15/09/2013

Inter supera Criciúma e encosta no G-4

Internacional venceu o Criciúma por 1 a 0, no estádio Heriberto Hulse

O Inter conseguiu uma importante vitória fora de casa neste domingo (15/09). A equipe colorada superou o Criciúma dentro do estádio Heriberto Hulse pelo placar de 1 a 0. A partida foi válida pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro e, com a vitória, o Colorado chegou aos 34 pontos, a um do Atlético-PR, último integrante do G-4.

>Clique aqui e confira as fotos da partida!

Mudanças na equipe

Dunga resolveu promover algumas modificações no time. Além da volta da dupla de zaga formada por Índio e Juan, o sistema defensivo ganhou a presença de Aírton à frente dos zagueiros. Josimar e Alex também voltaram ao time, formando o meio campo junto com D’Alessandro e Otávio. Aliás, a presença de Alex, dividindo a armação do time junto com D’Ale, foi um dos trunfos colorados na vitória em Santa Catarina.

Clima esquenta no início

O jogo começou quente, com divididas ríspidas e discussões entre os jogadores. Nesse clima, o Inter chegou à frente pela primeira vez e quase abriu o placar. Aos 7min, Damião fez boa jogada pela esquerda e cruzou para Josimar, que chegava de trás. O volante tentou o cabeceio mas a bola ficou nas mãos do goleiro Helton Leite.

A jogada acendeu o Colorado ainda mais. Aos 12 minutos, D’Alessandro inverteu a bola com a genialidade que Deus lhe deu. Ela encontrou Gabriel, pela direita. O lateral tabelou com Otávio, que aparecia em velocidade invadindo a área catarinense. O garoto arriscou o chute, mas a bola saiu ao lado. Uma jogada bem trabalhada que quase culminou em gol.

Inter domina, Criciúma responde

Pouco depois, o Criciúma deu o troco. Em falta cobrada pela esquerda, o zagueiro Leonardo desviou e quase enganou Muriel, que demonstrou reflexo ao tocar para escanteio. Aos 18, Alex cobrou falta pela direita, Juan subiu mais alto que a zaga catarinense e cabeceou com perigo, porém, ao lado da meta.


Inter, de Josimar (D), se impôs em busca do resultado

O jogo era bom e o Criciúma tentou responder com Sueliton, que avançou pela direita e chutou cruzado, mas sem direção. Aos 27, Otávio recebeu de Kleber e chutou forte em cima do goleiro, ficando com o escanteio. Dois minutos depois, Josimar arriscou de longe, mas a bola passou ao lado do gol. Aos 35, Sueliton cruzou para Lins cabecear no canto, mas Muriel segurou firme, fazendo boa defesa. O primeiro tempo terminou empatado em 0 a 0, mas o domínio foi do Inter, que teve as melhores chances para abrir o placar.

Otávio troca de lado e gol aparece

Ambas os treinadores optaram por não mexer nas equipes para o segundo tempo, voltando idênticas para o gramado. Exceto pelo posicionamento de Otávio, que, ao invés de ocupar o lado direito, passou a circular pela esquerda. Uma pequena mudança que surtiu efeitos imediatos.

Em jogada bonita e bem tramada, D’Alessandro recebeu pelo flanco esquerdo e, na linha de fundo, cruzou para Otávio, que aparecia de trás. O camisa 33 do Inter concluiu de carrinho e a bola foi parar no ângulo: 1 a 0 Colorado! Um gol merecido de um Inter organizado e envolvente.

Camisa 33 do Inter concluiu de carrinho e abriu o marcador

Pouco depois, a equipe gaúcha quase ampliou. Aos 9min, Kleber achou belo passe para Alex, mas, com pouco ângulo, o meia chutou nas redes pelo lado de fora. Pouco depois, Daniel Carvalho, jogador revelado no Celeiro de Ases, cobrou falta com perigo por cima da meta de Muriel.

Colorado matreiro

Com o resultado a seu favor, o Inter passou a valorizar o placar, mas sem deixar de jogar. Tanto que, aos 22min, D’Alessandro chegou muito perto de fazer o segundo. O maestro recebeu na entrada da área e chutou firme, mas a bola explodiu na trave. Quase!

O Criciúma tentava sair para o jogo, mas sem efeito. As melhores chances continuavam sendo coloradas. Aos 31, Kleber voltou a demonstrar qualidade ao cruzar na medida para Damião, que cabeceou firme, mas a bola passou caprichosamente ao lado da trave. Aos 35, Lins tentou responder em chute de fora da área, porém, fora da meta de Muriel.

Foi a vez dos defensores colorados tentarem surpreender. Em sequência, Juan e Índio tentaram ampliar de cabeça, mas em ambas as tentativas a bola não entrou. Aos 38, Willians, que havia entrado no lugar de D’Alessandro, fez jogada de “ponteiro”, driblando em velocidade pela esquerda e adentrando a grande área. O chute saiu forte e Helton Leite foi obrigado a espalmar para escanteio. O Inter jogou com inteligência até o fim, garantindo os três pontos e encostando no G-4.

Ficha técnica:

Criciúma (0): Helton Leite; Sueliton, Matheus Ferraz, Leonardo e Gilson; Bruno Renan, Leandro Brasília (Henik) e Morais (Daniel Carvalho); Lins, Marcel (Wellington Paulista) e Fabinho.

Internacional (1): Muriel; Gabriel, Índio, Juan e Kleber; Airton, Josimar, Alex, D’Alessandro (Willians) e Otávio (Scocco); Leandro Damião (Alan Patrick).

Gol: Otávio, aos 5 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos: Gilson (C), Bruno Renan (C), Wellington Paulista (C), Juan (I), Kleber (I), Otávio (I) e Alex (I).

Arbitragem: Felipe Gomes da Silva (PR), auxiliado por Carlos Augusto Nogueira Junior (SP) e Moises Aparecido de Souza (PR)

Local: estádio Heriberto Hulse, em Criciúma-SC.


Outras notícias
Loja Virtual