29/10/2016

Inter empata com o Santa Cruz-PE

Em um jogo duro no Beira-Rio, o Internacional empatou em 1 a 1 com Santa Cruz, neste sábado, pela 33ª rodada do Brasileirão. Vitinho abriu o placar aos 6min, mas os pernambucanos conseguiram o empate ainda na etapa inicial. O Inter ainda atuou todo o segundo tempo com um jogador a menos, já que Eduardo Henrique foi expulso por dois cartões amarelos.

Na quarta-feira (2/11), o desafio é pela Copa Brasil - o Colorado precisa reverter em Belo Horizonte o 2 a 1 sofrido diante do Atlético-MG, pelo jogo de ida da semifinal. Pelo Brasileirão, a próxima partida é contra o Palmeiras, dia 6 de novembro, em São Paulo. O Inter é o 16º colocado, com 38 pontos.

carregando galeria...

Vitinho faz 1 a 0

Empurrado por mais de 40 mil torcedores, o Inter tratou de ditar o ritmo do jogo desde os primeiros movimentos, com iniciativa ofensiva e total controle sobre o adversário. E o começo da partida não poderia ser melhor. Aos 6min, Ceará cruzou, Eduardo Sasha cabeceou, o goleiro Tiago Cardoso espalmou com dificuldade e a bola se ofereceu para William. O lateral tocou a bola novamente para dentro da pequena área e Vitinho só teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes. Foi o 14º gol do atacante nesta temporada.

Mesmo com a vantagem no placar, o Colorado seguiu pressionando no campo de ataque. Aos 10min, após cobrança de escanteio, Paulão cabeceou com perigo à esquerda da trave pernambucana. Aos 16min, o zagueiro voltou a aparecerna área adversária e quase conseguiu o desvio fatal para o gol.

Empate e desvantagem numérica

Mas o futebol é, muitas vezes, surpreendente. Na sua primeira investida com contundência, o Santa Cruz conseguiu o empate. Vitor fez o cruzamento e Léo Moura apareceu na pequena área para desviar de cabeça. O gol arrefeceu o ímpeto colorado e, para complicar, aos 39min, Eduardo Henrique recebeu o segundo cartão amarelo e, consequentemente, o vermelho.

Mudança no intervalo

Para o segundo tempo, Celso Roth promoveu a entrada de Anderson no lugar de Alex.

Segundo tempo dramático

O jogo recomeçou em alta velocidade, com ambos os times tentando chegar na frente. Porém, a desvantagem númerica em campo tornava arriscada a vida do Colorado, que se expunha perigosamente aos contra-ataques quando avançava suas linhas. 

Aos 4min, João Paulo bateu da entrada da área, à esquerda do gol defenido por Danilo. Pouco depois, o Inter ameaçou em grande jogada de Vitinho pela esquerda que acabou com o atacante chutando cruzado para a defesa de Tiago Cardoso. Aos 18min, William chutou de longe e a bola raspou a trave. Aos 27min, chance clara de gol: William dominou na área, fez o giro e chutou para a defesa salvadora de Tiago Cardoso.

Os dez minutos finais foram de extrema dramaticidade. Aos 37min, a arbitragem prejudicou o Inter - William sofreu carga na área, mas o pênalti foi omitido. Aos 39min, outra grande chance colorada: Aylon, que havia entrado no lugar de Sasha, desviou de cabeça para a defesa espetacular de Tiago Cardoso, que buscou a bola no ângulo direito. Foi a última oportunidade na partida.

Ficha técnica:

Internacional (1): Danilo Fernandes; Ceará, Paulão, Ernando e Geferson; Fabinho e Eduardo Henrique; William, Alex (Anderson, no intervalo) e Eduardo Sasha (Aylon, aos 32min do 2º tempo); Vitinho (Valdívia, aos 24min do 2º tempo). Técnico: Celso Roth.

Santa Cruz-PE (1): Tiago Cardoso; Vítor (Artur), Neris, Luan Peres e Roberto; Jadson, Derley (Wellington Silva), João Paulo (Mazinho) e Léo Moura; Keno e Grafite. Técnico: Adriano Teixeira.

Gols: Vitinho (I), aos 6min do primeiro tempo, Léo Moura (S), aos 31min do primeiro tempo.

Cartões amarelos: Eduardo Henrique, Fabinho, William, Anderson (I); Luan Peres, João Paulo (S). Expulsão: Eduardo Henrique (I).

Arbitragem: Wilton Pereira Sampaio (GO), auxiliado por Fabricio Vilarinho da Silva (GO) e Fabiano da Silva Ramires (ES).

Local: Beira-Rio.


Outras notícias
Loja Virtual