18/12/2006

MUNDIAL FIFA: A CONSAGRAÇÃO DE UM TIME VENCEDOR

Por Aleco Mendes
Enviado Especial ao Japão

O auge de uma história de 97 anos do Sport Club Internacional. Repletos de glórias, conquistas, gols e muitos gols. Ser campeão mundial é o título máximo no universo do futebol e consagra uma equipe qualificada, guerreira, brava e vencedora. O time do Internacional de 2006 é assim, entra pra história como campeão da Amércia e do Planeta. Primeiro venceu o São Paulo, o melhor do mundo no ano passado, para ser o dono do continente e agora derrotou o todo poderoso Barcelona, do craque Ronaldinho Gaúcho, para pintar a Terra de vermelho.


Alegria generalizada no Japão: Inter é campeão do mundo!

Sim, o título colorado é inquestionável, incontestável. Foi com garra e suor. Literalmente, o Inter deu sangue pelo triunfo, como mostrou o já lendário zagueiro Índio. O torcedor colorado pode comemorar pro resto de suas vidas. Afinal de contas, tem a maior de todas as taças: é campeão mundial! O campeonato oficial da FIFA, principal entidade do futebol. O Inter é o terceiro a conquistar o Mundial. Corinthians e São Paulo foram os outros únicos vencedores. ?Esta competição vencida pelo Internacional é merecida, é a grande vitória do futebol, do sucesso do Mundial na sua terceira edição?, afirmou o presidente da Fifa, Joseph Blatter. O Sport Club Internacional é o maior e melhor de todos!


Pratas da casa: Luiz Adriano (E) e Alexandre Pato destacaram-se no Mundial

Após vencer o Al-Ahly na estréia, no dia 13 de dezembro, por 2 a 1 e gols dos guris Alexandre Pato e Luiz Adriano, veio o tão desejado desafio. ?Era tudo o que nós queríamos, enfrentar o Barcelona para mostrar o nosso valor, mostrar que viemos aqui só pensando em vencer e entrarmos pra história do clube?, avisou o outro pilar do paredão da zaga, Fabiano Eller. E não deu outra, o dia 17 de dezembro de 2006 está na história do esporte como o dia em que o Inter se tornou campeão mundial. ?O maior título de nossas vidas. O torcedor que sofreu junto da gente pode pular, pois a conquista é nossa?, gritou emocionado o espetacular Clemer (foto ao lado).

O autor do gol da vitória entrou no segundo tempo do jogo contra o Barcelona, quando ainda estava 0 a 0, e foi o predestinado que mandou a bola para o fundo das redes de Victor Valdez, decretando a vitória do Inter. ?Entrei no jogo, como sempre, só com cabeça focada em fazer meu papel, em ajudar o time. Tudo deu certo, marquei e agora a torcida pode curtir?, disse o estrelado Adriano. ?O nosso coração está ardendo de felicidade. A torcida deu show, o grito dela tomou conta do estádio em Yokohama e dedicamos este título primeiramente pra Deus e depois para todos os milhares de colorados?, completou o volante que outra vez foi um leão em campo, Wellington Monteiro. ?Ainda nem caiu a ficha direito. Vamos comemorar junto dessa nossa torcida maravilhosa?, sintetizou o guerreiro Edinho.


Edinho, alma guerreira no meio-campo colorado

E o momento da comemoração com a massa vermelha chegou. Milhares de torcedores receberam a delegação vitoriosa no Rio Grande do Sul e acompanharam a desfile em caminhão de bombeiros pelas ruas de Canoas e Porto Alegre, e depois 40 mil festejaram juntos no estádio Gigante da Beira-Rio. ?Representa toda a qualidade deste time, a união, junto com o torcedor e diretoria. É algo muito grande, em cima do Barça, na primeira oportunidade que tivemos conquistamos e eles ainda terão que esperar para ganhar. Mostramos pra todo mundo que esse grupo é vitorioso, os jogadores são vencedores por ter chegado nesse naipe?, conclui o meia Alex sobre o sucesso do time colorado, a conquista de títulos importantes, a ultrapassagem por obstáculos que nunca derrubaram a equipe sempre pronta para vencer. O Mundo é do Sport Club Internacional!

Fotos: Jefferson Bernardes/VIPCOMM


Outras notícias
Loja Virtual