26/09/2006

UMA CELEBRAÇÃO DO TAMANHO DA AMÉRICA

Para uma grande conquista, uma grande festa. Foi assim que o Internacional celebrou o título da maior competição do continente americano na noite da última segunda-feira (25/9) na Associação Leopoldina Juvenil, em Porto Alegre. Cerca de 500 pessoas estiveram presentes ao evento que teve alta dose de emoção. Em um ambiente caracterizado com decoração japonesa e gueixas, remetendo à final do Mundial Interclubes que será disputada em dezembro no país asiático, os convidados puderam assistir à entrega das faixas de campeões aos jogadores, funcionários e dirigentes.


Campeões da América erguem a taça durante festa na Associação Leopoldina Juvenil

A festa foi apresentada pelo ator José Victor Castiel e teve muitos momentos especiais. Todos os campeões foram chamados ao palco para receberem a faixa. Alguns ainda tiveram uma homenagem como o funcionário Lourival Gomes Soares, o Pernambuco, que trabalha no Inter há 37 anos. Ele recebeu a faixa de Marlene Stechmann, filha do presidente Carlos Stechmann, que dirigiu o clube de 1969 a 1973, no começo da Era Beira-Rio.


Jogadores, funcionários e dirigentes receberam a faixa de campeões da Libertadores da 2006 em festa realizada na Associação Leopoldina Juvenil


Lourival Gomes Soares, o Pernambuco, foi homenageado pelos 37 anos de serviços prestados ao clube

O técnico Abel Braga, campeão da América, teve a sua faixa entregue por Rubens Minelli, o lendário técnico bicampeão brasileiro como Inter em 1975 e 1976. Já o presidente Fernando Carvalho recebeu a faixa de Maurício Feijó, filho do presidente Marcelo Feijó, campeão brasileiro invicto em 1979. Um dos momentos mais bonitos da festividade ocorreu quando Elias Figueroa, o capitão do Inter no primeiro título nacional em 1975, entregou a faixa a Fernandão, capitão da conquista da Libertadores.


Rubens Minelli (E) entregou a faixa para Abel Braga (D)


Maurício Feijó (E) entregou a faixa de campeão a Fernando Carvalho (D)


Encontro de capitães: Elias Figueroa (E) e Fernandão durante a festa de entrega das faixas

O presidente Fernando Carvalho fez um inflamado e emocionado discurso agradecendo o trabalho de todos os colorados na conquista da América. ?Vencemos este título porque todos os 8 milhões de colorados acreditaram. Todos lutaram muito por esta conquista?, afirmou o presidente, que aproveitou para convocar uma nova corrente desta vez para a conquista do Mundial Interclubes. O presidente ainda recebeu do vice-presidente de Comunicação Social, Gelson Pires, um globo pintado de vermelho com o mapa múndi, simbolizando o desejo de todos os colorados pela conquista no Japão.


Gelson Pires (E) entregou um globo vermelho para Fernando Carvalho


Placa do Inter já foi fixada na histórica taça da Libertadores

A soprano Cristina Sorrentino interpretou o hino do Inter, enquanto os convidados acompanhavam cantando junto. No final, Fernandão, o presidente Fernando Carvalho e os jogadores ergueram a taça da Libertadores para o delírio de todos. O trailer do DVD ?16 de agosto de 2006 ? Um dia sem fim? foi apresentado. O DVD deverá estar à venda em outubro. Depois disso, os convidados puderam tirar fotos ao lado do troféu da América como recordação da mais ambicionada taça do continente.


Soprano Cristina Sorrentino interpretou o hino do Inter

Fotos: Daniel Boucinha


Outras notícias
Loja Virtual