11/09/2014

Inter superado pelo Vitória no Barradão

Inter foi derrotado pelo Vitória no Barradão, em Salvador

O Internacional foi derrotado por 2 a 0 pelo Vitória na noite desta quarta-feira, em Salvador, pela rodada de abertura do returno do Brasileirão. Com o resultado, o time colorado permaneceu com 34 pontos na terceira posição, mas poderá ser superado pelo Corinthians ao final da rodada nesta quinta-feira.

> Veja fotos do jogo

No domingo (14/9), às 16h, o adversário é o Botafogo, no Beira-Rio. Ingressos estão à venda.

O jogo

O duelo começou movimentado na bola parada. Aos 3min, Gilberto desviou de cabeça uma cobrança de falta de D'Alessandro e obrigou Júnior Fernández – filho do goleiro paraguaio 'Gato' Fernández, campeão da Copa do Brasil pelo Inter, em 1992 – a espalmar a bola para escanteio. Aos 7min, Richarlyson bateu falta com qualidade e surpreendeu Dida. 1 a 0.

O empate quase ocorreu aos 12min, quando o zagueiro Kadu cortou pelo alto e por pouco não marcou gol contra. A bola raspou a trave esquerda. Aos 25min, Eduardo Sasha teve boa chance no interior da área, mas o chute foi prensado com a zaga. Aos 31min, Ernando concluiu de voleio e a bola passou por cima do travessão. Logo depois, Wellington Paulista tentou a finalização entre os zagueiros e acabou sendo desequilibrado. No entanto, a arbitragem preferiu não marcar o pênalti. O Inter seguiu pressionando até o final do primeiro tempo, mas não conseguiu superar a bem posicionada defesa do Vitória.

Nos primeiros minutos da etapa final, foi o Colorado que tomou a iniciativa no campo de ataque. Porém, aos 10min, Marcinho ampliou para o Vitória com um gol de cabeça. Aos 15min, Kadu quase fez o terceiro em cabeceio que passou muito próximo à trave esquerda.

Aos 23min, Valdívia e Leandro entraram nos lugares de Ygor e Eduardo Sasha. Pouco depois, Alan Patrick foi para o jogo na vaga de Jorge Henrique. Aos 39min, Marcinho desviou de letra e a bola passou rente à trave esquerda de Dida. Aos 45min, Valdívia disparou chute frontal, mas a bola ganhou muita elevação. Aos 48min, Wellington Paulista soltou uma bomba e Júnior Fernández espalmou providencialmente.

"É um momento difícil que vamos ter que reverter. Pecisamos manter o psicológico forte para voltar a vencer", avaliou o técnico Abel Braga.

"A vitória contra o Botafogo é uma necessidade que se impõe. Vamos precisar de controle emocional e do apoio da torcida no domingo", projetou o vice-presidente de futebol Marcelo Medeiros.

Ficha técnica:

Vitória (2): Júnior Fernández; Nino Paraíba, Luiz Gustavo, Kadu e Juan; Neto Coruja (Adriano), Richarlyson, Cáceres, Escudero (Edno) e Marcinho; Dinei (Beltrán). Técnico: Ney Franco.

Internacional (0): Dida; Gilberto, Paulão, Ernando e Fabrício; Ygor (Valdívia, aos 23min do 2º tempo), Wellington, D’Alessandro, Eduardo Sasha (Leandro, aos 23min do 2º tempo) e Jorge Henrique (Alan Patrick, aos 26min do 2º tempo); Wellington Paulista. Técnico: Abel Braga.

Gols: Richarlyson, aos 7min do primeiro tempo, e Marcinho, aos 10min do segundo tempo.

Cartões amarelos: Júnior Fernández (V); Fabrício (I).

Arbitragem: Pericles Bassols Pegado Cortez, auxiliado por Rodrigo Pereira Joia e Rodrigo F Henrique Correa (trio do RJ).

Local: Barradão, Salvador.


Outras notícias
Loja Virtual