18/10/2015

Inter vence Flamengo e segue no encalço do G4

carregando galeria...

Com uma atuação consistente diante de um adversário direto na tabela, o Internacional venceu o Flamengo por 1 a 0 na tarde deste domingo, no Rio de Janeiro. Ernando marcou o gol que deixa o time colorado na sétima posição, com 47 pontos, a dois de distância do G4, restando ainda sete rodadas no Brasileirão. Um jejum de nove anos sem vitória no Maracanã também foi quebrado.

O próximo jogo é sábado (24/10), às 18h30, diante do Joinville, no Beira-Rio. Se o Inter vencer, poderá ingressar na zona de classificação à Libertadores de 2016.

No seu centésimo jogo, Ernando faz 1 a 0

O duelo na capital carioca começou bastante movimentado, com a disputa pela bola concentrada no meio-campo. Aos poucos, o Flamengo passou a pressionar, principalmente com avanços pelas laterais, mas sem conseguir finalizar com qualidade.

Na sua primeira subida ao ataque, o Inter abriu o placar. Aos 17min, Valdívia arrancou pelo meio e acionou William: o lateral cruzou da direita, Lisandro López não alcançou de cabeça, mas Ernando apareceu como elemento surpresa na área para chutar cruzado e colocar a bola no cantinho esquerdo. Belo gol, o quarto gol do zagueiro/lateral na temporada e o quinto nesta que foi sua centésima partida com a camisa colorada.

Aos 28min, um susto. Guerrero recebeu passe na entrada da área e disparou uma bomba que explodiu no travessão. Aos 30min, o atacante peruano tentou novamente, desta vez de cabeça, mas Alisson defendeu com segurança.

O Inter manteve uma postura equilibrada no Maracanã. Conseguiu se defender com eficiência e não abriu mão de atacar quando tinha a posse de bola.

Inter garante importante resultado

No segundo tempo, o Flamengo veio com tudo na busca pelo empate. Aos 6min, Guerrero fez o giro e chutou com perigo, da meia-lua – a bola raspou o poste esquerdo antes de sair pela linha de fundo. Aos 10min, foi a vez de Alan Patrick, de dentro da área, concluir muito perto da trave. Logo depois, D'Alessandro, recuperado da lesão que o afastou dos gramados nas últimas semanas, entrou no jogo na vaga de Alex.

Bem posicionado e disputando cada lance com garra, o time de Argel conseguiu conter o ímpeto dos donos da casa e tentou escapar nos contra-ataques. Aos 17min, Nilton disparou uma pancada de longe que passou perto do travessão. Aos 31min, dois lances contundentes, um para cada lado. Primeiro foi o Flamengo, com Guerrero, chutando para a grande defesa de Alisson; no contra-golpe, Lisandro López bateu colocado da meia-lua e quase acertou o canto esquerdo do goleiro Paulo Victor. Aos 35min, Jorge cabeceou à direita, com grande perigo.

Nos minutos finais, o Flamengo tentou sua última cartada, mas não conseguiu evitar a derrota para o Inter que não ocorria no Maracanã desde 2006.

Ficha técnica:

Flamengo (0): Paulo Victor, Pará, César Martins, Samir e Jorge; Márcio Araújo, Canteros (Kayke), Alan Patrick e Everton (Paulinho); Sheik (Gabriel) e Guerrero. Técnico: Oswaldo de Oliveira.

Internacional (1): Alisson; William, Paulão, Réver e Ernando; Rodrigo Dourado, Nilton (Wellington, aos 32min do 2º tempo), Anderson (Vitinho, aos 28min do 2º tempo) e Alex (D'Alessandro, aos 12min do 2º tempo); Valdívia e Lisandro López. Técnico: Argel.

Reservas: Muriel, D'Alessandro, Rafael Moura, Vitinho, Alan Costa, Alisson Farias, Taiberson, Bertotto, Wellington e Zé Mário.

Gol: Ernando (I), aos 17min do primeiro tempo.

Cartões amarelos: Paulão, Réver (I);

Arbitragem: Heber Roberto Lopes (SC), auxiliado por Kleber Lucio Gil (SC) e Bruno Boschilia (PR).

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro.


Outras notícias
Loja Virtual