23/08/2015

Inter mostra bom futebol e vence Atlético-PR

Com grande atuação, o Internacional venceu o Atlético-PR por 2 a 0 na tarde deste domingo, no Beira-Rio, pela 20ª rodada do Brasileirão. O time colorado criou diversas situações de gol e garantiu mais três pontos nesta largada do segundo turno - é o 10º colocado, com 28 pontos, a cinco do G4. Valdívia e Paulão balançaram as redes na terceira vitória seguida no Gigante. O time também já está há quatro jogos sem sofrer gol.

Na quinta-feira (27/8), às 20h, o desafio é pela Copa do Brasil, em Itu-SP, no jogo de volta das oitavas de final contra o Ituano. Pelo campeonato nacional, o próximo jogo é diante do Avaí, domingo (30/8), às 11h, em Florianópolis.

carregando galeria...

Inter se impõe e Valdívia marca

O começo da partida foi excelente para o Inter. Logo aos 3min, D'Alessandro fez lançamento primoroso para Valdívia, que dominou com qualidade no interior da área para chutar no contrapé do goleiro Weverton. Um belo gol, o 17º de Valdívia com a camisa do Clube do Povo!

Com apetite de sobra, o Colorado criou três chances claras de ampliar entre o oitavo e o nono minuto do primeiro tempo. Aos 8min, Léo - substituto de William, suspenso - cruzou da direita e Eduardo Sasha chutou para defesa salvadora de Weverton. Na sequência, Vitinho fez boa jogada individual e exigiu nova intervenção do goleiro paranaense. Segundos depois, Vitinho foi à linha de fundo e tocou para Valdívia concluir em cima de Weverton. Que pressão!

A torcida ficou empolgada com o ritmo ofensivo imposto pelo time de Argel, que abusava das jogadas em velocidade pelos lados do campo e da troca intensa de passes no campo de ataque. O Atlético-PR recuou para conter o ímpeto colorado e não ofereceu perigo na frente. Finalizou a primeira vez somente aos 41min, em chute de longe de Bruno Mota que Alisson defendeu com tranquilidade. Aos 44min, Marcos Guilherme também tentou de fora da área, mas a bola ficou novamente nas mãos de Alisson.

 Pressão continua e Paulão amplia

O Inter voltou para o segundo tempo com a mesma equipe e a mesma intensidade. Aos 5min, Vitinho roubou a bola do zagueiro, invadiu a área pela esquerda e foi derrubado. Pênalti! D'Alessandro bateu buscando o canto direito e Weverton saltou para defender e evitar o segundo gol.

Nada que abalasse o ânimo do time, já que o Inter seguiu empilhando oportunidades de gol. Aos 12min, Léo cruzou e Valdívia emendou uma bicicleta, colocando a bola à esquerda do gol do Furacão. Aos 16min, faltou pouco para que Vitinho não deixasse sua marca no placar: o atacante disparou pela ponta-esquerda, fez o corte para dentro e disparou um potente chute que raspou a trave esquerda. Aos 19min, após boa tabela na entrada da área, a bola sobrou para Léo chutar à esquerda do gol atleticano. Aos 23min, Eduardo Sasha soltou a bomba e a bola explodiu na trave.

Era muita insistência, e ela se transformou em gol aos 24min: D'Alessandro cobrou escanteio, Rodrigo Dourado desviou de cabeça e Paulão encheu o pé para fazer 2 a 0. Aos 40min, Walter emendou chute e Alisson defendeu, em rara conclusão do adversário.

"Vamos continuar trabalhando forte. Estamos no caminho certo", avalia Eduardo Sasha.

"Temos que seguir jogo a jogo, passo a passo. Agora temos o Ituano pela frente", projeta o vice-presidente de futebol Carlos Pellegrini.

"A gente está crescendo jogo a jogo e esse é o nosso pensamento. Agora viramos a chave e vamos concentrar na Copa do Brasil. Mas o importante é que a equipe fez uma boa partida. O placar poderia ter sido maior, o goleiro adversário fez muitas defesas. O nosso torcedor foi o 12° jogador e acho que estamos no caminho certo, sim", disse Argel.

Ficha técnica:

Internacional (2): Alisson; Léo, Paulão, Ernando e Geferson; Rodrigo Dourado, Nilton, D'Alessandro (Rafael Moura, aos 38min do 2º tempo) e Eduardo Sasha (Wellington, aos 24min do 2º tempo); Valdívia e Vitinho (Alex, aos 32min do 2º tempo). Técnico: Argel.

Atlético-PR (0): Weverton; Bruno Pererinha (Walter), Gustavo, Kadu e Sidcley; Otávio, Hernani, Bruno Mota (Marcos Guilherme), Nikão e Douglas Coutinho (Ewandro); Cléo. Técnico: Milton Mendes.

Gols: Valdívia (I), aos 3min do primeiro tempo, Paulão (I), aos 24min do segundo tempo.

Cartões amarelos: Hernani, Gustavo (A); Léo (I).

Público total: 22.393 (Pagantes: 19.241. Menores: 1.751. Não pagantes: 1.401). Renda: R$ 463.150,00.

Arbitragem: Raphael Claus (SP), auxiliado por Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Marcelo Carvalho Van Gasse (SP).

Local: Beira-Rio. 


Outras notícias
Loja Virtual