23/06/2016

Consulado de Feliz adere à campanha pela cura da Lali

O Consulado de Feliz aderiu à campanha para ajudar a jovem de 24 anos Laís Poersch, a Lali, diagnosticada com Adenocarcinoma de intestino delgado, um câncer raro que acomete a primeira porção do intestino, cuja cirurgia feita por uma nova técnica está orçada em R$ 150 mil reais. De acordo com o cônsul Rodrigo Zimmermann, a ajuda do Consulado se deu com a doação de uma camisa oficial autografada para ser leiloada ou rifada.

A técnica é a citorredução associada à quimioterapia intraperitoneal hipertérmica, um procedimento de 12 horas, onde serão removidas partes do peritônio acometidas e órgãos ou parte deles, incluindo ovários e intestino, seguida de quimioterapia em temperatura elevada aplicada diretamente no abdômen e muitos, muitos dias de internação. Por se tratar de uma técnica nova e altamente complexa, ela não está registrada na ANS – Agência Nacional de Saúde, não sendo oferecida por nenhum plano de saúde ou pelo SUS.

Para quem também quiser colaborar para que a Laís alcance o valor necessário da cirurgia, doações podem ser feitas AQUI.


Outras notícias
Loja Virtual