14/01/2016

Inter empata em 3 a 3 com o Bayer Leverkusen na estreia pela Florida Cup

O Internacional fez uma boa estreia na temporada e na Florida Cup na noite desta quarta-feira (14/01), em um jogo bastante movimentado de seis gols. A equipe treinada por Argel enfrentou o Bayer Leverkusen-ALE no estádio ESPN WWS, em Orlando, nos Estados Unidos, e empatou pelo placar de 3 a 3. Os gols foram marcados por Eduardo Sasha, D'Alessandro e Andrigo para o Inter, e Chicharito Hernández (2) e Alan Costa (contra) para os alemães. O próximo desafio é contra o Fluminense, em partida marcada para a próxima quarta-feira (20/01), às 21h45.

Com muita intensidade, Inter sai na frente

Mesmo o Inter estando em início de temporada e o time alemão em meio a sua, quem começou melhor foi o Clube do Povo. O time treinado por Argel pressionava o Bayer com forte marcação adiantada e transições rápidas em direção ao gol. Com seis minutos de jogo, o Colorado já vencia por dois gols de vantagem.

Logo no primeiro minuto de jogo, em escanteio cobrado por D'Alessandro pela direita, Eduardo Sasha aproveitou bola espirrada pela defesa e mandou uma bomba de primeira, sem chances para o goleiro Leno. Pouco depois, o lateral Artur foi à linha de fundo e cruzou para dentro da área, mas o brasileiro Ramalho desviou com o braço e o árbitro assinalou pênalti. D'Alessandro cobrou com categoria e ampliou o placar.

carregando galeria...

Bayer busca o empate

Porém, antes do término da primeira etapa, o time alemão chegou ao empate. Aos 39min, Calhanoglu foi derrubado por Anderson dentro da área e o juiz assinalou penalidade máxima, convertida pelo centroavante Chicharito Hernández. Já nos acréscimos do primeiro tempo, o mexicano recebeu na entrada da área e contou com desvio da zaga para empatar a partida.

Mais gols no segundo tempo

Na volta para o segundo tempo, com limite livre para substituições, os treinadores promoveram mudanças nas equipes. O Inter voltou com uma escalação completamente diferente: Muriel; Paulo Cézar, Alan Costa, Réver e Geferson; Silva, Fabinho, Alex e Alisson Farias; Marquinhos e Andrigo. Aos 17min, o Colorado passou novamente à frente com Andrigo, em seu primeiro gol pela equipe principal. Após boa jogada de Geferson, o jovem atacante recebeu cruzamento rasteiro e empurrou para as redes. Porém, o time alemão voltou a igualar o placar aos 34min. Bellarabi cruzou pela direita e o zagueiro Alan Costa marcou contra ao tentar afastar.

Argel: "Deixamos uma impressão muito boa. São nove dias, sendo que em dois deles fizemos avaliação física. Jogamos num sistema o primeiro tempo. Já estava decidido, independentemente do placar, que trocaríamos todos no segundo tempo. O mais importante de tudo é que deixamos uma boa impressão. Mudamos o esquema, mas a organização tática, a entrega dos jogadores, a atitude continuam a mesma. E isso é louvável".

D'Alessandro: "Foi muito bom. Com dez dias de trabalho, deu para ver que vamos nos condicionar fisicamente. Vamos ficar bem. Tanto no primeiro tempo quanto no segundo jogamos de igual para igual".

FICHA TÉCNICA:

Inter (3): Alisson (Muriel); William (Paulo Cézar), Paulão (Alan Costa), Ernando (Réver) e Artur (Geferson); Fernando Bob (Fabinho), Rodrigo Dourado (Silva) (Jair), Anderson (Andrigo) e D'Alessandro (Alex); Eduardo Sasha (Alisson Farias) (Bruno Baio) e Vitinho (Marquinhos). Técnico: Argel

Bayer Leverkusen (3): Leno (Yeldell); Jedvaj (Donati), Tah (Papadopoulos), André Ramalho (Boeder) e Wendell (Henrichs); Kramer, Frey (Yurchenko), Bellarabi e Çalhanoglu (Mehmedi); Chicharito Hernández (Dzalto) e Kiessling (Brandt). Técnico: Roger Schimidt

Gols: Eduardo Sasha, D'Alessandro e Andrigo (I); Chicharito Hernandez (2) e Alan Costa (contra) (B).

Local: estádio ESPN Wide World of Sports, Orlando-EUA

Arbitragem: Nima Saghafi, auxiliado por Daniel Gutierrez e Miguel Martes (trio dos EUA).

Cartões amarelos: Geferson e Silva (I)


Outras notícias
Loja Virtual