23/10/2006

FABIANO ELLER COMEMORA RECORDE DE ATUAÇÕES NA TEMPORADA

A partida contra o Juventude será especial para o zagueiro Fabiano Eller. Assim que o juiz apitar o início do jogo, o camisa 4 do Inter estará fazendo a sua 50ª atuação na temporada. Eller é o jogador que mais vezes entrou em campo com a camisa colorada em 2006. O lateral Ceará aparece em segundo, com 46 atuações.

Desde o princípio da trajetória no Beira-Rio, Eller mostrou que era um jogador dedicado. Participou com afinco da pré-temporada na Serra Gaúcha e logo conquistou seu espaço no time do técnico Abel Braga. Apegado às estatísticas, o zagueiro sempre priorizou sua condição física para nunca ficar de fora de nenhuma partida. Jogador de regularidade máxima, atuou em todas as partidas da campanha vitoriosa na Libertadores. "Procuro estar sempre jogando. A regularidade é a minha principal virtude. Gosto de chegar no final do ano e conferir minhas estatísticas. É isso que vale para um jogador profissional hoje em dia", observa Eller.

Se não bastasse a segurança no setor defensivo, Eller tem apresentado uma qualidade pouco comum à sua posição: a de marcar gols. O jogador já marcou quatro vezes no Brasileirão e é o vice-artilheiro colorado na competição ao lado do também zagueiro Índio. Eller também foi o responsável por quatro assistências (passes para gols). Um desses passes acabou resultando em um dos gols mais importantes do Inter na Libertadores. Foi na segunda partida da final, contra o São Paulo, no Beira-Rio. Eller aproveitou uma falha do goleiro Rogério Ceni, esticou a perna e com um leve toque passou a bola para Fernandão empurrar para as redes de carrinho. Foi o gol que abriu o caminho para a conquista da maior competição do continente. "Foi um lance de persistência que entrou para a história", lembra o jogador.


"Soldado' Eller comemora gol contra o Atlético-PR, o primeiro pelo Inter (JeffersonBernardes/VIPCOMM)

O primeiro gol do zagueiro com a camisa colorada foi contra o Atlético-PR, pelo Brasileirão. Durante  a comemoração, Eller começou a prestar continência para Abel. "Nós somos os soldados do Abel. Sob suas ordens vamos a campo lutar contra os adversários. Por isso brinquei com o treinador na comemoração", conta o zagueiro. Contra o Paraná, em partida atrasada da competição nacional, o 'soldado' marcou dois gols na vitória de 3 a 2. Contra a Ponte Preta, no último sábado (21/10),  Eller deixou mais uma vez a sua marca na vitória de 2 a 0 em Campinas (SP). "O pessoal anda dizendo no vestiário que eu vou acabar comprometendo o trabalho dos atacantes", brinca o recordista de atuações.


Outras notícias
Loja Virtual