28/08/2003

ÉLDER GRANJA JOGARÁ NO ATAQUE

Coletivo da tarde desta sexta-feira confirmou o jogador no ataque ao lado de Nilmar.

   O Internacional quer a vitória contra o Vitória. Pode parecer redundância, mas este é o sentimento que impera entre os jogadores em relação ao jogo diante da equipe baiana, sábado, às 16 horas, no Beira-Rio.

   "Estamos a duas rodadas sem somar ponto. Agora a gente tem que vencer em casa", resume o volante Flávio.

   Com 47 pontos e ocupando a quinta colocação na tabela do Brasileirão, o Internacional quer a reabilitação contra o Vitória antes da parada do campeonato por duas semanas. Para fazer os gols necessários, Muricy Ramalho escalou um ataque de artilheiros.

   Sem poder contar com Jéfferson Feijão, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o técnico colorado escolheu Éder Granja como companheiro de Nilmar no setor ofensivo da equipe. Para Granja, já chamado de "coringa" pela facilidade com que se adapta a diferentes posições, seja no meio-campo ou na ala-direita, a condição de atacante não é novidade: o jogador foi artilheiro do campeonato alagoano em 2001 e 2002 atuando pelo Corinthians-AL.

   "Joguei dois anos nesta posição. Acho que não vou sentir dificuldade, até mesmo porque do meu lado vai estar o Nilmar, o que facilita bastante", afirma Élder Granja.

   O paraguaio Gavilán retorna a equipe no meio-campo ao lado de Júnior, já que Thiago Mattos segue como lateral direito no esquema 4-4-2. Flávio, que treinou normalmente sem sentir dor no púbis, formará com Claiton a dupla de volantes.

   Muricy Ramalho também treinou o time na formação 3-5-2 como segunda alternativa, com André Cruz na zaga e Fábio Júnior no ataque. Sobraram Júnior e Thiago Mattos.

   O Inter deve atuar com Clemer, Thiago Mattos, Wilson, Vinícius e Edu Silva; Claiton, Flávio, Gavilán e Júnior; Élder Granja e Nilmar.

  


Outras notícias
Loja Virtual