25/05/2013

Inter reage e busca empate contra o Vitória

 
Inter, de D'Alessandro, buscou placar adverso na capital baiana

O Internacional mostrou poder de reação na rodada de estreia no Campeonato Brasileiro. O time colorado sofreu dois gols do Vitória nos 11 primeiros minutos da partida disputada na noite deste sábado, na Fonte Nova, mas diminuiu a vantagem adversária ainda no primeiro tempo, com um gol de Forlán. Na etapa final, Fred – que havia feito a assistência para o gol do atacante uruguaio – anotou o segundo e garantiu o empate em Salvador. Final: 2 a 2.

Na próxima quinta-feira (30/5), o Colorado recebe o Criciúma no Centenário, em jogo válido pela segunda rodada do campeonato nacional.

> Veja galeria de fotos do jogo

Agenor e Kleber entre os titulares

Por precaução, o Inter optou por não colocar em campo Muriel e Fabrício, evitando possível punição da CBF. O goleiro foi expulso na última rodada do Brasileirão 2012, no Gre-Nal
disputado no Olímpico. Já o lateral-esquerdo foi expulso na última partida contra o Santa Cruz, pela Copa Brasil, torneio também organizado pela entidade. Com isso, Agenor e Kleber iniciaram a partida.

Adversidade na Fonte Nova

O jogo começou complicado em Salvador. Logo a 1min50seg, na primeira chegada do Vitória, Maxi Biancucchi abriu o placar para os donos da casa. O Inter tentou reagir e criou chances de gol. Aos 5min, Kleber cruzou fechado e a bola quase surpreendeu o goleiro Wilson, que espalmou providencialmente para escanteio. Na sequência, Rafael Moura desviou de cabeça a cobrança de escanteio feita por Forlán e Juan emendou uma bicicleta, mas a bola tomou muita elevação e saiu por cima do gol. Dois minutos depois, Fred chutou com qualidade da entrada da área para boa defesa do goleiro baiano.

Porém, o Vitória chegou ampliou aos 11min, desta vez na bola parada. Renato Cajá cobrou falta da direita e Gabriel cabeceou para fazer 2 a 0.

Aos 15min, Nino Paraíba invadiu a área e chutou em cima defesa. No rebote, Maxi Biancucchi finalizou com perigo para fora. O Colorado ameaçou com D'Alessandro, aos 19min, em chute que ficou nas mãos de Wilson. Pouco depois, o meia argentino alçou na área baiana e Kleber cabeceou sobre o gol.

O panorama do jogo era perigoso, com o time de Salvador apostando intesamente nos contra-ataques. Aos 22min, Dinei recebeu passe de Nino Paraíba e chutou rente à trave esquerda de Agenor.

Forlán desconta ainda no 1º tempo

O Inter diminuiu a vantagem adversária a partir de grande jogada protagonizada por Fred, de grande atuação em Salvador: o meia-atacante passou por três marcadores, invadiu a área e serviu com maestria para Forlán. O artilheiro uruguaio foi preciso no arremate e marcou o seu 11º gol temporada. Ao todo, já são 16 com a camisa colorada.


Forlán comemora com Fred o primeiro gol colorado em Salvador

O time de Dunga ganhou moral na busca pelo empate. Aos 33min, Fred recebeu na pequena área e teve boa chance de marcar, mas pegou mal na bola. Aos 38min, Forlán cruzou e Rafael Moura por pouco não conseguiu o desvio para o gol. Aos 44min, Forlán recebeu lançamento longo e, de primeira, deu um leve toque na bola. O goleiro Wilson estava atento e fez a defesa com segurança.

D'Ale faz lançamento mágico para gol de Fred

O Colorado começou o segundo tempo em alto ritmo. Com supremacia na posse de bola, encurralava o Vitória no seu campo de defesa. Aos 3min, após boa tabela com Gabriel no interior da área, D'Alessandro chutou ao lado esquerdo do gol, acertando o lado de fora da rede. Aos 9min, o camisa 10 do Inter buscou a jogada aérea de Rafael Moura, mas a bola ficou para o goleiro baiano. 

Aos 17min, D'Alessandro fez um lançamento espetacular do campo de defesa e a bola chegou até Fred, que estava posicionado entre os zagueiros nas proximidades da área. Com categoria, o camisa 35 escapou em velocidade e tocou na saída do goleiro para definir o empate: 2 a 2!


Fred está marcando o seu oitavo gol com a camisa do Inter

O Inter manteve a postura ofensiva e criou diversas oportunidades, mas o Vitória se fechou como pôde para evitar o terceiro gol. Aos 22min, Kleber chutou cruzado para a defesa de Wilson. Aos 40min, Gabriel fez passe de calcanhar e D'Alessandro chutou à esquerda do gol. Aos 45min, D'Ale emendou por cima do gol. Apesar da insistência do time de Dunga, o placar não se alterou mais na Fonte Nova. 

"Brasileiro não tem facilidade nenhuma. Agora vamos procurar buscar a vitória em casa", disse Gabriel.

"Criamos muitas oportunidades, mas não conseguimos definir todas. Mas valeu pela reação", avaliou Fred, destaque colorado.

"A ansiedade pela estreia nos prejudicou um pouco. Mas o time teve poder de reação e criou inúmeras chances na etapa final", ponderou o diretor de futebol Luís César Souto de Moura.

"Demoramos para nos ambientar ao campo mais duro, com a bola mais rápida, e acabamos sendo surpreendidos no começo. Depois acertamos o posicionamneto e começamos a errar menos passes. Controlamos o jogo e chegamos aos gols. Queríamos ter conseguido a vitória, mas enfrentamos muitas dificuldades", analisou o técnico Dunga.

Ficha técnica:

Vitória (2): Wilson; Nino Paraíba, Gabriel, Victor Ramos e Mansur; Neto Coruja, Cáceres, Renato Cajá (Vander, aos 14min do 2º tempo) e Escudero; Maxi Biancucchi (Marquinhos, aos 30min do 2º tempo) e Dinei (Jean Carlo, no intervalo). Técnico: Caio Junior.

Internacional (2): Agenor; Gabriel, Rodrigo Moledo, Juan e Kleber (Vitor Júnior, aos 28min do 2º tempo); Airton, Willians (Josimar, aos 17min do 2º tempo), Fred e D'Alessandro; Forlán e Rafael Moura (Cassiano, aos 17min do 2º tempo). Técnico: Dunga.

Gols: Maxi Biancucchi (V), a 1min50seg do primeiro tempo, Gabriel (V), aos 11 minutos do segundo tempo, Forlán (I), aos 29 minutos do primeiro tempo, Fred (I), aos 18 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos: Willians, D'Alessandro (I); Nino Paraíba, Renato Cajá (V).

Arbitragem: Marcelo de Lima Henrique (RJ), auxiliado por Fabio Pereira (TO) e Rodrigo Henrique Correa (RJ).

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador.


Outras notícias
Loja Virtual