17/03/2007

VARGAS MOSTRA GARRA E TALENTO

O colombiano Fabian Vargas literalmente caiu no gosto da torcida colorada. Diante do Juventude, o meio-campista contratado junto ao Boca Juniors no ano passado foi aplaudido diversas vezes pelos cerca de 12 mil presentes no Beira-Rio. A cada bola dividida, a cada carrinho, a cada roubada de Vargas, o estádio vibrava e gritava o seu nome. Polivante, Vargas foi eficiente tanto no desarme quando na armação. E foram muitos os lances de vitória pessoal de Vargas, que está de volta ao time depois de se recuperar de lesão sofrida no começo da temporada. Foi o primeiro jogo que pôde disputar os 90 minutos. ?Estou muito feliz e tranqüilo aqui no Inter. Todos me tratam muito bem?, afirmou Vargas.

Quando o jogo estava 0 a 0 e com poucos espaços para o Inter criar, o colombiano se movimentou bastante e deu mais alternativas ao ataque. Depois do gol de Fernandão, Vargas se destacou nas roubadas de bola e na garra. Dividia todos os lances com os adversários e lutava muito pela bola. Em determinado momento, no final do jogo, chegou a disputar sozinho no meio do gramado contra três jogadores do Juventude. Ganhou quase todos os lances e mereceu os aplausos.


Vargas mostrou muita aplicação em campo

Depois do jogo, o presidente Vitorio Piffero afirmou que fará todos os esforços para manter Vargas no Inter depois que encerra o contrato de empréstimo (dia 31 de julho). ?Vamos fazer o esforço devido e até indevido para manter o Vargas no Inter?, disse Piffero.

O clube busca agora a liberação de Vargas, que foi convocado para a seleção colombiana para amistosos de preparação à Copa América. Ele jogará na próxima quarta-feira, mas se tiver que se apresentar à seleção, só voltará no final do mês. ?Tenho que esperar a decisão dos dirigentes. Gostaria de jogar no Inter diante do Vélez, dia 28, mas quem decide isso são os dirigentes?, afirmou Vargas.

Foto: Alexandre Lops


Outras notícias
Loja Virtual