13/01/2014

Inter e FIFA trabalham em parceria de sucesso no Estádio Beira-Rio

No final do mês de outubro, eles receberam a importante missão de encabeçar as principais operações que envolvem os preparativos do estádio Beira-Rio para receber cinco jogos da Copa do Mundo de 2014.

Escolhidos pela FIFA como representantes da sede gaúcha, Paulo André Jukoski da Silva, o Paulão, e Luciano Elias atuam dentro do Estádio Beira-Rio, em um escritório, desde o início do mês de dezembro do ano passado. Antes de se alocarem no Gigante, o trabalho era feito de casa – no chamado “home Office”.

Paulão, 50 anos, ex-jogador e técnico de voleibol, é o Venue Manager da FIFA em Porto Alegre. No Estádio Beira-Rio, exerce o cargo de Gerente de Sede. Responsável por acompanhar tudo o que diz respeito à parte administrativa, jurídica e de execuções, Paulão também é quem estabelece o contato direto com os órgãos do poder público envolvidos na realização do Mundial: o CGCopa (Comitê Gestor), a SECOPA (Secretária Extraordinária), o COL (Comitê Organizador Local) e demais autoridades.

“Particularmente, eu fiquei muito surpreso! Eu participei de cinco Olímpiadas, três como jogador, e duas na organização, então acredito que essa experiência em grandes eventos tenha contado para que o meu nome fosse o escolhido. Está sendo uma experiência espetacular! Estou adorando, gostando demais”, afirmou Paulão.

Luciano Elias, ex-diretor de competições do departamento profissional e de base da Federação Gaúcha de Futebol, é o Stadium Manager da FIFA. Aos 41 anos, ele foi o escolhido para trabalhar em parceria com Paulão, como gerente de operações do Estádio Beira-Rio. Luciano é o responsável por operacionalizar diversas tarefas dentro do Gigante, desde supervisionar o gramado, a pintura, as goleiras, sistema de áudio e vídeo, instalação de câmeras, controlar o acesso, o credenciamento de imprensa, fiscalizar os estandes de patrocinadores do evento Copa, entre outras tantas atividades em todo o estádio – trabalhando sempre baseado no Padrão FIFA de atendimento e estrutura.

“Trabalhar aqui está sendo maravilhoso! É uma outra área, mas que tem muita coisa parecida com o que eu já tinha visto na Federação Gaúcha. Em alguns momentos até assusta a gente o tamanho da operação, a magnitude, a dimensão de tudo, mas é um ótimo desafio. Estou muito contente, muito satisfeito”, afirmou Luciano.

O trabalho exercido por Luciano e Paulão é intenso e requer muita dedicação. Além disso, eles recebem orientações e capacitações mensais em diferentes cidades do Brasil, bem como materiais de apoio. A ideia é que a troca de experiências com outros gerentes de sede e de operações facilite e contribua ao trabalho de cada um. Hoje, o escritório da FIFA fica no Centro de Eventos do Estádio Beira-Rio e conta, além deles, com mais duas pessoas: Daniel Schwark Silveira, coordenador de marketing, e Giuliano Marinsek, coordenador de transporte. Até março, a equipe deve passar a ter uma média de trinta pessoas. Dentro do Clube, Paulão e Luciano ainda contam com uma relação de contato, troca de informações e reuniões frequentes com membros do setor de administração e patrimônio do Inter, como José Amarante, vice-presidente de administração, Régis Shiba, diretor de administração, e a Carla Ritter, gerente de TI.

“O nosso trabalho é compartilhado. O Luciano está bem dentro da obra, por dentro dos detalhes, enquanto eu fico com a parte mais ampla. Entre nós existe uma relação muito próxima, até mesmo quando o assunto não tem a necessidade de ser discutido pelos dois, nós sentamos e conversamos”, explicou Paulão.

O período exclusivo de trabalho da FIFA em Porto Alegre inicia no dia 22/5, quando a entidade máxima do futebol assume em definitivo as operações do estádio, e vai até o dia 7/7. Ao todo, serão 47 dias em que a equipe da FIFA terá acesso exclusivo ao Estádio Beira-Rio.


Outras notícias
Loja Virtual