15/12/2016

Inter contrata analista de desempenho da Seleção Brasileira

Maurício Dulac é mais um reforço para a comissão técnica do Internacional para a temporada de 2017. O analista de desempenho fazia parte da comissão do técnico Tite, na seleção brasileira, e aceitou o convite feito pelo vice-presidente de futebol Roberto Melo para retornar ao Inter e fazer parte da equipe do técnico Antônio Carlos Zago.

No Inter, Dulac terá as funções de auxiliar técnico e coordenador do CAD - Centro de Análise de Desempenho: “Maurício é um profissional que trabalhou muitos anos no Internacional e que vinha desempenhando um grande trabalho na seleção. Entendemos que é preciso investir em tecnologia e conhecimento e o Maurício é o melhor profissional para realizar este trabalho", explica Roberto Melo.

Na CBF, Maurício era coordenador de análise de desempenho da seleção principal e de base. Ele foi o responsável pela criação do Centro de Pesquisa e Análise (CPA), setor responsável pelo monitoramento de atletas. Ele fez parte da comissão técnica de Dunga e Tite.

“Com o trabalho que desenvolvemos na CBF, pudemos ampliar o radar de atletas monitorados. Com mais relatórios e mais informações disponíveis, pudemos ajudar as comissões técnicas no acompanhamento dos atletas que vinham sendo convocados e na busca de informações de possíveis novos nomes para a seleção brasileira. No Inter, buscaremos fornecer o máximo possível de subsídio no monitoramento dos nossos atletas e também na avaliação de possíveis novos contratados”, comenta Dulac.

Maurício Dulac tem 37 anos, é natural de Porto Alegre, formado em Educação Física, pós-graduado em futebol e está finalizando o curso de técnicos – categoria A - licenciado pela Fifa. Ele começou a carreira no RS Futebol, em 2005, como auxiliar técnico. Em 2006, foi contratado pelo Internacional e foi trabalhar no Projeto Aprimorar, setor das categorias de base que buscava aperfeiçoar fundamentos nos atletas. Em 2007, foi promovido ao grupo principal para desempenhar a função de analista de desempenho. Em 2010, durante a Copa Libertadores, Dulac passou a desempenhar as funções de observador-técnico e analista de desempenho. Em setembro de 2015, recebeu um convite da CBF para trabalhar na seleção brasileira, onde participou das campanhas da Copa América de 2015 e 2016 e das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018.


Outras notícias
Loja Virtual