25/03/2015

Inter vence Avenida no Beira-Rio com gol de Juan


Juan decidiu o placar contra o Avenida no Beira-Rio

O Internacional bateu o Avenida por 1 a 0 na noite desta quarta-feira (25/3), no Beira-Rio, e chegou à quarta vitória seguida no Gauchão. O zagueiro Juan marcou o gol no final do primeiro tempo, deixando o time colorado na vice-liderança, com 25 pontos conquistados em 13 rodadas (tem um jogo menos na tabela). No próximo domingo (29/3), o adversário é a União Frederiquense fora de casa. No Gigante, o próximo desafio é diante do Ypiranga de Erechim, na quarta (1º/4).

> Assista aos melhores momentos da partida

Titulares em campo

O Inter teve o time titular em campo nesta que foi a sétima partida oficial da temporada no Gigante. Apenas Nilmar, em recuperação de lesão, e Aránguiz, a serviço da seleção do Chile, não puderam atuar. D'Alessandro, que vinha de lesão, começou o duelo no banco de reservas e entrou ainda no primeiro tempo.

Domínio total

Com posse de bola amplamente superior e rápida troca de passes, a equipe de Diego Aguirre se impôs no campo ofensivo e envolveu o adversário de Santa Cruz do Sul no primeiro temp. Aos 4min, Alex bateu falta e acertou a trave direita. Logo depois, Léo chutou de primeira, de dentro da área, e Villa defendeu com segurança. Eduardo Sasha movimentava-se intensamente por todos os lados e criava espaços no ataque. Aos 14min, Alex disparou da intermediária e Villa segurou firme no meio do gol. Aos 20min, Taiberson tabelou com qualidade com Alex e chutou em cima do goleiro.

Amplamente dominado, o Avenida conseguiu finalizar pela primeira vez somente aos 28min, em chute de Paulinho Simionato que Alisson defendeu com facilidade. Aos 30min, Nilton criou duas boas oportunidades. Primeiro em um voleio que Villa impediu que se transformasse em gol e depois em cabeceio que o zagueiro salvou em cima da linha. Aos 34min, D'Alessandrou foi para o jogo no lugar de Taiberson, lesionado.

Juan marca de cabeça

Aos 40min, Alex por pouco não acertou o ângulo esquerdo, em chute de longe que desviou no meio do caminho e saiu pela linha de fundo. Na cobrança de escanteio, Juan apareceu entre os zagueiros para cabecear para o fundo do gol. 1 a 0! Foi o oitavo gol do defensor com a camisa colorada.

carregando galeria...

Avenida equilibra na etapa final

No segundo tempo, o Avenida se mostrou mais incisivo na busca pelo empate. Logo aos 2min, Paulinho Simeonato chutou cruzado e Alisson se esticou para interceptar a bola, já que Miro Bahia fechava no segundo poste para tentar a finalização. No minuto seguinte, D'Alessandro chutou forte e Villa defendeu. O adversário quase igualou o placar aos 16min, em cabeceio de Sérgio que Alisson defendeu de forma espetacular, no mais puro reflexo.

Aos 29min, Alex e D'Alessandro protagonizaram excelente troca de passes até que a bola sobrou para Anderson - que havia entrado no lugar de Nilton - concluir para a defesa de Villa. Aos 42min, Eduardo Sasha desviou de cabeça o cruzamento feito por D'Alessandro e a bola raspou a trave esquerda. Foi a melhor chance colorada na etapa final. Aos 47min, a última tentativa do Avenida: Marcão cabeceou à direita do gol. 

"O importante é a vitória. Somamos mais três importantes pontos", disse Ernando.

"Mais três pontos dentro de casa. Deixamos a desejar um pouco no segundo tempo, mas vamos tentar corrigir os problemas", avaliou Eduardo Sasha.

"Me agrada ganhar os jogos. Sempre. De qualquer jeito. Os três pontos me agradam. Temos mais alguns jogos para o que importa, que são as finais do Gaúcho e busca pela classificação na Libertadores. Temos que aproveitar esse tempo para que o time continue evoluindo”, disse Diego Aguirre.

Ficha técnica:

Internacional (1): Alisson; Ernando, Juan e Réver; Léo (Jorge Henrique, aos 23min do 2º tempo), Nilton (Anderson, aos 12min do 2º tempo), Nicolás Freitas e Fabrício; Alex, Taiberson (D'Alessandro, aos 34min do 1º tempo) e Eduardo Sasha. Técnico: Diego Aguirre.

Avenida (0): Villa; Elias, Léo Korte, Sérgio e Paulinho; Michel, Henrique (Alexandre), Ramos (Marcão) e Miro Bahia; Wellington (Márcio Tinga) e Paulinho Simionato. Técnico: Júlio César da Rosa.

Gol: Juan (I), aos 41min do primeiro tempo.

Cartões amarelos: Eduardo Sasha, Anderson, Alex (I); Wellington (A).

Público: 11.816 (9.764 pagantes). Renda: R$ 175.905,00.

Arbitragem: Roger Goulart, auxiliado por Alexandre Kleiniche e Lúcio Flor.

Local: Beira-Rio.


Outras notícias
Loja Virtual