02/10/2005

EMPATE EM 2 A 2 COM O FLUMINENSE


Inter, de Tinga, lutou muito em campo

Em um jogo muito disputado, o Internacional empatou em 2 a 2 com o Fluminense na tarde deste domingo no Beira-Rio, em partida válida pela 29ª rodada do Brasileirão. Rentería marcou o primeiro gol do Inter na etapa inicial. No segundo tempo, Tiuí e Gabriel viraram para os cariocas. Aos 41min, Jorge Wagner empatou em uma linda cobrança de falta para o delírio de mais de 45 mil colorados que lotaram o estádio e fizeram um belo espetáculo.

O jogo

O Inter entrou em campo indignado com a decisão do STJD que anulou os 11 jogos apitados por Edílson Pereira de Carvalho, acusado de manipular resultados no Brasileirão. Com isso, o Corinthians obteve no tapetão o que o Inter havia conseguido no campo: a liderança do Brasileirão. Apesar desta decisão, o time colorado entrou em busca da justiça dentro de campo.


45 mil torcedores incentivaram o Inter no Beira-Rio

A equipe de Muricy Ramalho começou pressionando o Fluminense. Logo aos 30 segundos, Sobis roubou a bola da zaga carioca, tabelou com Rentería e conseguiu um escanteio. Um minuto depois, Rentería avançou pela esquerda e tocou para Fernandão chutar de fora da área por cima.

A equipe marcava sob pressão e dificultava a saída de bola do Flu. Aos 10min40seg, Tinga passou para Rentería na área, que chutou fraco para a defesa de Kleber. Aos 13min, os cariocas responderam com uma bela jogada de Petkovic, que lançou para Tuta na área. O centroavante driblou Clemer e cruzou para Ediglê salvar na pequena área. Um minuto depois, foi a vez de Arouca arriscar de fora da área ao lado do gol colorado.


Fernandão retornou ao time

Na medida em que o jogo avançava, as duas equipes aumentaram a marcação, diminuindo as chances de gol. Aos 22min, Leandro deixou o gramado lesionado para a entrada de Rodrigo Tiuí. Dois minutos e meio depois, Juan arriscou de fora da área com muito efeito e a bola passou ao lado do gol com muito perigo.

Aos 33min20seg, Jorge Wagner cobrou falta para a área, a bola passou por todos e saiu ao lado da goleira. Um minuto mais tarde, Felipe concluiu de fora da área para defesa de Clemer.

Nos últimos 10 minutos, o Inter passou a criar mais chances em busca do primeiro gol. Aos 36min40seg, Jorge Wagner cobrou escanteio, a bola sobrou para Rentería, que chutou na defesa do Fluminense. Aos 38, Gavilán deu ótimo lançamento para Granja. O ala cruzou da direita até Fernandão, que cabeceou para Rafael Sobis chutar rasteiro e Radamés salvou na pequena área, quando a bola iria entrar no gol.


Sobis parte para cima da marcação

Aos 40min, Granja cruzou e Fernandão cabeceou ao lado do gol. O Fluminense respondeu com Tuta chutar de fora da área para defesa de Clemer.  Dois minutos depois foi a vez de Petkovic arriscar de fora da área por cima.

De tanto pressionar, o Inter marcou primeiro aos 43min20seg. Edinho lançou, a zaga não conseguiu cortar e a bola sobrou para Rentería matar a bola e chutar forte bem no cantinho: 1 a 0. Foi o primeiro gol do atacante com a camisa do Inter. Na comemoração, o colombiano fez uma dança bem típica dos colombianos. Enquanto isso, nas arquibancadas, o torcedor cantou: Uh, Rentería! Uh, Rentería!


Rentería prepara o chute...


e marca seu primeiro gol com a camiseta colorada

No intervalo, o técnico Muricy Ramalho retirou Bolívar e colocou Vinícius.

O Fluminense se lançou ao ataque no começo do segundo tempo, concedendo espaços para o contra-ataque do Inter. O time colorado mostrava garra e raça com todos os jogadores marcando e correndo. Apesar disso, o time carioca chegou ao empate aos 12min30seg, quando Petkovic cobrou uma falta da direita para Rodrigo Tiuí completar de carrinho: 1 a 1.

O Inter não sentiu o gol e seguiu em busca da vitória. No intervalo de quatro minutos, o time colorado conseguiu quatro chances de gol. Aos 16min25seg, Tinga lançou para Rentería chutar forte ao lado da goleira. Um minuto mais tarde, Fernandão chutou de fora da área por cima. Aos 18min15seg, Rafael Sobis cruzou da direita e Fernandão cabeceou ao lado da goleira. Aos 20min20seg, Sobis passou de cabeça para Rentería chutar de pé esquerdo por cima.


