20/02/2007

LIBERTADORES: TIME COLORADO JÁ ESTÁ EM MONTEVIDÉU

Por Alexandre Corrêa (textos)
Alexandre Lops (fotos)
Enviados especiais/ Montevidéu

Se no ano passado o Internacional não despertava muito interesse dos jornalistas uruguaios nos confrontos com o Nacional, a situação é completamente diferente em 2007. A condição de campeão da América e campeão mundial Fifa deu ao Inter um novo status perante ?los hermanos?. Isto pôde ser visto já na chegada da delegação colorada a Montevidéu, na tarde desta terça-feira. Sete equipes de cinegrafistas e repórteres aguardavam o Inter no Aeroporto de Carrasco. No ano passado, havia apenas um jornalista. O Inter, pensando na imprensa estrangeira, organizou e distribuiu material de divulgação do time e do grupo em espanhol.


Ídolo: Fernandão dá autógrafos torcedores no aeroporto Salgado Filho em Porto Alegre

Além do interesse despertado, os uruguaios estão encarando a partida como uma revanche do ano passado. O time colorado eliminou o Nacional nas oitavas-de-final da Libertadores ao vencer em Montevidéu por 2 a 1 e empatar em Porto Alegre sem gols. Antes, o time colorado já havia de defrontado com os uruguaios na primeira fase (vitória por 3 a 0 no Beira-Rio e empate sem gols em Montevidéu). Há de se lembrar também as finais da Libertadores de 1980, quando o Inter perdeu por 1 a 0 e ficou com o vice-campeonato.


Delegação chega ao aeroporto de Montevidéu depois de viagem tranqüila

A viagem até o Uruguai foi tranqüila e rápida. O time saiu de Porto Alegre por volta das 15h25min e chegou a Montevidéu pouco antes das 17h. A equipe do técnico Abel Braga saiu com muita chuva e um certo frio e chegou com um belo dia de sol e calor. Durante o trajeto do aeroporto Carrasco até o Hotel Sheraton (o mesmo que a Seleção Brasileira fica nos jogos pelas Eliminatórias da Copa do Mundo) a delegação pôde contemplar o bonito visual das praias do Rio da Prata, apinhadas de uruguaios e turistas.

Antes, durante e depois da viagem, o grupo pôde contar com o calor humano dos torcedores. Já no aeroporto Salgado Filho, cerca de 30 colorados fizeram festa e tiraram fotos e pediram autógrafos. O capitão Fernandão, de volta ao time depois de uma cirurgia, foi o mais assediado e atendeu a todos com muita simpatia. No avião, um grupo de torcedores também esteve presente.


Edinho 'Guerreiro', como é chamado pela torcida, atende os colorados no hotel uruguaio

Na chegada ao aeroporto Carrasco, um grupo de folclore uruguaio recebeu os brasileiros com roupa típica, música e dança. Já no hotel, em Montevidéu, um grupo de 20 colorados esperou o grupo e aplaudiram cada jogador que descia do veículo. O colorado Marcel Moreno veio para o Uruguai no sábado para passar o feriado de carnaval e acompanhar a partida. Vestido com a camisa do Inter, ele deu uma pista do que o time colorado poderá enfrentar na partida de amanhã. ?O adversário vai querer buscar a vitória em cima dos campeões mundias. Eles estão falando em revanche. Mas o Inter tem tudo pra vencer.?


Outras notícias
Loja Virtual