco; 14 ? Ji-Paraná; 15 ? Roger; 16 ? Pinga; 17 ? Adriano; 18 ? Christian.

O time colorado começou buscar o ataque pela esquerda com o apoio com Jorge Luís. Nos primeiros dois minutos, o lateral-esquerdo já tinha ido duas vezes à linha de fundo. Aos 2min20seg, ele cobrou falta para Fernandão concluir por cima.

Aos 5min, o Inter avançou com boa troca de passes pelo meio-campo até a bola chegar em Jonas, na direita, cruzar e o goleiro Sérvulo defender. Um minuto depois, o Inter chegou ao primeiro gol. Wellington Monteiro cobrou falta da intermediária e Fernandão cabeceou com estilo no canto: 1 a 0. Nas arquibancadas a torcida gritou ?Uh, Fernandão, Uh, Fernandão?. Foi o 63° gol com a camisa colorada do maior artilheiro do atual grupo.


Fernandão marcou o seu 63º gol pelo Inter

O América respondeu em seguida. Aos 7min45seg, Reinaldo entrou na área e concluiu forte para boa defesa de Renan. Aos 10min, Reinaldo recebeu outro bom passe na área. O meio-campista encobriu Renan e acertou o travessão. No rebote, a bola tocou no próprio Reinaldo que perdeu gol incrível. Aos 13min, Jorge Luís roubou a bola na intermediária do Inter, arrancou até a intermediária do América e tocou para Gil devolver. O lateral, por pouco, não alcançou a bola na área. Aos 13min50seg, Jorge Luís deu grande passe para Guiñazu cruzar e Fernandão cabecear para defesa de Sérvulo.


Jogadores comemoram: Inter abriu o placar aos 6min do 1º tempo

Aos 14min45seg, Souza cobrou falta rasteira e Renan defendeu com segurança. Ao primeiros 15 minutos foram de vantagem do Inter, principalmente graças ao bom desempenho de Jorge Luís pela esquerda, criando boas chances. O América, por sua vez, também ameaçava e conseguiu criar duas chances para empatar.

Aos 18min15seg, Magrão roubou a bola na frente da área adversária e tocou para Gil concluir e o goleiro defender. Trinta segundos depois, Índio cruzou da direita e Magrão, de peixinho, cabeceou para nova defesa de Sérvulo. O Inter pressionava a saída de bola e tentava ampliar o placar. Aos 22min, Gil roubou a bola, entrou na área e quando iria concluir, a zaga conseguiu tirar a bola. Aos 26min45seg, Jorge Luís cruzou para Fernandão cabecear e ajeitar até Gil matar no peito e concluir prensado com a defesa.


Gil conclui prensado com a defesa do América-RN

Aos 28min30seg, o atacante Wesley Brasília proporcionou um lance varzeano. Com o jogo parado para atendimento do próprio companheiro Ney Santos, que estava se contorcendo em dores, Wesley pegou a bola, carregou até a área do Inter, chutou para o gol e fez o gol. Saiu vibrando inclusive. O juiz, acertadamente, aplicou o cartão amarelo no jogador. Aos 32min55seg, Wellington Monteiro cobrou falta lateral direto para o gol e a bola tocou na quina da trave. Quase o segundo gol.

A partir dos 18min, o Inter passou a dominar o jogo e criar chances. Parecia questão de tempo para o time ampliar a vantagem, enquanto o América tinha dificuldades de chegar ao gol de Renan. Até que aos 36mi50seg, Souza cruzou da esquerda e Róbson cabeceou por cima, com perigo. O Inter respondeu um minuto depois quando Jonas cruzou da direita e Fernandão cabeceou. Aos 38min35seg, Gil cruzou da esquerda e Magrão cabeceou no cantinho, enganando o goleiro: 2 a 0. Foi o primeiro gol do meio-campista colorado, que vibrou muito e correu em direção às gerais.


Magrão comemorou intensamente o seu primeiro gol com a camisa colorada

Além de Jorge Luís, o Inter tinha como destaques as trocas de passes pela esquerda com Guiñazu e Gil também. Da mesma forma, Magrão e Guiñazu se apresentavam bem na marcação e armação pelo meio e chegavam na área para conclusão.