Gavilán teve excelente atuação

A equipe carioca respondeu aos 21min30seg, quando Petkovic arriscou de fora da área, e a bola passou muito perto do ângulo do goleiro Clemer. Aos 24min30seg, Tinga deu bom lançamento para Sobis na área, que chutou no corpo de Kleber. No rebote, Sobis tentou cruzar e Kleber salvou novamente. O goleiro do Fluminense, por sinal, foi decisivo para impedir a vitória do Inter com grandes defesas.

Aos 30min15seg, Rafael Sobis entrou na área e rolou para Fernandão chutar no corpo de um zagueiro. Aos 32min, saiu Radamés e entrou Marcos Aurélio. Trinta segundos depois, Juan cruzou da esquerda e Gabriel completou de primeira: 2 a 1.

A virada não arrefeceu o ânimo do time em campo. Aos 34min, Ediglê foi substituído por Márcio Mossoró, que entrou dando mais velocidade ao time. Aos 35min20seg, Mossoró tocou para Sobis chutar e Kleber fazer boa defesa para escanteio. Aos 37min, Fernandão sofreu falta na entrada da área. Os jogadores adversários começaram a ganhar tempo avançando a barreira e tentando enervar Jorge Wagner, o cobrador da falta. A partida ficou paralisada por cerca de quatro minutos. Na cobrança, porém, Jorge Wagner foi perfeito, chutou no ângulo e marcou um golaço: 2 a 2. Foi o 17° gol do ala colorado, vice-goleador da equipe na temporada. Foi também o sétimo gol de falta de Jorge Wagner.


Cobrança perfeita de Jorge Wagner acerta o ângulo do goleiro Kleber: 2 a 2

Nos últimos cinco minutos, o Inter pressionou e ainda criou duas chances para a virada. Aos 45min15seg, Mossoró entrou a dribles na área e chutou por cima com muito perigo. Aos 47min, Tinga cruzou e Kleber salvou em grande saída do gol. Foi a última oportunidade do confronto. Com o resultado, o Inter foi para 49 pontos em terceiro lugar e com um jogo a menos do que o Goiás, o segundo lugar com 50 pontos, e quatro pontos a menos do que o Corinthians, que tem 53. 

?Se olharmos a tabela, o empate em casa não foi um bom resultado. Se olharmos a partida, o 2 a 2 foi um resultado mais ou menos justo. Quanto aos jogos anulados neste domingo pela manhã, nós vamos recorrer porque o Corinthians foi o grande beneficiado com esta decisão?, analisou o vice-presidente de futebol, Vitório Piffero.

?Foi um grande jogo com os dois times procurando o ataque o tempo todo. Foi um placar justo, apesar de o Inter  ter conseguido as melhores chances. Quanto à decisão do STJD, nós dormimos em primeiro lugar e acordamos em terceiro lugar, graças ao tapetão. Não respeitaram os profissionais de futebol. Não tinha porque fazer isso antes do jogo. Na concentração, os jogadores só falavam nisso. Isso poderia ter sido anunciado depois do jogo. Nos tiraram uma liderança que nós conquistamos dentro de campo?, afirmou o técnico Muricy Ramalho.

Internacional (2): Clemer; Bolívar (Vinícius), Edinho e Ediglê (Mossoró); Granja, Gavilán (Wellington), Tinga, Fernandão e Jorge Wagner; Rentería e Rafael Sobis. Técnico: Muricy Ramalho.

Fluminense (2): Kleber; Gabriel, Gabriel Santos, Igor e Juan Arouca, Radamés (Marcos Aurélio), Petkovic e Felipe (Juninho); Leandro (Rodrigo Tiuí) e Tuta. Técnico: Abel Braga.

Gols: Rentería (I), aos 43min20seg do primeiro tempo, Rodrigo Tiuí (F), aos 12min30seg do segundo tempo, Gabriel (I), aos 32min30seg do segundo tempo, Jorge Wagner (I), aos 41min do segundo tempo. Cartões amarelos: Juan, Gabriel Santos, Rodrigo Tiuí, Marcos Aurélio, Petkovic (F), Bolívar, Vinícius (I). Renda: R$ 180.000,00. Público: 45.205 (40.000 pagantes). Arbitragem: Heber Roberto Lopes (Fifa-PR), auxiliado por Roberto Braatz (Fifa-PR) e Rogério Carlos Rolim (PR). Local: Estádio Beira-Rio.

Fotos: Daniel Boucinha


Outras notícias
Loja Virtual