24/06/2019

ESPN Argentina faz programa do Beira-Rio com ex-atletas da seleção

Leonardo Astrada e Sebastián Domínguez fizeram história no futebol argentino. Volante e zagueiro, entraram para o rol de ídolos de River Plate e Vélez Sarsfield, respectivamente. O primeiro disputou mais de 300 partidas pelo clube millonario, enquanto Sebá foi multicampeão pelo El Fortín. Ambos também vestiram a camisa da seleção hermana. Nesta segunda-feira (24/06), os dois estiveram no Beira-Rio, comentando o andamento da Copa América para a ESPN da Argentina.

Leonardo Astrada (E) e Sebá Domínguez (D) no gramado do Beira-Rio

Como jogador, Astrada atuou no Beira-Rio na temporada de 2000. Oito anos depois, comandou o Estudiantes de La Plata na decisão da Sul-Americana. Campeão da América tanto por clubes, em 1996, com o River, quanto com as cores da seleção argentina, feito alcançado em 1991; o ex-volante ostenta currículo que lhe credencia ao posto de especialista do futebol de nosso continente - e das canchas por ele espalhadas. Foi com este conhecimento que teceu elogios ao Gigante e seu renomado gramado:


"Gramado sempre foi muito bom, seja verão ou inverno. Agora, está em condições muito boas para grandes jogos como da Libertadores, que está próxima." - Astrada

"É isso aí. O gramado aqui sempre foi um dos melhores, e ainda é um dos melhores no Brasil." - Sebá

Sebá Domínguez foi revelado pelo Newell’s Old Boys, equipe na qual também encerrou sua carreira, em 2017. Ao longo das quase duas décadas que atuou profissionalmente, envergou camisas tradicionais do futebol sul-americano, como Corinthians, Estudiantes, América do México e Vélez. Foi no último clube que marcou época, conquistando diversas taças nacionais e chegando à seleção argentina. Experiente, o xerife se encantou pelo Gigante.


"A argentina fez um bom jogo contra a Nigéria aqui, e agora treinou antes do jogo contra o Catar e conseguiu um bom triunfo." - Astrada

"Traz 'boas lembranças' como se diz, não é? Esse estádio é bom para nós, os argentinos." - Sebá

Domínguez e Astrada ainda lembraram do histórico positivo da seleção argentina no Gigante. Em 2014, os hermanos venceram a Nigéria por 3 a 2, em partida válida pela terceira rodada da fase de grupos da Copa do Mundo. Agora, cinco anos depois, nossos vizinhos conquistaram seu primeiro triunfo na Copa América após dois dias de preparação na casa do Clube do Povo. Por fim, a dupla aproveitou a oportunidade para destacar o Brasil como uma das equipes favoritas ao título do torneio continental.


Outras notícias
Loja Virtual