10/03/2013

Destaques da conquista do primeiro turno do Gauchão

O Internacional voltou a erguer a taça do primeiro turno do Gauchão, fato que não ocorria desde 2009, quando bateu o Grêmio na final da Taça Fernando Carvalho. E foram necessários 45 minutos para que o time de Dunga encaminhasse a conquista do título que garante presença na finalíssima do Gauchão (vale lembrar que se vencer o returno, será automaticamente declarado campeão).

Marcando com eficiência e movimentando-se com intensidade, o Colorado sufocou o São Luiz no seu campo de defesa e marcou dois gols ainda no primeiro tempo, com Leandro Damião e Gabriel. Na etapa final, mais três gols (Damião, D'Alessandro e Rafael Moura) encerraram a grande campanha na Taça Piratini.


Damião (E) foi decisivo na conquista do primeiro turno do Gauchão

Vitória passou por Damião

Foi uma tarde inspirada de Leandro Damião. A abertura do placar no 19 de Outubro teve a assinatura do vice-artilheiro do Gauchão, que ao receber passe de costas para o gol, fez giro rápido e chutou no canto esquerdo, sem chance para Oliveira. No lance do segundo gol, foi dele o cruzamento que foi mal afastado pela defesa e sobrou para Gabriel marcar.

Com muita disposição em campo, o atacante também participou do gol anotado D'Alessandro, ao fazer inteligente assistência para o meia argentino encher o pé. Mas Damião ainda protagonizaria um gol de placa antes de deixar o campo para a entrada de Caio. Ao perceber o goleiro adiantado, chutou do bico da área e colocou a bola no ângulo, por cobertura. Foi o 82º gol em 139 jogos. 

Josimar abre espaço no meio

Atuando pelo lado direito do losango que formava o meio-campo colorado – que tinha ainda Ygor na primeira função, Fred pelo lado esquerdo e D'Alessandro como ponto mais adiantado –, Josimar teve papel importante na construção do primeiro gol. O volante avançou com a bola dominada e percebeu a movimentação de Leandro Damião entre os zagueiros. Sem hesitar, fez um lançamento preciso que o camisa 9 não desperdiçou. Josimar manteve a postura dinâmica até o final do confronto. "O Dunga me deu liberdade para jogar", resumiu o jogador.

Josimar teve atuação destacada no meio-campo

Gabriel marca pela primeira vez

Contratado no começo do ano, o lateral-direito deixou sua marca na vitória, ao aproveitar o rebote da zaga e marcar o segundo gol do Inter na partida. "É um gol muito importante para
mim. Estava com saudade de fazer gols. A bola sobrou de frente para o gol, não tinha como errar", vibrou Gabriel.

Gabriel (E) recebe os 'cumprimentos' dos companheiros pelo primeiro gol

D'Ale chega aos 41 gols

Na sua partida de número 199, o meia argentino marcou um gol de técnica apurada, ao chutar de primeira com o claibrado pé esquerdo. Foi o seu 41º gol com a camisa do Inter.

Defesa sólida

Se o Inter apresentou poderio ofensivo arrasador em Ijuí, o setor defensivo também se comportou à altura. A dupla de zaga Rodrigo Moledo e Juan foi perfeita, sem dar chance aos atacantes adversários. O volante Ygor também cumpriu papel fundamental na marcação, bem como os laterais Gabriel e Fabrício. O Inter encerra o primeiro turno tendo sofrido seis gols em 11 partidas.

Juan foi, ao lado de Rodrigo Moledo, um gigante na área colorada

Dupla de ataque artilheira

O Inter tem no seu ataque o artilheiro e o vice-artilheiro do Gauchão: Forlán, com seis gols anotados, e Damião, com cinco. Dos 20 gols do Colorado na Taça Piratini, 11 foram da dupla.

Forlán fez seis gols na Taça Piratini

Moura mostra qualidade

O atacante entrou nos instantes finais da decisão e encontrou tempo para marcar um lindo gol, de cobertura. Rafael Moura soma três gols em 15 jogos.

O primeiro título do técnico Dunga

Campeão do mundo como jogador em 1994 e da Copa América (2007) e das Confederações (2009) como treinador da Seleção Brasileira, ainda faltava no currículo de Dunga um título como técnico de um clube. E foi justamente na sua primeira experiência, pelo time que o revelou para o futebol, e em Ijuí, sua terra natal, que o feito foi alcançado. "É um título importante. Dá confiança para seguirmos trabalhando", avalia Dunga.


Dunga comemora seu primeiro título como técnico de um clube

Campanha colorada no 1º turno do Gauchão

7 vitórias
3 empates
1 derrota
Gols marcados 20
Gols sofridos: 6


Outras notícias
Loja Virtual