06/12/2015

Inter vence Cruzeiro por 2 a 0 no Beira-Rio

carregando galeria...

O Internacional encerrou o Brasileirão com vitória de 2 a 0 sobre o Cruzeiro, na tarde deste domingo, no Beira-Rio. Vitinho marcou os dois gols sobre a equipe mineira, um em cada etapa. O resultado não foi suficiente para garantir a vaga na Libertadores da América, mas o Colorado terminou a competição na quinta posição, com 60 pontos, e assegurou a vaga direta às oitavas de final da Copa do Brasil de 2016. O Inter encerra o ano tendo conquistado o pentacampeonato gaúcho, além de ter sido o melhor time brasileiro na Libertadores, na terceira posição.

Vitinho desequilibra 

O jogo começou com um lance contundente do Inter. Logo aos 25 segundos, a bola foi cruzada para a área cruzeirense e, ao fazer o corte, quase que Douglas Grolli marcou gol contra. O Cruzeiro era perigoso nos contra-ataques e, aos 8min, assustou em chute de Arrascaeta que Alisson defendeu com desenvoltura. Aos 12min, Alex cobrou escanteio fechado, Lisandro López tentou o desvio no primeiro poste e Vitinho completou para fora.

Aos 22min, Vitinho entrou a dribles pelo lado direito da área e tentou o cruzamento que foi providencialmente cortado por Grolli. Porém, aos 25min, a estrela do atacante brilhou: o camisa 21 pegou de primeira um chute da entrada da área e acertou o cantinho direito de Rafael. Golaço de Vitinho!

Aos 29min, Rodrigo Dourado ganhou da marcação pelo alto e cabeceou sobre o gol adversário. Quase! Aos 39min, Vitinho fez outra jogada de efeito e tentou acionar Alex na área, mas a bola correu demais.

Colorado faz 2 a 0

Na largada do segundo tempo, o Inter teve boa chance de ampliar. Aos 7min, após cobrança de escanteio, Paulão quase conseguiu o desvio na pequena área. No minuto seguinte, Vitinho soltou uma pancada que Rafael defendeu no centro do gol. Mas era questão de tempo para que a vantagem fosse aumentada no placar. Aos 16min, Lisandro López arrancou pela esquerda, invadiu a área e tocou para Vitinho, livre de marcação, empurrar para o fundo da rede. 2 a 0. Foi  o seu 15º com a camisa colorada. E os últimos cinco gols do time no campeonato foram anotados por ele.


Torcida aplaudiu o time ao final da partida e cantou o seu orgulho de ser colorada

 Aos 35min, Anderson cruzou, Rodrigo Dourado desviou e quase fez o terceiro. A bola passou rente ao poste direito. O Inter manteve o volume ofensivo até o apito final. Reconhecendo o empenho do time, a torcida cantou muito e foi saudada pelos jogadores.

"A torcida está de parabéns. É claro que queríamos a vaga na Libertadores, mas desta vez não deu. De qualquer forma, fomos campeões gaúchos e ficamos em terceiro na Libertadores. O torcedor soube reconhecer o ano que tivemos", disse o presidente Vitorio Piffero.

Ficha técnica:

Internacional (2): Alisson; William, Paulão, Ernando e Artur; Nico Freitas (Silva), Rodrigo Dourado, Anderson (Bertotto) e Alex; Lisandro López e Vitinho. Técnico: Argel.

Cruzeiro (0): Rafael; Mayke (Fabiano), Manoel, Douglas Grolli, Mena; Willians, Willian Farias (Allano), Ariel Cabral; Marcos Vinícius, Willian e Arrascaeta (Joel). Técnico: Mano Menezes.

Gols: Vitinho (I), aos 25min do primeiro tempo e aos16 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos: Douglas Grolli (C); Vitinho (I).

Pagantes: 29.836
Menores: 2.985
Não pagantes: 1.994
Público total: 34.815
Renda: R$ 715.730,00

Arbitragem: André Luiz de Freitas Castro (GO), auxiliado por Kleber Lucio Gil (SC) e Carlos Berkembrock (SC).

Local: Beira-Rio.


Outras notícias
Loja Virtual