12/09/2013

Inter empata em 2 a 2 com o Vitória

Inter, de Leandro Damião, empatou com os baianos em Novo Hamburgo

O Internacional empatou em 2 a 2 com o Vitória na noite desta quinta-feira, no Estádio do Vale, em jogo válido pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os dois gols colorados foram marcados pelo meia D'Alessandro. Luíz Cáceres, também duas vezes, balançou as redes para a equipe visitante. Com o resultado, o time de Dunga encerrou a rodada na quinta posição da tabela, com 31 pontos.

Agora, o Inter concentra as suas forças para a próximo duelo pelo Brasileirão. No próximo domingo, às 16h, o Colorado vai até Santa Catarina enfrentar o Criciúma, no Estádio Heriberto Hulse.

> Veja fotos de Inter 2x2 Vitória

Maratona desgastante

Na noite desta quarta-feira, o Inter entrou em campo no Estádio do Vale para realizar a sua segunda partida em três dias. O treinador colorado não contava com Fabrício e Diego Forlán. Após cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo, Gabriel reassumiu a lateral direita. Preservado contra o Santos, o zagueiro Índio voltou a formar dupla de zaga com Juan. Sem Fabrício, Kleber retomou a posição. No gol, Muriel começou no banco, mas acabou entrando em campo depois que Alisson, com dores, foi substituído.

Vitória abre o placar

O confronto começou muito disputado, com ambos os times criando jogadas em cima dos erros do adversário. Aos 2min, Damião foi acionado por Scocco e só não marcou porque Wilson saiu bem do gol. Aos 8min, porém, Luís Cáceres recebeu na área do Inter e tocou por cobertura para abrir o placar para o Vitória. O gol acelerou ainda mais o ritmo da partida. Sem se deixar abater com o placar desfavorável, o Colorado criou chances de igualar o marcador.

Aos 10min, Damião avançou com rapidez pelo campo do Vitória, tentou passar por três marcadores, mas acabou sendo desarmado. Na sequência, aos 13min, Scocco passou por dois defensores e bateu em gol, mas a bola parou no goleiro Wilson, bem posicionado. Aos 18min, Cajá fez boa jogada e concluiu para a defesa de Alisson. Aos 23min, foi a vez de Otávio assustar. Ele recebeu a bola na ponta esquerda, cortou o zagueiro e bateu rasteiro, mas o goleiro adversário defendeu mais uma vez. A pressão colorada surtiu resultado positivo em um intervalo de três minutos.

D'Ale marca dois em sequência

Aos 26min, Scocco sofreu falta na entrada da área. D'Alessandro cobrou, tirou da barreira, jogou no contrapé do goleiro e empatou o jogo. A torcida colorada ainda comemorava o gol do meia quando o Inter virou a partida.

D'Ale é o artilheiro do Inter no Brasileirão, com oito gols

Na marca dos 28min, mais uma vez o argentino fez com que se ouvisse o grito de gol das arquibancadas. O lateral Gabriel começou a jogada pela direita e passou para Damião, que viu o goleiro saindo em sua direção. Foi então que o atacante passou para D'Ale que, com inteligência, dominou, girou e escolheu o canto direito para balançar as redes. 2 a 1! Foi o quinto gol do argentino nos últimos quatro jogos e o oitavo neste Brasileirão, tornando-o o artilheiro do time na competição.

Aos 44min, o time de Dunga quase ampliou: Damião aproveitou saída errada da zaga baiana e chutou rente à trave esquerda.

Cáceres marca de novo e iguala

Na volta ao gramado para a etapa complementar, o técnico Dunga colocou Josimar no lugar de Ygor. Aos 19min, Marquinhos chutou da entrada da área e a bola passou muito próxima à trave direita. Aos 23min, o treinador precisou promover o retorno de Muriel ao gol. Alisson sentiu uma lesão e não suportou as dores, tendo que deixar o gramado.

Pouco tempo depois da parada para o atendimento médico e a troca dos irmãos goleiros, o Vitória voltou mais ligado e achou o empate. A zaga colorada afastou um cruzamento e a bola sobrou para Cáceres. O paraguaio emendou de primeira, marcando o seu segundo gol na partida, sem chances para Muriel defender.

Mesmo com um cansaço extremo em virtude da sequência de jogos, o Inter não deixou de buscar o gol da vitória. As melhores chegadas do Colorado após o empate foram com Alex. Aos 42min, o meia chutou forte, mas a bola raspou a trave e foi para fora. Aos 48min, o chute foi defendido por Wilson. Logo depois, Cajá ainda tentou marcar um gol olímpico, em cobrança de escanteio fechada, mas Muriel estava atento e fez a defesa.

"O time lutou a todo momento. O importante agora é continuar trabalhando para melhorarmos", disse Índio.

"Temos que buscar sempre o primeiro lugar, a tabela tem nos ajudado, mesmo não ganhando subimos uma posição, mas se não conseguirmos alcançar a primeira colocação, vamos buscar o G4", projetou o técnico Dunga.

Ficha técnica:

Internacional (2): Alisson (Muriel, 22'/2º); Gabriel, Índio, Juan e Kleber; Ygor (Josimar, intervalo), Willians, Otávio e D'Alessandro; Scocco e Leandro Damião (Alex, 18'/2º). Técnico: Dunga.

Vitória (2): Wilson; Ayrton, Victor Ramos, Kadu e Juan; Michel, Neto Coruja (Felipe, 17'/2º), Renato Cajá e Luís Cáceres; Marquinhos e Dinei. Técnico: Ney Franco.

Gols: Luís Cáceres (V), aos 8 minutos do primeiro tempo, D'Alessandro (I), aos 26 e aos 28 minutos do primeiro tempo, e Luís Cáceres (V), aos 27 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos: Índio, Gabriel (I); Michel (V).

Público: 5.195 (4.456 pagantes). Renda: R$ 119.360,00.

Arbitragem: André Luiz de Freitas Castro (GO), auxiliado por Janette Mara Arcanjo (MG) e João Patrício de Araújo (GO).

Local: Estádio do Vale, em Novo Hamburgo.


Outras notícias
Loja Virtual