15/09/2016

Saci conquista torcedores, vira atração e resgata história do Inter

Não há como dissociar a história do Internacional do seu mascote, o Saci-Pererê. Ambos cresceram e se desenvolveram juntos. O Internacional foi fundado em 1909, e nove anos depois Monteiro Lobato publicava o livro “O Saci-Pererê: resultado de um inquérito”, no qual colheu depoimentos de leitores do jornal Estado de S. Paulo para transformar a história oral da lenda do saci em história escrita.

O Inter se tornou uma potência estadual e nacional nos anos 40, com o Rolo Compressor, e no mesmo período surgiu o mascote negro colorado que apronta travessuras e chega em redemoinhos. A história do combate ao racismo no futebol gaúcho é diretamente ligada ao Internacional – em 1913, Dirceu Alves vestiu a camisa alvirrubra, e dirigentes colorados contrataram jogadores como Tupan no final dos anos 20, antes do profissionalismo ser adotado oficialmente.

A figura do jovem negro malandro, que demole os adversários com dribles e travessuras, foi diretamente associada ao Internacional. A segunda revista do Internacional, publicada em 1960, tinha como nome “O Sacy” – e a figura estava presente nos cartuns, nas flâmulas e até em pequenas estatuetas que o clube entregava aos seus atletas de destaque.

“O Inter foi fundado por desbravadores, pessoas que rompiam um comportamento social que era padrão. O Saci sempre teve essa natureza, cultural, de ser aquele que vai aprontar uma peça, fazer uma brincadeira, te surpreender. A ligação com o futebol foi direta”, afirmou Ana Maria Bicca, da FECI (Fundação de Educação e Cultura do Internacional).

Em 2016, o Saci se tornou oficialmente o mascote do Internacional – pela primeira vez documentado no estatuto do clube, depois de mais de décadas nas graças dos torcedores.

“O Saci é uma celebridade, querido para as crianças. Na reforma estatutária, fizemos questão de deixar escrito o Saci como mascote oficial do clube”, afirmou o diretor de administração, André Flores. “Toda grande marca tem um símbolo. Nós queremos transformar o Saci em um símbolo do bem, pois toda brincadeira do Saci tem uma questão social por trás dela. A pessoa que hoje representa o Saci soube fazer muito bem esse trabalho”, declarou o vice-presidente Pedro Affatato.


Pedro Affatato: "Nós queremos transformar o Saci em um símbolo do bem"

A alegria e a irreverência são personificadas por um ator de 35 anos, cujo nome não será revelado nesta matéria.

“É como a Disney, saca? Tem exclusividade. O que importa é que eu sou o Saci. Nada mais”, diz o Saci.

Pois bem. Saci. Esse é o seu nome: o resto, convenhamos, não importa muito.


Saci com a sua 'namorada no Beira-Rio

O Saci chega quatro horas antes da partida para se preparar. “Falo com a diretoria para saber mais ou menos como está o time, o que fazer, depois me fardo e vou lá encontrar as musas. Mas tem que chegar cedo, né? Imagina eu me deslocar quando a torcida tá chegando. Se for assim não vão me deixar entrar no campo”. Nesse caso, não dá para fugir em um redemoinho de vento. Mas isso incomoda? “Claro que não. O Saci resgatou o orgulho do torcedor, a firma com a qual o torcedor vê o clube”, diz o herói colorado.

O Saci ama as crianças, mas são só as crianças que amam o Saci? “Todos me amam. Sério. Adultos, crianças, idosos, bebês, até os cachorros. O que muda é que a criança tem o encantamento. Sei lá, é a mística, o amor pelo personagem. O adulto tem mais carinho, quer abraçar, fazer selfies...”. E o que é mais legal de ser o mascote colorado durante os jogos do time? “O carinho das crianças é o mais legal. O abraço sincero de uma criança é demais, amo muito!”

Não é só o Saci que ama as crianças – elas amam tanto o Saci que os produtos do Saci nas lojas do clube saem como água no deserto.

A capa do livro que Monteiro Lobato era vermelha, assim como o gorro do saci. Vermelho não representa apenas o sangue, mas também a alegria, a brincadeira, de um saci que traz a molecagem e a irreverência para o ambiente sisudo do futebol.

E qual é a melhor história do Saci? “Ih, ainda está para vir a mais bacana”, afirma ele. Vamos aguardar.


Outras notícias
Loja Virtual