25/08/2016

Joan Gamper: 34 anos de um título conquistado no Camp Nou

Há 34 anos, o Internacional conquistava o Troféu Joan Gamper, torneio internacional entre clubes de futebol, de caráter amistoso, disputado anualmente desde 1966, na cidade de Barcelona, na Espanha. Esse é considerado o mais tradicional torneio de verão europeu. A competição é organizada pelo Futbol Club Barcelona e realizada sempre em agosto, no Estádio Camp Nou, marcando o início de sua temporada. Seu nome é uma homenagem ao fundador e primeiro presidente do clube, o suíço Hans Gamper, que na Catalunha, ficou conhecido como Joan Gamper.


Barcelona tinha Maradona, e Inter Mauro Galvão (E) e André Luís (D)

De 1966 a 1996, o torneio era disputado por quatro clubes, em sistema eliminatório, com disputas de pênaltis em caso de empate. Mas a partir de 1997, com a diminuição do número de datas disponíveis para os clubes europeus, o torneio passou a ser disputado por apenas duas equipes, em jogo único. O vencedor leva um troféu com base de mármore e acabamento em ouro.

Na edição de 1982, o quadrangular foi disputado com os cruzamentos de Barcelona x Internacional e Colônia x Manchester City decidindo quais equipes disputariam a final. A torcida dos catalães estava muito empolgada porque era a estreia Diego Maradona no remodelado Camp Nou.


A taça Joan Gamper  

O Barcelona, comandado por Udo Lattek, entrou em campo com: Artola, Gerardo, Migueli, Alexanco, Julio Alberto, Vitor, Esteban, Alonso, Quini, Maradona e Carrasco. E o Internacional, treinado por Ernesto Guedes, entrou com: Benítez, Edvaldo, Mauro Pastor, André Luís, Beretta, Ademir Kaefer, Paulo Cezar, Mauro Galvão, Ruben Paz, Cléo (Sílvio) e Silvinho (Andrezinho).

Os mais de 100 mil torcedores que enchiam o Camp Nou não ficaram satisfeitos com o andamento da partida, pois o Internacional mostrou o característico poder da marcação gaúcha, não deixando o Barcelona andar em campo. A partida terminou em 0 a 0 e o Colorado venceu nos pênaltis por 4 a 1, com gols de Ruben Paz, Andrezinho, Ademir Kaefer e André Luiz. Apenas o Maradona conseguiu converter um pênalti pela equipe catalã. Enquanto isso, o Manchester City também elimina o Colônia através das penalidades, após empate de 1 a 1.


Capitão André Luís ergue a taça do torneio disputado em Barcelona

Na final, no dia 25 de agosto de 1982, o Internacional foi escalado com: Benítez, Edvaldo, Mauro Pastor, André Luís, Mauro Galvão, Ademir Kaefer, Paulo Cezar (Fernando Roberto), Ruben Paz, Muller (Joãozinho), Cléo (Sílvio) e Silvinho. E o Manchester City jogou com: Corrigan, Radson, MacDonold, Tweart, Bond, Caton (Davis), Reeves, Hartford, Cross, Powell e Hereide. O Inter teve uma atuação de altíssimo nível contra o Manchester City e o derrotou por 3 a 1. Os gols do título foram marcados por Edvaldo, Paulo Cezar e Fernando Roberto, e MacDonald descontou para a equipe inglesa.

O Barcelona perdeu para o Colônia nos pênaltis, terminando em último lugar e vendo o capitão colorado André Luís erguer o precioso troféu de campeão. O Colorado disputou ainda as edições de 1989 e 1991 ficando, respectivamente, em quarto e terceiro lugares, e é a única equipe de fora da Europa a ter conquistado a competição até hoje.


Outras notícias
Loja Virtual