06/07/2019

Onda de solidariedade invade o Gigantinho em ação histórica do Clube do Povo

Orgulho do povo do Rio Grande do Sul, o Sport Club Internacional escreveu um bonito capítulo em sua história nesta sexta-feira (05/07). Uma onda de solidariedade partiu do Beira-Rio rumando aos quatro cantos da cidade e retornou de maneira gigantesca, ecoando um sentimento de compaixão e empatia nos corações espalhados pelo Brasil afora. O objetivo? Levar um pouco de calor para quem mais precisa na noite de previsão mais gelada deste ano em Porto Alegre. Em ação inédita no país, o Colorado abriu as portas do ginásio Gigantinho para abrigar centenas de pessoas em situação de rua e oferecer mantimentos doados de todas as partes.


Mobilização contra o frio tomou conta do Gigantinho (Fotos: Mariana Capra)

O engajamento superou todas as expectativas e atingiu números impressionantes, jamais vistos em uma só ação na cidade. Ao todo, foram cerca de 50 mil peças de roupas arrecadadas, além de dois mil cobertores e sete toneladas de alimentos. Tudo foi distribuído entre os desabrigados presentes e posteriormente encaminhado para a Fundação de Educação e Cultura do Internacional (FECI), Fundação de Assistência e Cidadania (Fasc), Cozinheiros do Bem e Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (Adra) para nova triagem e redistribuição.

"A gente ficou muito contente com o engajamento. A quantidade de peças e alimentos doados vai transcender esta noite e ajudar muita gente ao longo deste inverno", comemora o presidente Marcelo Medeiros. "Só posso agradecer a todos que participaram, a toda nossa torcida, e um agradecimento especial às torcidas organizadas do Inter que estão trabalhando, receberam a comitiva e o ônibus do nosso adversário, mostrando um encontro pacífico, harmonioso e exemplar. A gente vê que, juntos, podemos superar problemas sérios que estamos trazendo hoje para reflexão e, quem sabe, poder construir uma sociedade melhor", completa.

De fato, foi um acontecimento especial. Desde cedo, centenas de pessoas chegavam ao Beira-Rio para fazer a sua parte. Até mesmo a rivalidade Gre-Nal foi posta de lado neste momento sublime, unindo colorados e gremistas por um bem maior. O tradicional rival participou da ação levando dois ônibus lotados de mantimentos, que foram descarregados, em conjunto, por torcedores de Inter e Grêmio no Gigantinho. "É fundamental enxergar a instituição Internacional além das quatro linhas. Uma instituição centenária que se confunde com a vida dos próprios gaúchos. Poder propor uma ação como essa, em conjunto com a Prefeitura, o Grêmio, mostra a grandeza do gesto e a capacidade de formar uma onda de calor para quem necessita", comenta Alessandro Barcellos, vice-presidente de administração.


Sopão feito pelos Cozinheiros do Bem foi ofertado às pessoas em situação de rua

A ação, que fez parte da Campanha do Agasalho Esquenta Porto Alegre, teve iniciativa da Diretoria de Inclusão Social, criada junto à vice-presidência de Relacionamento Social recentemente, e ofereceu, além do abrigo com colchões e cobertores, atendimento médico e vacinação contra a gripe H1N1, com ponto de atendimento móvel da Secretaria Municipal de Saúde. A refeição foi feita com muito carinho e dedicação pela turma dos Cozinheiros do Bem (acesse a página do coletivo), que ofereceram um sopão, na noite de sexta, e um café da manhã, no início deste sábado - tudo confeccionado com as doações recebidas. Além disso, foi disponibilizado um alojamento especial, com ração e água, para os animais de estimação destas pessoas em situação de rua.

"Estamos fazendo jus ao pioneirismo que sempre caracterizou as ações do Inter, agora com o peso da responsabilidade social. Recebemos um alerta de que seria uma das noites mais frias do ano e nos demos conta que tínhamos esse espaço fechado, com estrutura. Nos mobilizamos e acionamos as entidades civis e os Cozinheiros do Bem", explica Najla Diniz, que comanda a Diretoria de Inclusão Social. "O resultado foi essa grande onda de solidariedade para nos ajudar a dar uma noite quentinha para essas pessoas", arremata a diretora.

Foi a primeira vez que um clube de futebol brasileiro colocou em prática uma iniciativa de tamanha magnitude e, consequentemente, repercussão. A ideia partiu da Argentina, onde um tradicional clube realizou ação similar. "É o início de uma corrente. Começou com o River Plate, que foi o catalisador disso tudo. A partir de hoje, o Inter está sendo catalisador no Brasil, onde se escuta que outros clubes também estão aderindo. É uma prova de que o futebol está muito além das quatro linhas. Pode, e vai, sempre que puder, ajudar cada vez mais as pessoas", comenta Norberto Guimarães, vice-presidente de Relacionamento Social.

Os moradores de rua foram recepcionados em grande estilo no Gigantinho. As bandas das torcidas organizadas do Clube trataram de oferecer um recebimento caloroso, com direito e tambores e instrumentos de sopro para entoar o Hino do Inter e canções cantadas nas aquibancadas. "Estou vendo, cada vez mais, coisas melhores feitas pelo Inter. Tem que parabenizar o Clube pelo que está fazendo por nós", agradeceu Paulo, morador de rua e ex-gandula do antigo Beira-Rio.

Com participação das equipes das secretarias municipais de Saúde, de Desenvolvimento Social e Esporte, de Segurança e de órgãos como a Fundação de Assistência Social e Cidadania (Fasc), Defesa Civil e EPTC, a ação também entrou na pauta do Plano Municipal de Superação da Situação de Rua. Presidente da Fasc, Vera Ponzio esteve presente cedendo atenção especial aos desabrigados. "Quando olhamos a quantidade de materiais recebidos, conseguimos entender porquê o povo gaúcho é tão caloroso. Foi um golaço, não só pela beleza do gesto, mas pela dimensão e alcance no atendimento a essa população".


Desabrigados receberam carinho e atenção especial

O grupo de jogadores do Inter não ficou de fora dessa e teve participação decisiva neste gol de placa. Além da doação de uma centena de cestas básicas por parte do atletas, um quarteto oriundo do Celeiro de Ases visitou o Gigantinho, auxiliando no processo de recebimento de donativos e parabenizando pessoalmente os voluntários. Nonato, Pedro Lucas, Roberto e Erik estiveram, também, no Interabilita e realizaram a doação de pacotes de fraldas e lenços umedecidos para os jovens atendidos.

carregando galeria...

Além de todas as pessoas que ajudaram de alguma forma na realização da ação, o Internacional deixa um agradecimento especial a todos os parceiros envolvidos:

Prefeitura Municipal
Secretarias Municipais
Grêmio
Escoteiros
Redlar
Unimed
Amigos do Bem
Nutripao
Grupo Sinergy
Laghetto
Adra - Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais
Casa do papel
Panvel
Mesa Brasil - Sesc
Epavi
Vital
OAB RS
Agropecuário Vida Animal
Comercial Pian
Almofadinhas Ver Care
Grupo de atletas do Inter
Rissul
Escola Municipal Ícaro (Canoas)
Mazer Distribuidora


Outras notícias
Loja Virtual