22/03/2014

Inter vence Cruzeiro-POA e está na semifinal do Gauchão

Com dois gols e uma assistência, Aránguiz foi o destaque da classificação à semifinal

O Internacional venceu o Cruzeiro-POA por 3 a 1 na tarde deste sábado, no Estádio do Vale, em jogo válido pelas quartas de final do Gauchão. Aránguiz (2) e Wellington Paulista marcaram para o Colorado, enquanto Matheus descontou para a equipe cruzeirista.

Na luta pelo tetracampeonato estadual, o Inter enfrentará o Caxias na semifinal, que será disputada nesta quarta-feira (26/3), às 22h, em jogo único e com mando de campo colorado, novamente em Novo Hamburgo.

> Veja fotos de Inter 3x1 Cruzeiro-POA

Desfalque de última hora

O atacante Rafael Moura sentiu dores no joelho e foi vetado pelo departamento médico. Com isso, Wellington Paulista ganhou uma chance entre os titulares. D'Alessandro, recuperado de lesão, retornou ao time.

Dida salva no começo

O duelo das quartas de final começou movimentado em Novo Hamburgo. Os dois times tentavam encaixar jogadas velozes para chegar ao ataque. Aos 5min, Reinaldo recebeu bom passe no interior da área colorada e chutou cruzado, rasteiro, buscando o canto direito de Dida, que evitou o gol espalmando a bola para escanteio. Aos 9min, Jorge Henrique encontrou espaço e arriscou de longe, mas a bola saiu à esquerda.

Pressão colorada

Na bola parada, o Inter teve boa chance aos 15min, quando D'Alessandro cobrou falta e a bola raspou a trave esquerda. Como elemento surpresa, o zagueiro Paulão se esticou todo na pequena área e por pouco não conseguiu o desvio para gol. A bola aérea rondou a defesa cruzeirista aos 18min, em sucessivos cruzamentos buscando o atacante Wellington Paulista. Bem postada, a zaga conseguiu afastar o perigo.

O time de Abel Braga apresentava bom volume ofensivo e estava perto de abrir o placar. O Cruzeiro, por sua vez, tentava ameaçar nos contra-ataques. Aos 22min, D'Alessandro chutou de primeira de dentro da área e a bola explodiu no braço de Jeanderson. A arbitragem mandou o lance seguir, sem marcar pênalti. Aos 29min, Jorge Henrique cruzou fechado e quase surpreendeu o goleiro Fábio, que acabou ficando com a bola.

Aránguiz marca belo gol

Aos 32min, a insistência colorada furou o bloqueio do Cruzeiro. D'Alessandro tocou para Aránguiz na meia-lua e o volante chileno disparou um preciso chute que encobriu o goleiro. O detalhe é que a bola ainda bateu no travessão antes de se configurar no terceiro gol de Aránguiz em sete jogos com a camisa do Clube do Povo. 

Aránguiz (D) comemora o primeiro gol no Estádio do Vale

O Inter ainda teve duas boas chances de ampliar no primeiro tempo. Aos 41min, Alex aplicou belo drible no marcador e chutou desviado para escanteio. Na sequência, D'Alessandro, de perna direita, emendeu de fora da área e a bola passou rente à trave esquerda.

Colorado amplia na etapa final

O Colorado manteve o ritmo no segundo tempo e seguiu criando as melhores oportunidades na frente. Aos 7min, Wellington Paulista cabeceou de dentro da pequena área e a bola bateu na zaga antes de sair pela linha de fundo. Aos 17min, Alex soltou uma pancada de longa distância e Fábio fez grade defesa.

Aos 22min, Fabrício recebeu passe de Aránguiz, invadiu a área pela esquerda e chutou cruzado para a defesa parcial de Fábio. Porém, no rebote, o próprio Aránguiz apareceu livre para finalizar com o pé direito. 2 a 0. Foi o quarto gol do chileno na temporada.

Aos 31min, Wellington Paulista teve chance de marcar o terceiro: o atacante matou no peito no interior da área, mas o chute ganhou muita elevação. Aos 35min, Alex e D'Alessandro deixaram a partida para as entradas de Ygor e Eduardo Sasha, respectivamente.

Wellington Paulista está chutando para marcar o terceiro gol

Cruzeiro tenta reagir, mas Inter faz 3 a 1

Em rápido contra-ataque, aos 39min, o Cruzeiro descontou com gol marcado por Matheus. O Inter manteve a tranquilidade e não deu espaço para a reação adversária. Pelo contrário, chegou ao terceiro gol com Wellington Paulista, aos 45min. O chute de fora da área entrou no ângulo esquerdo. Um golaço, o quinto do atacante no campeonato! Na comemoração, ele 'homenageou' o companheiro de posição Rafael Moura. A vaga na semifinal estava garantida!

"Ficamos felizes por passar. Agora a dificuldade vai aumentando. Vamos seguir trabalhando forte", disse Alex.

"Foi uma vitória justa. Tivemos dificuldades nos passes no começo, mas depois fomos superiores", avaliou o técnico Abel Braga.

Ficha técnica:

Internacional (3): Dida; Gilberto, Paulão, Juan e Fabrício; Willians, Alex (Ygor, aos 35min do 2º tempo), Aránguiz, D'Alessandro (Eduardo Sasha, aos 35min do 2º tempo) e Jorge Henrique (Alan Patrick, aos 21min do 2º tempo); Wellington Paulista. Técnico: Abel Braga.

Cruzeiro-POA (1): Fábio; Klaydir, Carlão, Léo e Jeanderson; Cláudio, Reinaldo, Vanderson (Henrique) e Júlio Abu (Paulinho); Leandro Rodrigues e Márcio Bambu (Matheus). Técnico: Luiz Antonio Zaluar.

Gols: Aránguiz (I), aos 32 minutos do primeiro tempo, Aránguiz (I), aos 22 minutos do segundo tempo, Matheus (C), aos 38 minutos do segundo tempo, Wellington Paulista (I), aos 45 minutos do segundo tempo.

Cartão amarelo: Carlão (C).

Público: 3.472 (2.809 pagantes). Renda: R$ 89.070,00.

Arbitragem: Leandro Vuaden, auxiliado por João Lúcio Monteiro e Marcelo Oliveira e Silva.

Local: Estádio do Vale, Novo Hamburgo.


Outras notícias
Loja Virtual