22/09/2017

Ex-jogadores Aloísio e Airton participam de eventos consulares

Dois ex-jogadores do Internacional na década de 1980 têm integrado as delegações do departamento de relacionamento social do Clube nos eventos realizados por consulados espalhados pelo Rio Grande do Sul e Brasil afora. O ex-defensor Aloísio, que foi tri-campeão Gaúcho pelo Inter entre 1982 e 1984, e o ex-meio-campista Airton, também integrante do plantel campeão estadual em 84, têm interagido com a torcida nas festas regionais promovidas pelos núcleos colorados de diversas cidades e relembrado alguns dos bons momentos da história do Clube na década de 80.

Aloísio se diz muito satisfeito com esta possibilidade de estar novamente em pleno contato com o Povo Colorado: "A minha participação nos eventos que o Inter realiza estão sendo muito importantes para mim. É muito gratificante pelo fato de ser ex-jogador e poder ver e sentir de forma diferente o grande carinho e admiração por parte do torcedor. Já parei de jogar há bastante tempo. Sinto saudades, sim, de estar dentro de campo, sentir a vibração e emoção dos torcedores. Mas agora é diferente. Podemos sentir o carinho dos torcedores, podemos cumprimentar, abraçar, relembrar e compartilhar experiências vividas", contou.

Aloísio e Airton foram ao gramado do Gigante relembrar os velhos tempos

O ex-zagueiro Aloísio, que também defendeu as cores de Barcelona-ESP e Porto-POR, recorda os tempos de Inter: "Tenho muitas e ótimas lembranças. Fiz a base no clube por dois anos e depois cinco no profissional. Desde novo tive a felicidade de viver grandes momentos no Inter. Lembro das preliminares. Era muito bom jogar antes do estádio cheio. E a minha carreira como atleta profissional, como jogador do Inter, foi um marco na minha vida. Foram anos espetaculares. Devo tudo ao Clube por me proporcionar tudo o que vivi", relembrou o zagueiro.

Meio-campista que atuou no Inter nos anos 80, Airton vibra com a possibilidade de vivenciar momentos de alegria com a massa alvirrubra: "É maravilhoso reencontrar a torcida. O Inter é gigante. A gente vê a paixão dos torcedores em lugares que tu nem imagina. Eles te colocam lá em cima, como um ídolo mesmo. Bastantes torcedores reconhecem a gente", afirmou.

Os dois ex-jogadores voltam a ficar perto do Clube do Povo

Airton tem memórias marcantes cada vez que retorna ao Gigante: "Cada vez que venho no Beira-Rio me arrepio. É sem explicação, porque a minha vida foi aqui dentro, morei embaixo da arquibancada. Vi muita coisa ser construída: capela, Gigantinho. Estou me sentindo maravilhado em estar aqui e relembrar tudo isso", recordou.

Vice-presidente de relacionamento social, Norberto Guimarães falou sobre a importância dos dois ex-atletas retornando ao Clube: "Aloísio fez uma das maiores duplas de zaga da história do Inter com o Pinga, chegando à Seleção Brasileira e, o Airton, que é uma marca da garra, raça e força colorada só engrandece o relacionamento social. Propiciando aos consulados e aos sócios que tenham um convívio maior ainda com os ex-atletas. E o Inter sempre resgatando e respeitando a sua história", disse. 

 


Outras notícias
Loja Virtual