06/12/2013

Minuto de silêncio homenageará dois ícones: Jango e Mandela

O minuto de silêncio da partida Internacional x Ponte Preta, neste domingo (8/12), no Centenário, será em homenagem a duas figuras emblemáticas da política mundial: o ex-presidente do Brasil João Goulart e ex-presidente da África do Sul Nelson Mandela.

O nome do político brasileiro voltou recentemente ao noticiário por conta da exumação dos seus restos mortais, visando esclarecer os fatos que cercam a sua morte. Os restos mortais de Jango retornaram a São Borja, sua terra natal, nesta sexta-feira com honras concedidas a chefes do Estado. 

O ex-presidente teve íntima ligação com o Inter, sendo inclusive atleta das categorias de base do Clube. Quando faleceu, em 6 de dezembro de 1976, o Colorado – que seria bicampeão brasileiro seis dias depois – pleiteou que fosse registrado um minuto de silêncio em sua memória antes de uma partida. No entanto, o regime totalitário que assolava o País não permitiu que a homenagem fosse realizada. Agora, 37 anos depois, a justa lembrança será celebrada em Caxias do Sul.

Já o líder africano faleceu nesta quinta-feira (05/12), aos 95 anos, em sua residência, em Johannesburgo, após lutar durante meses contra uma infecção pulmonar. Mandela foi um advogado, líder rebelde e presidente da África do Sul de 1994 a 1999, considerado como o mais importante líder da África Negra e ganhador do Prêmio Nobel da Paz de 1993.

Maior símbolo de combate ao regime de segregação racial conhecido como apartheid, que foi oficializado em 1948 na África do Sul e negava aos negros (maioria da população), mestiços e asiáticos (uma expressiva colônia de imigrantes) direitos políticos, sociais e econômicos. Durante a luta, em 1960, acabou condenado à prisão perpétua, da qual foi libertado em 1990. O Clube do Povo do RS irá prestar homenagem a um dos nomes mais importantes na luta contra a segregação racial.


Outras notícias
Loja Virtual