20/04/2007

COLORADOS VIVEM EXPERIÊNCIA NAS SELEÇÕES DE BASE DO BRASIL

Por Rodney Silva

A tradição do Internacional em fornecer atletas para as Seleções de Base do Brasil é motivo de orgulho, ainda mais quando um destes jogadores conquista um título com a ?amarelinha?. Foram convocados três colorados para a disputa da 7ª Copa do Mediterrâneo, em abril, na Espanha. O atacante da equipe infantil, Felipe, que foi campeão pela Seleção Sub-15. Da Seleção 94 do Inter, foram convocados o goleiro Maurício e o meia Lucas, que ficaram em terceiro lugar com Seleção Sub-13.

Bicampeão com a Seleção Sub-15

O atacante Felipe (foto), 15 anos, conquistou pela segunda vez com a camisa canarinho o título da Copa do Mediterrâneo. Em 2006, o garoto já havia sido artilheiro da competição com sete gols. Esse ano não foi diferente. Foram cinco gols em sete jogos vencidos pela equipe brasileira. ?É importante jogar na Seleção, já que é fruto de um trabalho aqui no Inter, onde quero conquistar ainda mais títulos?, analisa o garoto.

A família de Felipe mora no bairro Sarandi, na zona norte de Porto Alegre. O pai José Pereira e a mãe Maria Luzânira sentem orgulho pelas vitórias do garoto que está no Inter desde os nove anos de idade. ?Quando recebemos a notícia da convocação choramos muito. Estamos ainda mais emocionados com a conquista do título com a Seleção pela segunda vez. É um garoto humilde e que tem ainda muito pela frente?, comenta o pai do atacante.

Com 1m64cm de altura e 56kg, Felipe se destaca nos times de base com sua qualidade técnica, força e explosão. ?É um atacante que dribla com velocidade, tem bom passe e um chute de média e longa distância muito forte?, avalia o técnico da equipe infantil colorada, Carlos Eduardo. Agora, o próximo desafio do atacante Felipe é a disputa da Copa Nike com o Inter, em São Paulo.

A emoção da primeira vez

Apesar da terceira colocação na Copa do Mediterrâneo com a Seleção Sub-13, os jogadores Lucas e Maurício consideraram a experiência proveitosa. O meia Lucas está nas categorias de base do Inter desde março de 2004. Quando recebeu a notícia da convocação de seus pais, pensou que fosse mentira, se emocionou muito e chorou. ?Todo jogador tem o sonho de vestir a amarelinha. Não conseguimos o título, mas vou continuar trabalhando para que ter uma nova oportunidade?, afirma o garoto. O goleiro Maurício foi convocado devido a suas boas atuações na Copa Mercosul, em julho de 2006, em São Paulo, e na disputa da Copa Saudades, em fevereiro deste ano, em Santa Catarina. Em ambas as competições, o Inter foi campeão e Mauricio foi o goleiro menos vazado. Em maio, os atletas começam a disputa do Gauchão 2007.


Outras notícias
Loja Virtual