28/11/2015

Inter empata com Fluminense no Maracanã

 
Atacante Vitinho abriu o placar com belo chute no primeiro tempo

Apesar de sair na frente e jogar com autoridade durante a maior parte da partida, o Inter empatou em 1 a 1 com o Fluminense, neste sábado (28/11), em partida válida pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Colorado saiu na frente, com belo gol marcado por Vitinho, ainda no primeiro tempo. Porém, o time da casa conseguiu o empate após pênalti extremamente duvidoso marcado na segunda etapa.

No próximo final de semana, a equipe colorada dá sua última cartada na briga para obter uma vaga na próxima Libertadores da América. Em um Beira-Rio certamente lotado, o Internacional recebe o Cruzeiro, pela última rodada da competição. No momento, o time treinado por Argel é o quinto colocado, com 57 pontos, dois a menos que o São Paulo, na quarta posição.

Jogando com autoridade

Mesmo jogado fora de casa, o Inter fez questão de demonstrar, desde o início, quem era o dono do jogo. Porém, antes mesmo de qualquer lance de perigo, o juiz Marielson Alves Silva mostrou um cartão amarelo para cada lado. Um para o lateral Artur, do Inter, e outro para Ayrton, do Fluminense, ambos mataram jogada de contra ataque. Jogando com autoridade, o Inter defendia com vigor e trocava passes com consciência. Foi desta maneira que o placar for aberto, logo aos 4 minutos. Após bola retomada, D'Alessandro encontrou bom passe para Anderson, que conseguiu espaço e entregou a bola para Vitinho. Em grande fase, o camisa 21 ajeitou com carinho e chutou forte, da entrada da área, para estufar as redes de Diego Cavalieri e colocar o Colorado na frente.

O Inter continuava em cima e não dava brechas para o time carioca. A equipe colorada novamente tramou boa jogada aos 16 minutos. Lisandro López tabelou com Vitinho, que devolveu com precisão para o argentino finalizar. O chute de canhota saiu forte, mas explodiu na trave adversária. Pouco depois, Lisandro sentiu lesão e foi substituído por Taiberson. Aos 33 minutos, D'Alessandro pegou rebote e chutou de primeira, mas o goleiro defendeu. Dois minutos depois, William recebeu de Vitinho, cortou o marcador e chutou de canhota, mas a bola passou por cima. Antes do primeiro tempo ser encerrado, Osvaldo foi driblado por Anderson e perdeu a cabeça, puxando a camisa e acertando tapa no meia colorado. O árbitro foi atento e não perdoou, expulsando o atacante tricolor.

Juiz inventa pênalti e Fluminense empata

Na volta do segundo tempo, o Inter diminuiu o ritmo. O time da casa aproveitou e começou a levar perigo à meta colorada. Aos 16 minutos, Marcos Júnior recebeu cruzamento e cabeceou, mas Muriel fez grande defesa. Aos 27 minutos, o juiz inventou um pênalti completamente inexistente a favor do Fluminense. Magno Alves trançou as pernas em Vitinho, que aparecia na marcação, e se jogou de forma constrangedora dentro da área colorada. Não satisfeito, o juiz Marielson Alves Silva ainda mostrou cartão amarelo. Cícero cobrou com tranquilidade e igualou o placar. O centroavante Bruno Baio entrou no lugar de Anderson e levou perigo em algumas jogadas de bola aérea. Apesar das substituições e pressão no final da partida, o Inter não conseguiu passar à frente novamente e o jogo terminou empatado.

carregando galeria...

FICHA TÉCNICA

Fluminense (1): Diego Cavalieri; Wellington Silva, Nogueira, Marlon e Ayrton (Léo Pelé); Edson, Cícero, Gustavo Scarpa, Marcos Júnior (Lucas Gomes) e Osvaldo; W. Paulista (Magno Alves). Técnico: Eduardo Baptista

Internacional (1): Muriel; William, Paulão, Ernando e Artur; Nicolás Freitas (Bertotto), Rodrigo Dourado, Anderson (Bruno Baio) e D'Alessandro; Lisandro López (Taiberson) e Vitinho. Técnico: Argel

Local: Maracanã, Rio de Janeiro-RJ

Gols: Vitinho, aos 4 minutos do primeiro tempo (I); Cícero, aos 28 minutos do segundo tempo (F).

Arbitragem: Marielson Alves Silva, auxiliado por Alessandro A Rocha de Matos e Elicarlos Franco de Oliveira (trio baiano).

Cartões amarelos: Ayrton e Cícero (F); Artur, Nicolás Freitas, D'Alessandro e Vitinho (I).


Outras notícias
Loja Virtual