23/04/2007

TECNOLOGIA AJUDA NO DESEMPENHO FÍSICO DO INTER

Por Felipe Silveira (texto)
Alexandre Lops (fotos)

Aparelhos de última geração são utilizados na preparação física do grupo colorado

O futebol profissional não pára de evoluir. O popular esporte torna-se cada vez mais competitivo, exigindo uma preparação toda especial dos seus praticantes. A velocidade e a resistência se tornaram capacidades físicas extremamente requisitadas durante os 90 minutos de uma partida. ?A ocupação dos espaços no campo mudou, tornando o futebol mais dinâmico e veloz. A preparação física tem que acompanhar esta transformação dando suporte para os jogadores?, analisa o preparador físico Eduardo Silva.

Para monitorar e melhorar o rendimento físico de cada atleta dentro das quatro linhas, médicos e preparadores do Inter estão utilizando equipamentos de última geração. O mais novo deles, adquirido no começo da temporada, possibilita fazer análises laboratoriais de maneira rápida e prática. Trata-se do Reflotron Plus, um moderno aparelho portátil utilizado na análise dos marcadores bioquímicos modificados pelo esforço físico.


Luiz Crescente com o aparelho Reflotron

O processo é simples. Após um treino ou uma partida, uma gota de sangue é retirada dos jogadores e logo em seguida colocada em uma fita reagente. A fita é inserida em um compartimento do aparelho. Após três minutos, o Reflotron mensura uma série de parâmetros como ácido úrico, glicose, creatinina potássio, hemoglobina, triglicerídeo, amilase, etc, presentes na amostra. Os índices são impressos em uma espécie de extrato bancário, possibilitando que o médico faça as interpretações sobre o nível de desgaste sofrido pelo atleta durante a realização do esforço. ?Pelo aparelho temos condições de monitorar como os jogadores estão reagindo à carga de treinos. Dessa maneira, podemos controlar e direcionar da maneira mais adequada possível as atividades, evitando até mesmo a incidência de lesões?, explica o médico do Inter, Luiz Crescente.


Aparelho ajuda no monitoramento do desgaste físico dos atletas

Banco de dados

O departamento médico possui um banco de dados onde são armazenados os perfis físicos de cada jogador. Informações sobre a composição corporal (massa muscular), capacidade de deslocamento, condição física, etc, podem ser acessadas pelo computador. O sistema existe desde 1994. ?Cada atleta tem suas próprias características, o que chamamos na medicina de ?individualidade biológica?. Por isso é importante conhecer exatamente o potencial de cada um, pois os organismos reagem de maneiras distintas?, pondera Crescente.

Conectados à tecnologia

Desde o ano passado, todos os atletas utilizam uma espécie de relógio de pulso conectado a um satélite GPS (Global Positioning System ou Sistema de Posicionamento Global) que monitora o desempenho durante os treinos. O aparelho registra o tempo, a velocidade, a distância percorrida e a freqüência cardíaca durante as atividades. O sistema GPS é composto por 24 satélites artificiais posicionados na órbita terrestre. Os sensores dos relógios dos jogadores ficam conectados, no mínimo, a três satélites, formando a triangulação necessária para a obtenção das informações. ?Durante os treinamentos sempre procuramos atingir metas.


Wellington Monteiro com o relógio de pulso conectado ao satélite

O GPS possibilita o total controle sobre os rendimentos dos jogadores, já que cada um possui seu próprio relógio conectado ao satélite. Ao final da semana somamos a carga física e técnica para sabermos o volume total de treinamento executado?, explica o auxiliar de preparação física, Anderson Paixão, que defendeu uma tese de mestrado intitulada ?Análise do esforço físico nos treinamentos técnicos?, na Universidade de Córdoba, na Espanha.
 
Musculação de primeira

A sala de musculação do vestiário profissional foi equipada com aparelhos de última geração no início da temporada. Além de oferecer qualidade aos exercícios diários dos atletas, os equipamentos também são utilizados durante o processo de reabilitação de lesões. ?Os aparelhos que dispomos possibilitam trabalharmos com diferentes angulações. Assim, podemos isolar a musculatura em geral conforme as necessidades do momento?, afirma o fisioterapeuta, Mauren Mansur.


Sala de musculação com modernos aparelhos


Outras notícias
Loja Virtual