1º/06/2007

ERRO DO ÁRBITRO PREJUDICA O INTER

Um erro da arbitragem aos 41min35seg do segundo tempo interferiu diretamente no resultado do primeiro jogo das finais da Recopa Sul-Americana. O Inter perdia por 2 a 1 para o Pachuca quando chegou ao empate com Christian. O atacante, que havia entrado no lugar de Fernandão, aproveitou o rebote da cobrança de falta de Wellington Monteiro e marcou o segundo gol colorado no México.

Os jogadores comemoravam quando foram surpreendidos pela anulação do gol. Para surpresa de todos, o gol foi invalidado porque, segundo a arbiragem, o bandeirinha estava dentro do campo no momento da cobrança da falta. "Ele nem precisava estar ali contando os passos para a formação da barreira. O árbitro já tinha autorizado a cobrança", lembrou Iarley depois da partida.

Ao final do jogo, na saída do campo, o árbitro chileno Carlos Chandia reconheceu o erro e pediu desculpas para o técnico Alexandre Gallo. "Pedir desculpa agora não adianta. Foi um erro que nos prejudicou seriamente", lamentou o treinador na entrevista coletiva.


Outras notícias
Loja Virtual