12/08/2014

Fabrício é trunfo ofensivo por classificação na Copa do Brasil

De forma otimista em relação à sequência do Inter na Copa do Brasil, Fabrício desembarca em Fortaleza nesta terça-feira. É na capital cearense, a partir das 22h desta quarta-feira, que o Colorado busca reverter a vantagem do Ceará para conquistar passagem às oitavas de final do torneio. Após o revés por 2 a 1 em casa, a vaga na próxima fase depende de uma vitória por um (a partir de 3 a 2) ou dois gols de diferença. Mesmo ciente das dificuldades, o lateral-esquerdo acredita na classificação e baseia sua confiança no atual momento do time gaúcho.

"Tropeçamos no jogo de ida, é verdade, mas nosso momento é muito positivo. Engatamos quatro vitórias seguidas no Brasileirão, por exemplo, e podemos levar isso também para a Copa do Brasil. Assim como eles ganharam da gente no Beira-Rio, é possível vencermos no Castelão. Independetemente de quem jogar, temos grupo para buscar essa vaga e seguir na competição", destaca.

Fabrício é um dos mais credenciados a auxiliar a equipe vermelha na tarefa obrigatória de marcar gols fora de seus domínios. Os números comprovam a efetividade ofensiva do camisa 6 na atual temporada: são sete gols e sete assistências em 28 partidas oficiais disputadas. No último domingo, passou novamente por ele uma vitória em Gre-Nal. Seu cruzamento preciso deu origem ao gol de cabeça marcado pelo chileno Aránguiz, o primeiro dos 2 a 0 sobre o rival Grêmio. Antes, ele fora o responsável por balançar a rede no primeiro clássico do ano, em fevereiro, e pela assistência para Rafael Moura decretar a virada vermelha na Arena na decisão do Estadual. Já em 2012, também contra os gremistas, foi de Fabrício o gol que deu ao Inter o título do 2° turno do Gauchão.

"Quem vive ou já viveu o futebol aqui sabe da importância do Gre-Nal. E claro que é bom ficar marcado por ajudar o time a vencer. Em 2014, fiz um gol e dei passe para dois, em momentos decisivos, e participar dessa maneira me deixa feliz pra caramba. Essa regularidade é o que sempre buscamos. Ganhar o clássico tem um peso diferente, mas agora a gente já precisa mudar o foco. Como falei antes, é pensar só no Ceará e no que podemos fazer em campo para mudar o quadro na Copa do Brasil" completa.

Aos 27 anos, Fabrício cumpre sua quarta temporada no Inter - titular em todos os jogos do Brasileirão e da Copa do Brasil até o momento. Desde o início de 2011, quando chegou ao clube gaúcho contratado junto à Portuguesa, defendeu a camisa vermelha em 148 oportunidades, marcando 13 vezes. É seu o primeiro gol do Novo Beira-Rio, anotado diante do Caxias na reabertura do estádio.

TXT Assessoria em Comunicação


Outras notícias
Loja Virtual