?Esse gol é um prêmio para todo mundo que torceu pra mim?, festejou Magrão, na saída do campo para o intervalo.

?O importante é que saíram os dois gols no primeiro tempo para dar mais tranqüilidade. Agora tempos que repetir a atuação no segundo tempo?, analisou Fernandão.

Para o segundo tempo, os dois times voltaram sem mudanças. O Inter retornou buscando as jogadas pela esquerda com Jorge Luís. Aos 3min, ele cruzou para Gil chutar rasteiro para boa defesa de Sérvulo. Aos 4min30seg, depois de cruzamento para a área, a bola foi tocada para Gil de cabeça concluir e a zaga salvar quase em cima da linha.


Jorge Luís foi o substituto de Alex na lateral esquerda

A pressão colorada aumentava e o estádio cantava e aplaudia com entusiasmo. O América, sufocado em seu campo pela marcação pressão, não conseguia ultrapassar a linha do meio-campo. Aos 13min20seg, Souza arriscou da intermediária pelo alto, com perigo.

A partir dos 15 minutos, o jogo caiu um pouco de velocidade. O América passou a ameaçar mais. Aos 17min45seg, Wesley Brasília entrou na área e Renan salvou com grande saída com os pés. Um minuto depois, Souza cobrou falta com perfeição e Renan fez defesa espantosa. A bola ainda tocou na trave e não entrou.

Aos 21min50seg, entrou Fernandes no lugar de Marquinhos Mossoró na primeira mudança da partida. Aos 26min50eg, Gil pegou sobra da defesa e chutou para defesa de Sérvulo. Aos 29min, o América mudou de novo: Carlos Eduardo deixou o campo para a entrada de Toni. O Inter só foi mudar aos 32min30seg, quando Magrão deixou o gramado bastante aplaudido para a entrada de Roger.


Magrão teve boa atuação contra o América-RN

As mudanças continuaram. Aos 34min10seg, Wesley Brasília foi substituído por Washington. Aos 35min, Fernandão recebeu a bola na área e tocou de calcanhar para Gil concluir por cima. O América só foi tentar ameaçar de novo aos 40min20seg com chute de Berg de fora da área por cima. Aos 42min, o técnico Abel Braga retirou Roger, lesionado, e Fernandão para as entradas de Adriano e Ji-Paraná. Um minuto depois, Gil avançou até a entrada da área e chutou rasteiro ao lado do gol. Foi a última chance da partida.

Com a vitória, o Inter avançou para 40 pontos. Na próxima rodada, irá enfrentar o Corinthians em São Paulo.

?A gente sai feliz com a vitória e os três pontos. O time fez o seu papel?, afirmou o atacante Gil, um dos destaques do jogo.

?O time está de parabéns pela vitória. Trabalhei alguns meses para poder ter bom desempenho quando a chance chegasse. Foi o que aconteceu?, afirmou Jorge Luís, outro destaque do confronto.

Internacional (2): Renan; Jonas, Índio, Sorondo e Jorge Luís; Edinho, Wellington Monteiro, Magrão (Roger, 32min30seg2°t, Adriano, 42min2°t) e Guiñazu; Fernandão (Adriano, 42min2°t) e Gil. Técnico: Abel Braga.

América-RN (0): Sérvulo; Ney Santos, Rogelio, Robson e Berg; Carlos Eduardo (Toni), Reinaldo, Marquinhos Mossoró (Fernandes) e Souza; Wesley Brasília (Washington) e Leandro Sena. Técnico: Paulo Moroni.

Gols: Fernandão (I), aos 6min do primeiro tempo, Magrão (I), aos 38min35seg do primeiro tempo. Cartões amarelos: Wesley Brasília, Róbson, Reinaldo, Ney Santos (A), Gil (I). Renda: R$ 184.722,00. Público: 17.133 (14.508 pagantes). Arbitragem: Emerson Batista da Silva (PB), auxiliado por Claudemir Maffessoni (SC) e Cleidy Mary Santos Nunes Ribeiro (Fifa-SC). Local: Estádio Beira-Rio.

>> Fotos exclusivas do jogo

Fotos: Alexandre Lops


Outras notícias
Loja Virtual