02/08/2018

Amor sem fronteiras: conheça a história de um colorado do interior de Minas


Torcedor do interior de Minas Gerais realizou o sonho de conhecer o Gigante (Foto: Mariana Capra)

Tem coisas que não adianta, é o coração quem escolhe. E o Inter é uma delas. Por mais que você more em uma cidade longe de Porto Alegre ou não tenha vínculos familiares com o Clube, quando a paixão bate, não tem jeito. Esse é o caso de Fernando Henrique da Silva, natural de Peçanha, no interior de Minas Gerais. Ele é um apaixonado pelo Internacional, e tinha um sonho: conhecer o estádio Beira-Rio. Esse sonho foi realizado no último final de semana, quando o Inter bateu o Botafogo por 3 a 0, mostrando que, além de colorado de fé, também é pé quente.

Desde 2009, quando se identificou com a raça e o manto colorado, Fernando nutria a vontade de conhecer o Gigante. Na época, ainda era muito jovem e não tinha como vir sozinho. Aos 21 anos, porém, o estudante de ciências contábeis juntou suas economias, pegou um avião pela primeira vez e embarcou para Porto Alegre com o objetivo de conhecer o templo colorado. No final das contas, a experiência se tornou inesquecível.

"Ter ido ao Beira-Rio pela primeira vez foi espetacular, um sonho realizado. Todo o esforço valeu muito a pena. Ver o Inter fazer três gols e ainda assitir ao jogo perto da Guarda Popular foi mágico. Cantei e vibrei muito durante os 90 minutos de muita alegria", relembra.

Fernando teve dia inesquecível no Beira-Rio (Foto: Mariana Capra)

Hoje em dia, o sócio vive em Governador Valadares, cidade ao leste de Minas Gerais, com cerca de 350 mil habitantes, onde é cônsul. Através de contato com o consulado de Belo Horizonte e o relacionamento social do Clube, sua história chegou até a diretoria colorada, que tratou de tornar a experiência ainda mais emocionante. No Beira-Rio, além de ter a oportunidade de conhecer o Museu do Inter e fazer a Visita Colorada, conheceu os seus ídolos e ainda levou para casa uma camisa oficial e uma braçadeira do D'Alessandro autografada.

"O Inter é um gigante no futebol e, ainda por cima, acolhedor. Por isso, se chama o Clube do Povo. O povo do Rio Grande do Sul e do mundo inteiro. A cada dia que passa, tenho mais orgulho de ser colorado", revela o torcedor, que ainda fez questão de agradecer aos setores de relacionamento social e de marketing e mídia pela oportunidade.

carregando galeria...


Outras notícias
Loja Virtual