21/12/2015

Celeiro de Ases: Retrospectiva 2015

Ano da base teve conquistas, convocações para Seleção Brasileira e projetos inovadores

A todo vapor! Essa é uma expressão que pode definir como foram as atividades nas Categorias de Base do Internacional no ano de 2015. Aproveitamento de jogadores, conquista de títulos, convocações de atletas para a Seleção Brasileira e desenvolvimento de projetos inovadores são exemplos de conquistas e ações que movimentaram os últimos 12 meses. Para destacar ainda mais esses feitos, montamos essa retrospectiva que mostra o porquê da Base Colorada ter muito para celebrar e se orgulhar ao final dessa temporada. Confira.

Aproveitamento de atletas da Base no time principal

Formado no Celeiro de Ases, Rodrigo Dourado foi um dos destaques da temporada 2015

Em 2015, a Categoria de Base mostrou mais uma vez que é referência na formação e no desenvolvimento de jovens talentos. Ao longo da temporada, 45% dos jogadores utilizados pela equipe principal nas competições eram formados na Base. Na final do Campeonato Gaúcho, por exemplo, oito dos 11 atletas em campo eram oriundos do Celeiro de Ases. Também vale destacar que levantamentos apontaram o Internacional como o time que mais usou jogadores da Base no Campeonato Brasileiro, 19 no total.

Outro prata da casa, Valdívia foi o artilheiro do Inter na temporada com 19 gols

Jovens talentos marcaram presença na Seleção Brasileira

Goleiro Alisson terminou o ano como titular da Seleção Brasileira (Foto: Rafael Ribeiro/CBF)

O Celeiro de Ases encerrou o ano com dois jogadores na Seleção Brasileira Principal (Alisson e Geferson) e dois na Seleção Olímpica (Jacsson e Valdívia). Nas seleções de base, os nossos atletas também marcaram presença. Na Sub-15, foram convocados o lateral direito Leonardo Bicca, os zagueiros Douglas Bohm e Gabriel Pedroso, e o meia atacante Matheus Ávila. Na Sub-17, os atacantes Matheus Goiano e Pedro Lucas, além do lateral esquerdo Rogério, que inclusive foi titular da posição no Mundial Sub-17 e um dos melhores jogadores da competição, segundo fontes da CBF.

Lateral esquerdo Rogério foi titular e um dos destaques da Seleção Brasileira no Mundial Sub-17 (Foto: Divulgação)

Vantagem nos Campeonatos Estaduais

Juvenil B garantiu a vantagem Colorada nos campeonatos estaduais organizados pela FGF

Nos campeonatos estaduais organizados pela Federação Gaúcha de Futebol (FGF), as Categorias de Base do Internacional fecham o ano com um saldo positivo. Juntando todas as categorias, foram três títulos (Profissional, Júnior e Juvenil B) e dois vice-campeonatos (Juvenil A e Infantil). Acrescentamos o profissional nessa conta, pois dos 11 titulares que começaram o Gre-Nal que decidiu o Gauchão, oito eram formados na Base. Nas categorias menores, o Colorado também sagrou-se campeão no sub-11 e no sub-14. Nessa última conquista, o Celeiro de Ases terminou a competição com 100% de aproveitamento e vencendo os dois Gre-Nais da final.

Títulos e participação em torneios internacionais

Colorado ficou com o título da Frenz Cup, disputada na Malásia e na Indonéisa, no início do ano

Pelo mundo a fora, as Categorias de Base disputaram competições e conquistaram títulos. Foram três torneios ao longo da temporada: a Frenz Cup, na Malásia e Indonésia, a Fallerhof Cup, na Alemanha, e a Evonik Cup, também na Alemanha. Nessas competições, os jovens atletas enfrentaram equipes do primeiro escalão do futebol mundial e fizeram bonito. Na Frenz Cup, o time Júnior venceu equipes como Valência, Porto e Estudiantes e garantiu o título do torneio com 100% de aproveitamento. Na Fallerhof Cup, o Colorado conseguiu mais uma conquista invicta e sem sofrer nenhum gol. Na Evonik Cup, o Celeiro de Ases ficou em terceiro lugar, vencendo times como Barcelona e Mônaco. De quebra, o atacante Pedro Lucas ficou com a artilharia da competição.

Celeiro de Ases enfrentou e venceu o Barcelona pela Evonik Cup

Intercâmbio de jogadores

O atacante Ronald participou de um intercâmbio junto ao Frenz United da Malásia (Foto: Dan Laryea/Site Evonik Cup) 

Com o objetivo de proporcionar vivência internacional aos atletas, o Celeiro de Ases promoveu um intercâmbio de jogadores em mercados potenciais da Europa e da Ásia. Foi o caso do meia Allan, que participou da disputa da Frenz Cup e de um intercâmbio no Liverpool (Inglaterra). Posteriormente, o atleta foi vendido para o clube inglês. Além dele, os jogadores Ronald e Rildo realizaram um intercâmbio na Malásia, no Frenz United. Ambos jogaram a Copa da Ásia (competição disputada nos moldes semelhantes à Copa Libertadores) pelo time malaio onde enfrentaram equipes de todo o continente asiático.

Clínicas com ex-atletas

Ídolo eterno da torcida Colorada, Christian participou de treinos e deu dicas aos jovens atletas

Sempre preocupada empenhada em desenvolver ainda mais os seus atletas, a Categoria de Base lançou um programa inovador. Através do Projeto Aprimorar, a Base convidará ex-jogadores do Internacional, que foram referências nas suas posições, para participarem de clínicas com os garotos colorados. A ideia é de que os ex-atletas ensinem técnicas, dicas e macetes de fundamentos das mais diversas posições. A primeira clínica do novo projeto contou com a presença do ex-atacante e Ídolo Eterno da torcida Colorada, Christian. A partir de 2016, outros ex-jogadores participarão do programa de treinamentos.


Outras notícias
Loja Virtual