13/11/2005

INTER FAZ 4 A 0 NO SANTOS E SEGUE NA LUTA PELO TÍTULO

O Internacional goleou o Santos por 4 a 0 em partida disputada neste domingo no Estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul, válida pela 38ª rodada do Brasileirão. Sobis (2) e Alex (2) marcaram os gols colorados. Com o resultado, o time colorado manteve a vice-liderança do Brasileirão com 71 pontos, a seis do líder Corinthians, e ficou a três pontos da vaga da Copa Libertadores da América de 2006.

O jogo

Inter e Santos tiveram que atuar no Estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul, com os portões fechados devido à pena imposta ao time santista pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva. Dessa forma, diante de arquibancadas desertas, a equipe colorada entrou em campo com modificações. Na zaga, Edinho e Alex entraram nas vagas de Vinícius e Jorge Wagner, respectivamente. Na ala direita, Ceará substituiu Élder Granja, que cumpriu suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo. Perdigão entrou no meio-campo.

O primeiro lance de gol ocorreu aos 2min10seg, quando Perdigão deu bom passe para Rafael Sobis chutar rasteiro para defesa de Mauro. O Santos respondeu aos 6min com Geílson concluindo de fora da área e Clemer defendendo no canto.

Depois destes dois lances, o jogo caiu um pouco de ritmo. Até que aos 16min40seg, Geílson pegou uma sobra na área, depois de jogada de Kleber e Pitbull, e chutou com perigo ao lado do gol. Aos 24min35seg, Geílson cabeceou pra fora, concluindo cruzamento da direita.

O Inter tentava as jogadas pela esquerda aproveitando os avanços do lateral-esquerdo Alex, de grande atuação. Aos 26min, Fernandão ganhou na raça do zagueiro Luís Alberto e, quando iria entrar na área livre, foi puxado pelo defensor santista. O juiz marcou a falta, mas preferiu dar apenas o cartão amarelo a Luís Alberto. Na cobrança, aos 27min, Alex chutou no cantinho e fez 1 a 0 para o Inter. Na comemoração, o jogador deu as suas tradicionais cambalhotas.

Aos 34min, Sobis pegou uma sobra de escanteio e chutou forte por cima. Aos 36min, Sobis arrancou para um contra-ataque, entrou na área e driblou com um giro rápido dois jogadores do Santos. Luís Alberto então derrubou o atacante colorado na área: pênalti. Na cobrança, Alex chutou bem e ampliou a vantagem para 2 a 0. Foi o terceiro gol de Alex no Brasileirão, todos em lances de bola parada.

O Santos tentou reagir aos 39min40seg com Pitbull chutando no ângulo e Clemer fazendo grande defesa para escanteio. Aos 44min30seg, Zé Leandro chutou de fora da área e Clemer novamente defendeu com segurança. Foi o último lance da primeira etapa.

No intervalo, o técnico Nelsinho Baptista retirou Giovanni e Fabinho e colocou Luciano Henrique e Zé Elias. No Inter, o técnico Muricy Ramalho poupou Tinga, com dores musculares, e colocou Wellington no seu lugar.

No começo do segundo tempo, o Inter procurou tocar bastante a bola em busca de espaços, evitando a reação santista. Aos 9min35seg, Fernandão chutou de fora da área e quase marcou um golaço. A bola passou perto. O Santos só foi chegar com perigo aos 10min5seg, quando Pitbull cruzou da direita, Clemer não conseguiu segurar e a bola sobrou para Geílson cabecear para fora.

Aos 16min40seg, Kleber reclamou do árbitro e foi expulso. Aos 18min35seg, Ceará cruzou da direita para Sobis, que matou a bola e chutou para defesa de Mauro. Aos 21min, Zé Elias deixou o campo lesionado e entrou Bruno em seu lugar. Em seguida, Alex tentou surpreender Mauro com uma falta de longe, mas o goleiro conseguiu defender. Aos 23min, Sobis recebeu na área e chutou no alto com perigo.

De tanto insistir, Sobis marcou o seu. Aos 31min, Ceará chutou forte de fora da área, Mauro não conseguiu segurar e Sobis pegou o rebote para ampliar de pé esquerdo: 3 a 0. Aos 33min20seg, quase Sobis marcou outro. Entrou a dribles na área e concluiu no alto com muito perigo.

Aos 34min, Muricy retirou Fernandão e colocou Iarley. Três minutos depois, saiu Ricardinho e entrou Mossoró. Aos 41min30seg, Gavilán arriscou de fora da área e quase marcou outro. Aos 44min10seg, Sobis lançou para Iarley na área que devolveu para Sobis. O atacante driblou um zagueiro e chutou com categoria para fazer 4 a 0. Foi o 18º gol do artilheiro colorado no Brasileirão, que está a três gols de Róbson, do Paysandu, que tem 21. Aos 45min50seg, Iarley chutou de primeira um cruzamento da esquerda e quase marcou o quinto gol.

?A equipe jogou bem e está de parabéns. Temos chances matemáticas de conquistar o título e vamos correr atrás até o fim?, afirmou o atacante Rafael Sobis, depois do jogo.

"Valeu pela recuperação. O grupo recobrou as energias e mostrou que está com o foco centrado na reta final do Brasileirão", analisou o presidente Fernando Carvalho.

"O campeonato ainda não acabou. Temos jogadores de qualidade para buscar esta diferença", afirmou o técnico Muricy Ramalho, referindo-se à vantagem de seis pontos que o líder Corinthians tem em relação ao Inter.

Santos (0): Mauro; Zé Leandro, Mateus, Luís Alberto e Kleber; Fabinho (Zé Elias, Bruno), Wendell, Heleno e Giovanni (Luciano Henrique); Pitbull e Geílson. Técnico: Nelsinho Baptista.

Internacional (4): Clemer; Ceará, Edinho, Ediglê e Alex; Gavilán, Tinga (Wellington), Perdigão e Ricardinho (Mossoró); Sobis e Fernandão (Iarley). Técnico: Muricy Ramalho.

Gols: Alex (2, I), aos 27min e aos 36min50seg do primeiro tempo, Sobis (2, I), aos 31min e aos 44nub30seg do segundo tempo. Cartões amarelos: Luís Alberto, Zé Elias, Kléber (S), Perdigão, Ceará, Gavilán (I). Expulsão: Kleber (S). Arbitragem: Wallace Valente (ES), auxiliado por José Linhares (ES) e Robson Guijanske (ES). Local: Estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul (SP).


Outras notícias
Loja Virtual