14/06/2016

Celeiro de Ases: Inter perde a invencibilidade no Brasileirão Sub-20

carregando galeria...

A equipe Sub-20 foi derrotada pela Ponte Preta por 3 a 0 na tarde desta terça-feira, em jogo válido pela última rodada da primeira fase do Campeonato Brasileiro da categoria, no Estádio Beira-Rio. Os gols da partida foram marcados por Juninho (2x) e Léo Cereja. Apesar da derrota, o Inter fecha a primeira fase na liderança da chave com nove pontos ganhos. O Celeiro de Ases aguarda o sorteio da segunda fase do torneio, que será realizado nesta quinta-feira (16/06), às 11h, para conhecer os próximos adversários.

O time treinado por Ricardo Cobalchini foi a campo com a seguinte escalação: Keiler, Junio, Léo Ortiz, Eriks e Iago; Murilo (João), Matheus Oliveira e Mossoró; Ronald, Valdemir (Léo Àvila) e Ariel (Bruno José).

O jogo:

Mesmo já classificado e garantido como líder do grupo, o Colorado entrou em campo buscando mais três pontos para encerrar a primeira fase com 100% de aproveitamento. Contudo, do outro lado, a Ponte Preta necessitava da vitória para seguir viva na competição, por isso tratou de dificultar a vida dos mandantes. Aos 7 minutos, após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Juninho que finalizou para o fundo do gol de Keiler.

Com a desvantagem, o Sub-20 tratou de correr atrás do empate. Aos 10, Ariel bateu da entrada da área e mandou à direita do gol. O Inter seguia insistindo, mas a equipe de Campinas marcava forte, não dava espaços para o Colorado e apostava nas jogadas de contra-ataque. E foi em umas dessas escapadas, que os visitantes ampliaram o placar. Aos 24, Léo Cereja recebeu cruzamento da direita e finalizou. Keiler fez grande defesa, mas no rebote Juninho mandou para as redes. 2 a 0.

Com dois gols a mais, a Ponte se fechou e dificultou ainda mais as ações do Inter. Aos 39, Iago bateu escanteio e Léo Ortiz cabeceou sobre o gol. Aos 44, Murilo arrematou de longe e Ivan fez boa defesa.

Na segunda etapa, o panorama da partida não se alterou. Aos 4, Thiaguinho invadiu a área, chutou rasteiro e Keiler defendeu. Aos 10, Iago cobrou escanteio da esquerda e Eriks cabeceou para fora. Aos 12, Ariel escapou pela direita, invadiu a área e tocou para Ronald, que bateu com perigo à esquerda de Ivan. No lance seguinte, Valdemir arriscou de longa distância e Ivan fez firme defesa.

Os paulistas continuavam marcando forte e levando perigo nas jogadas de ataque. Aos 29 minutos, Léo Cereja cobrou falta e acertou o canto de Keiler, marcando o terceiro e último gol do jogo.


Outras notícias
Loja Virtual