10/08/2014

Inter mantém escrita, vence Gre-Nal e é vice-líder

Aránguiz abriu o caminho de mais uma vitória colorada no clássico

O Internacional venceu o Grêmio por 2 a 0 na tarde deste domingo, no Beira-Rio, em jogo válido pela 14ª rodada do Brasileirão, com gols de Aránguiz e Cláudio Winck no segundo tempo. O resultado manteve uma escrita que já dura dois anos: a invencibilidade colorada nos últimos nove clássicos. Nesta temporada, são três vitórias e um empate.

> Veja fotos da vitória

> Novo Gigante rugiu

> Assista aos melhores momentos

A quarta vitória seguida no campeonato colocou o time de Abel Braga na vice-liderança, com 28 pontos, a dois de distância do líder Cruzeiro. O próximo desafio é pela Copa do Brasil diante do Ceará, quarta-feira (13/8), em Fortaleza, pelo jogo de volta da terceira fase. Pelo Campeonato Brasileiro, o Inter volta a jogar no sábado (16/8) contra o Goiás, no Serra Dourada.

Time com novidades

Revelada momentos antes do jogo, a escalação colorada teve novidades. O volante Aránguiz retomou a titularidade na vaga de Alan Patrick, com Willians, Wellington, Alex e D'Alessandro completando o meio-campo. Na zaga, Ernando foi o substituto de Paulão, que cumpriu suspensão.

Primeiro tempo duro

Apesar da forte chuva que caiu sobre Porto Alegre antes do clássico, o gramado do Beira-Rio permaneceu impecável. Assim que o árbitro autorizou o início da partida, o sol apareceu, assim como o primeiro lance ríspido em campo. Logo a 1min, Rodriguinho cometeu uma falta desleal sobre Willians e recebeu o cartão amarelo. O Grêmio seguiu cometendo faltas em rodízio, uma delas aos 6min, sobre Aránguiz, rente à linha de fundo. D'Alessandro
tentou surpreender o goleiro Marcelo Grohe na cobrança com um chute direto, mas a bola passou por cima do travessão.

Primeiro tempo do quarto Gre-Nal do ano  foi bastante truncado

A intensa marcação apresentada por ambos os times reduzia os espaços e tornava as finalizações muito raras. Aos 18min, Pará chutou de longe e Dida espalmou para escanteio. Aos 28min, Alex disparou pela ponta-esquerda e chutou cruzado, sem força, para defesa tranquila de Grohe. Aos 37min, Dudu recebeu a bola livre no interior da área colorada, mas concluiu longe do gol.

Gol Iluminado de Aránguiz

No intervalo, o Grêmio colocou Fernandinho no lugar de Rodriguinho e o Inter teve Cláudio Winck na vaga de Wellington Silva, que sentiu uma lesão.

Aos 17min, Alex fez boa jogada individual e tocou para Fabrício. O lateral foi à linha de fundo e cruzou com perfeição para Aránguiz - na mesma goleira que seu compatriota Figueroa marcou o 'Gol Iluminado' em 1975, o camisa 20 saltou com desenvoltura para cabecear para o fundo do gol. Foi o sétimo gol do chileno com a camisa colorada e o terceiro no Brasileirão. O Gigante explodiu de alegria!!

> Clique aqui e assista ao gol

Winck amplia

O rival tentou chegar em lances de bola parada, mas não obteve sucesso. A defesa colorada esteve sempre bem posicionada com Juan e Ernando e chegou ao quarto jogo sem sofrer gol. Já o Inter foi letal aos 38min, quando D'Alessandro arrancou pela direita e fez lançamento para Cláudio Winck. Com categoria de sobra, o jogador formado na base colorada invadiu a área, se livrou de zagueiro e chutou no cantinho direito para fazer 2 a 0! Na comemoração, Winck foi ao encontro da torcida, que depois gritou "Fica, Felipão!!" e "Fernandão, Fernandão!", lembrando do eterno capitão.

Aránguiz (E) e Cláudio Winck marcaram os gols no clássico 402

Aos 40min, Wellington Paulista, que havia entrado no lugar de Rafael Moura, arriscou da internediária e quase marcou um gol de placa. O terceiro gol quase saiu aos 48min, em cobrança de falta de D'Alessandro que passou muito perto do gol gremista.

Ao final da partida, o grupo colorado reuniu-se no centro do campo e saudou os torcedores. Mais uma vitória em Gre-Nal era celebrada no Beira-Rio!

"Marcamos forte. A torcida ajudou. Fizemos um grande jogo", disse Cláudio Winck.

"No segundo tempo a equipe venceu porque já tem um coletivo melhor", avaliou Abel Braga.

"Nosso grupo é muito comprometido com as metas. No começo da temporada nós falamos que tínhamos uma pretensão de título em competição de nível nacional. Estamos no caminho certo", destaca o vice-presidente de futebol Marcelo Medeiros.

Ficha técnica:

Internacional (2): Dida; Wellington Silva (Cláudio Winck, no intervalo), Ernando, Juan e Fabrício; Willians (Ygor, aos 42min do 2º tempo), Wellington, Aránguiz, D'Alessandro e Alex; Rafael Moura (Wellington Paulista, aos 36min do 2º tempo). Técnico: Abel
Braga.

Grêmio (0): Marcelo Grohe; Ramiro, Rhodolfo, Werley e Pará; Walace, Fellipe Bastos, Rodriguinho (Fernandinho), Giuliano (Alan Ruiz) e Dudu (Luan); Barcos. Técnico: Felipão.

Gols: Aránguiz (I), aos 17min do segundo tempo, Cláudio Winck (I), aos 38min do segundo tempo.

Cartões amarelos: Rodriguinho, Marcelo Grohe, Fellipe Bastos, Ramiro, Pará (G); Alex, Wellington Paulista e Cláudio Winck (I).

Renda: R$ 1,572,200,00; Público: 37.222 (32,643 pagantes);

Arbitragem: Anderson Daronco, auxiliado por Marcelo Bertanha Barison e Rafael da Silva Alves.

Local: Beira-Rio.


Outras notícias
Loja Virtual