31/03/2016

De virada, Inter goleia o Brasil-Pel por 4 a 1 no Gigante


Anderson teve grande atuação na goleada colorada

Depois de perder o primeiro tempo por 1 a 0, o Internacional mostrou poder de reação e buscou a virada sobre o Brasil-Pel na etapa final, na noite desta quinta-feira, no Beira-Rio. Com excelente atuação nos 45 minutos finais, o time de Argel fez 4  a 1: Andrigo (2), Anderson e Vitinho marcaram na goleada que deixou o Colorado na terceira posição, com 23 pontos, e com mando de campo garantido nas quartas de final do Gauchão Ipiranga.

O próximo jogo, válido pela última rodada da primeira fase, é contra o Glória, domingo (3/4), às 16h, em Vacaria. O duelo pelas quartas de final, em confronto único, deve ocorrer no dia 10 de abril, no Gigante.

Desvantagem no 1º tempo

A partida começou complicada para o Inter. De volta da Seleção Brasileira, Alisson teve que trabalhar forte aos 5min, ao evitar que a bomba de Marcos Paraná acertasse o ângulo direito. Porém, aos 11min, Marcos Paraná tentou novamente de longe e desta vez colocou a bola na rede.

Depois do gol, o Brasil-Pel se fechou com quatro defensores dentro da grande área, dificultando a penetração colorada. A melhor chance foi aos 34min, quando Fernando Bob disparou uma pancada da intermediária que Martini espalmou para escanteio. Aos 44min, em tiro livre indireto de dentro da área, Vitinho carimbou a barreira. Já nos acréscimos, Vitinho concluiu das proximidades da área para a defesa de Martini.

carregando galeria...

Recomeço avassalador do Inter

No intervalo, Marquinhos entrou no lugar de William e mudou o plano tático do time. Fabinho passou a exercer a função de lateral-direito, com Marquinhos aberto na ponta esquerda, Andrigo na extremidade direita e Sasha e Vitinho mais centralizados. A alteração surtiu efeito e, aos 3min, o Inter chegou ao empate, com gol de Anderson, de grande atuação.

O meia aproveitou a indecisão dos zagueiros e se antecipou para tirar a bola do domínio de Martini - o camisa 8 deu um biquinho na bola e marcou o seu terceiro gol no Gauchão. No minuto seguinte, a virada: Sasha fez excelente lançamento para Andrigo, que se livrou dos marcadores na base da velocidade e, de dentro da área, chutou no ângulo esquerdo.

Anderson brilha e Andrigo amplia

O Inter cresceu em campo e passou a pressionar o time de Pelotas, com intensa movimentação no ataque. Aos 21min, Anderson fez passe milimétrico para Andrigo, que driblou Martini antes de empurrar a bola para o fundo do gol. 3 a 1!


Andrigo marcou duas vezes na vitória de 4 a 1

Vitinho encerra goleada

Aos 27min, mais um golaço: Vitinho emendou uma bomba e acertou o ângulo direito para colocar o quatro no placar. O Inter seguiu dominnado amplamente o adversário, que limitou-se a defender-se até o apito final.

Ficha técnica:

Internacional (4): Alisson; William (Marquinhos, no intervalo), Paulão, Ernando e Artur; Fernando Bob, Fabinho, Anderson (Jair, aos 32min do 2º tempo) e Andrigo; Sasha (Aylon, aos 28min do 2º tempo) e Vitinho. Técnico: Argel.

Brasil-Pel (1): Eduardo Martini; Weldinho, Cirilo, Leandro Camilo e Brock; Leandro Leite (Galiardo), Washington, Diogo Oliveira, Felipe Garcia (Moisés) e Marcos Paraná; Ramon (Natan). Técnico: Rogério Zimmermann.

Gols: Marcos Paraná (B), aos 11min do primeiro tempo, Anderson (I), aos 3min do segundo tempo, Andrigo (I), aos 4min do segundo tempo, Andrigo (I), aos 21min do segundo tempo, Vitinho (I), aos 27min do segundo tempo.

Cartões amarelos: Sasha (I); Marcos Paraná (B). 

Público total: 8.735 (Pagantes: 7.102; Menores: 575; Não pagantes: 1.058). Renda: R$ 220.300,00.

Arbitragem: Daniel Nobre Bins, auxiliado por Antonio Albornóz e Fabrício Bassegio.

Local: Beira-Rio.


Outras notícias
Loja Virtual