23/08/2019

Ponto de Encontro reúne mais de mil colorados no Rio de Janeiro

Era manhã de terça-feira, 20 de agosto. Véspera de clássico no futebol brasileiro. O dia amanhecia frio em Porto Alegre, e as primeiras movimentações em frente ao Ginásio Gigantinho começavam a dar vida a um dia que seria longo. Aos poucos, o pátio ia sendo tomado pelas centenas de torcedores que inquietos aguardavam o horário da saída. O destino? Rio de Janeiro, Maracanã. Quartas de final da Copa Libertadores da América. Flamengo x Inter.

Dez ônibus partiram do Beira-Rio, levando muito mais que torcedores, mas apaixonados. É Libertadores, vale tudo. Foram mais de 1,5 mil quilômetros rodados para poder está lá no Maraca, apoiando os nossos 11 guerreiros durante 90 minutos.

Já no Rio de Janeiro, a festa Colorada começou muito antes do apito inicial, marcadi para as 21h30. A celebração iniciou durante a tarde de quarta-feira, horas antes do duelo. No Ponto de Encontro dos torcedores, o restaurante Espetto Carioca, a concentração vermelha foi tomando forma. Aos poucos, colorados de todos os cantos foram lotando o ambiente que se transformou em um mar vermelho. Ao canto das clássicas músicas entoadas nas arquibancadas, como ‘Vamo, Vamo Inter’, ‘Camisa Vermelha’, e muitas outras, cerca de mil torcedores se reuniram para apoiar e celebrar o amor pelo Inter antes de partirem rumo ao confronto.

“Foi o maior Ponto de Encontro até agora. Quase metade dos torcedores que foram para o Estádio, passaram por lá”, ressalta o vice presidente de relacionamento social do Inter, Norberto Guimarães. Estiveram presentes também o gerente geral do departamento, Marcelo Benites, e o assessor Jackson Rocha.

Já no Maracanã, cada um dos 2.500 colorados presentes honrou o manto sagrado, apoiando segundo a segundo, ininterruptamente, incansavelmente. Cada torcedor representou o 12º jogador em campo. “Agora é em Porto Alegre. Vamos lotar o Beira-Rio”, complementou Norberto.


Outras notícias
Loja Virtual