15/03/2017

Suellen, a guerreira que vai fazer e equipe feminina do internacional voar

Mestre em Ciências do Movimento Humano, Suellen já foi goleira do Internacional (fotos:divulgação/DKF Comunicação)

Mulher, negra, guerreira e vencedora! Esta é Suellen Ramos, a responsável por fazer a equipe de futebol feminino do Internacional voar. Aos 28 anos, Su, como ela é conhecida entre as gurias, é mais uma mulher com papel fundamental na comissão técnica que iniciou o trabalho este mês. Está à frente da preparação física do time. "É uma baita responsabilidade, porque é um trabalho novo, mas há toda uma estrutura e um clube com muita tradição no futebol feminino, como o Inter", diz.

Filha única, de mãe solteira, nascida em Angra dos Reis (RJ), Suellen teve infância humilde na periferia da Zona Sul de Porto Alegre. E virou exemplo de superação. Formada em Educação Física, ela é mestre em Ciências do Movimento Humano pela Ufrgs. Neste currículo qualificado, é claro que a bola também a acompanha. Uma paixão iniciada aos 10 anos, que teve justamente no Internacional um dos pontos altos. Su foi goleira da equipe feminina do Colorado. Na universidade, foi jogadora e também treinadora de futsal. Na preparação física, Suellen encara o desafio extra de desbravar o espaço, como mulher, em uma área técnica tão específica. "Sempre fui muito respeitada pelas meninas", orgulha-se.

A expectativa dela, na preparação do Internacional, é diminuir a diferença física que historicamente faz muito torcedor olhar atravessado para o futebol feminino. "O grande problema para as meninas sempre foi a descontinuidade. O fato de não ter onde treinar, não ter uma regularidade ou uma estrutura para isso. Os meninos, pelo contrário, mesmo quando não estão em um clube com estrutura, sempre têm o futebol em qualquer lugar para manter a atividade", diz, e complementa: "No Inter, nosso trabalho será de base mesmo, com evolução gradual. Não adianta montar uma equipe com uma solução mirabolante para um resultado imediato. Não, a evolução física interage com a técnica e ambas se complementam". No que depender da Suellen, as meninas do Inter vão voar. Com muita bola no pé.


Outras notícias
Loja Virtual