11/05/2007

INTER BUSCA O TETRA NACIONAL

Curiosidades do Inter no Brasileirão:

* Tradição colorada: o Inter leva uma tradição vencedora nos Campeonatos Brasileiros. É o único clube gaúcho que disputou todas as edições da competição desde que ela foi criada, em 1971. O clube colorado já conquistou três vezes o maior título do futebol nacional. Além disso, chegou entre os cinco primeiros em 14 edições, sendo quatro vezes como vice, quatro como terceiro, duas como quarto e uma como quinto.

* O único invicto: Nem o Santos, de Pelé, nem o Botafogo de Garrincha, nem o Flamengo, de Zico. Apenas um clube no Brasil conquistou o campeonato brasileiro de forma invicta. Foi o Internacional, de Falcão, em 1979. Na campanha fantástica, o Inter disputou 22 jogos com 15 vitórias e sete empates. Marcou 40 gols e sofreu apenas 13. Vale lembrar o time-base: Benitez; João Carlos, Mauro Pastor, Mauro Galvão e Cláudio Mineiro; Batista, Falcão, Jair e Mário Sérgio; Valdomiro e Bira. Técnico: Ênio Andrade (foto ao lado).

* O reinado dos anos 70: O Inter reinou no futebol brasileiro nos anos 70, com três títulos (1975, 1976 e 1979) e dois terceiros lugares (1972 e 1978).

* Os goleadores colorados: O Inter teve o goleador do Brasileirão em três edições. Em 1975, Flávio marcou 16 gols. No ano seguinte, Dario marcou o mesmo número de gols. E em 1988, Nilson anotou 15 gols.

* A façanha de Renan: no Brasileirão de 2006, Renan ficou oito jogos sem sofrer gol.


Renan ficou nove jogos sem levar gol no Brasileirão de 2006

* O recordista de gols: o centroavante Christian é o jogador que mais marcou gols pelo Inter em um só Brasileirão. Foram 23 no campeonato de 1997. Apesar disso, o artilheiro da edição foi Edmundo, do Vasco, com 28.

A campanha do Inter em todos Brasileirões

1971: 5º
1972: 3º
1973: 4º
1974: 4º
1975: Campeão
1976: Campeão
1977: 25º
1978: 3º
1979: Campeão
1980: 3º
1981: 8º
1982: 24º
1983: 19º
1984: 22º
1985: 10º
1986: 16º
1987: Vice-campeão
1988: Vice-campeão
1989: 16º
1990: 16º
1991: 7º
1992: 10º
1993: 17º
1994: 12º
1995: 9º
1996: 9º
1997: 3º
1998: 12º
1999: 16º
2000: 6º
2001: 9º
2002: 21º
2003: 6º
2004: 8º
2005: Vice-campeão
2006: Vice-campeão

Fonte: Placar

As fichas das decisões

Campeonato Brasileiro de 1975

O primeiro título nacional

Figueroa salta para marcar
o antológico "Gol Iluminado": Inter conquistava
seu primeiro Campeonato Brasileiro

Inter (1): Manga; Valdir, Figueroa, Hermínio e Chico Fraga; Caçapava, Falcão e Carpeggiani; Valdomiro (Jair), Flávio e Lula. Técnico: Rubens Minelli.

Cruzeiro (0): Raul; Nelinho, Morais, Darci Menezes e Isidoro; Wilson Piazza, Eduardo (Souza) e Zé Carlos; Roberto Batata (Eli), Palhinha e Joãozinho. Ténico: Zezé Moreira.

Gol: Figueroa, aos 11min do segundo tempo. Cartões amarelos: Morais e Palhinha (C). Público: 82.568. Arbitragem: Dulcídio Wanderlei Boschilla. Data: 14/12/1975. Local: Beira-Rio.

Campeonato Brasileiro de 1976

O segundo título nacional

Inter (2): Manga; Cláudio, Figueroa, Marinho e Vacaria; Caçapava, Falcão e Batista; Valdomiro, Dario e Lula. Técnico: Rubens Minelli.

Corinthians (0): Tobias; Zé Maria, Moisés, Zé Eduardo e Wladimir; Givanildo, Russo e Neca; Vaguinho, Geraldão e Romeu. Técnico: Duque.

Gols: Dario, aos 26min do primeiro tempo, e Valdomiro, aos 11min do segundo. Cartões amarelos: Manga (I), Russo e Givanildo (C). Público: 84.000. Arbitragem: José Roberto Wright. Data: 12/12/1976. Local: Beira-Rio.

Campeonato Brasileiro de 1979

O tri invicto

Inter (2): Benitez; João Carlos, Mauro Pastor (Beliato), Mauro Galvão e Cláudio Mineiro; Batista, Falcão, Jair e Mário Sérgio; Valdomiro (Chico Spina) e Bira. Técnico: Ênio Andrade.

Vasco (1): Leão; Orlando, Gaúcho, Ivã e Paulo César; Zé Mário, Paulo Roberto (Xará) e Paulinho (Zandonaide); Catinha, Roberto Dinamite e Wilsinho. Técnico: Oto Glória.

Falcão levanta a taça do tricampeonato

Gols: Jair (I), aos 41min do primeiro tempo, Falcão (I), aos 13min do segundo tempo, e Wilsinho (V), aos 38min do segundo tempo. Público: 54.659. Arbitragem: José Faville Neto. Data: 23/12/1979. Local: Beira-Rio.

Regulamento do Brasileirão 2007

A 37ª edição do Campeonato Brasileiro terá a participação de 20 clubes, no sistema de pontos corridos, em turno e returno. Os quatro últimos colocados serão rebaixados para a Série B em 2008. As vagas brasileiras asseguradas para a Copa Libertadores de 2008 serão ocupadas pelos clubes classificados nos três primeiros lugares da competição. As vagas na Copa Sul-Americana de 2008 serão ocupadas pelo campeão brasileiro de 2007 e pelas sete posições subseqüentes às dos clubes classificados para a Copa Libertadores de 2008.


Outras notícias
Loja Virtual