10/07/2005

INTER DÁ SHOW NO RIO DE JANEIRO


Com uma grande atuação, o Internacional bateu o Vasco por 4 a 2, no Rio de Janeiro, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os gols foram marcados por Élder Granja, Vinícius, Jorge Wagner e Rafael Sobis (foto/arquivo). Alex Dias descontou com dois gols. Com o resultado, o time colorado manteve a terceira colocação, com 22 pontos, permanecendo na zona de classificação para a Libertadores e ficando a um ponto dos líderes Ponte Preta e Fluminense.

 

 


O jogo

A vitória no Rio de Janeiro por 4 a 2 quebrou um tabu de 10 anos sem vitórias do Inter sobre o Vasco no Rio de Janeiro. Foi a terceira vitória consecutiva do time de Muricy Ramalho na competição. Nos últimos nove jogos, a equipe colorada venceu sete, empatou um e perdeu um. Com 22 pontos e 66% de aproveitamento em 11 jogos, está apenas um ponto dos líderes, a Ponte Preta e o Fluminense.

O time colorado é hoje o time com maior número de vitórias na competição (7) e tem a segunda melhor campanha do campeonato fora de casa (com 12 pontos ganhos em 18 pontos possíveis). Além disso, tem o quarto melhor ataque da competição com 19 gols, atrás do Santos com 22 e do Corinthians e da Ponte Preta, com 21.

Sobre o Vasco neste domingo, a superioridade do Inter foi gritante. Além dos quatro gols, o Inter criou inúmeras chances, teve dois gols anulados por impedimento (um equivocadamente) e ainda houve um pênalti claro não marcado sobre Fernandão pelo árbitro.

O Inter entrou em campo já sabendo que uma vitória levaria a equipe a ficar apenas um ponto da liderança. Com isso, o time colorado partiu logo cedo para o ataque. Aos 2min20seg, Jorge Wagner cobrou escanteio e Erivélton salvou com uma tapa para fora. Aos 7min, Jorge Wagner cruzou, Fernandão ajeitou na área para trás e Iarley chutou prensado com um zagueiro. A bola passou perto.

O time de Muricy seguiu pressionando com boa troca de passes pelo meio e jogadas insinuantes pelas laterais. Aos 12min50seg, Iarley roubou a bola na linha de fundo, entrou na área e chutou na rede pelo lado de fora, em um lance de muita raça e força.

O Vasco só foi ameaçar aos 17min30seg, quando Alex Dias chutou dentro da área para grande defesa de Clemer. Dois minutos depois, William concluiu de fora da área por cima.

Aos 22min30seg, o Inter chegou ao primeiro gol em uma linda jogada coletiva. Tinga tocou para Iarley, na intermediária, que devolveu para Tinga. O meio-campista tocou então para Élder Granja, livre na área, chutar rasteiro no canto: 1 a 0. Na comemoração, Granja homenageou a filha recentemente nascida com uma coreografia ao estilo Bebeto e Romário, na Copa de 1994. Foi o primeiro gol de Granja na temporada.

O segundo gol do time colorado veio logo em seguida. Aos 24min30seg, Jorge Wagner cobrou falta da esquerda e Vinícius cabeceou livre, na segunda trave, para fazer 2 a 0. Foi o primeiro gol do zagueiro no ano. Aos 27min20seg, Jorge Wagner cobrou falta com muito perigo. A bola passou perto.

Nas arquibancadas do Estádio São Januário, os torcedores do Vasco começaram a protestar, retirando as faixas e ficando de costas para o campo. O técnico Dário Lourenço colocou Abedi no lugar de Osmar, na tentativa de equilibrar a partida.

Aos 33min40seg, Granja entrou na área e cruzou, mas a bola atravessou a pequena área e ninguém tocou nela. Aos 36min40seg, Iarley chutou com força de fora da área e Erivelton defendeu no canto. Um minuto depois, o Vasco descontou depois que Abedi cruzou da direita e Alex Dias desviou na segunda trave.

No intervalo, Dário Lourenço retirou o português Dominguez e promoveu a entrada de Gian. O segundo tempo foi recheado de emoção e lances de gols. O Vasco se lançou ao ataque e permitiu espaços generosos ao time colorado.

Aos 2min, Edinho arrancou passando por quatro adversários e cruzando para Fernandão ajeitar e Jorge Wagner chutar para fora.

Aos 4min, saiu William lesionado e entrou Anderson no Vasco. Aos 5min45seg,  Abedi chutou de fora da área para defesa de Clemer. Dois minutos depois, Alex Dias recebeu lançamento na área e chutou de primeira para fora.

Aos 12, o ala Alex fez grande jogada pela esquerda, avançando até a área carioca, onde foi derrubado por Wagner Diniz: pênalti. Na cobrança, aos 13min, Jorge Wagner bateu bem e marcou o 3 a 1. Foi o 10º gol do jogador na temporada e o quarto na competição. Jorge Wagner é o goleador do Inter no Brasileirão.

Aos 15min, Fernandão foi lançado, entrou na área e tocou para Tinga chutar na trave. No rebote, Fernandão concluiu para a rede, mas o juiz anulou o lance por impedimento, equivocadamente. Aos 17min50seg, Wagner Diniz entrou na área e chutou para defesa de Clemer. No rebote, Wagner Diniz foi derrubado pelo goleiro colorado e o juiz marcou pênalti. Na cobrança, Alex Dias fez o segundo gol carioca, aos 18min40seg.

Um minuto depois, Fernandão foi derrubado na entrada da área pela zaga vascaína e o juiz não marcou pênalti para o Inter, em novo erro. No contra-ataque, aos 20min, Alex Dias invadiu a área e chutou com muito perigo para fora. Aos 24min, em novo contra-ataque, Anderson cruzou da direita e Alex Dias chutou rasteiro de fora da área muito perto da trave.

Aos 25min30seg, Iarley deu grande passe para Tinga avançar até a entrada da área e tentar encobrir o goleiro. Erivélton, porém, conseguiu defender. Aos 30min, Iarley deixou o gramado para entrada de Rafael Sobis. Foi a primeira partida de Sobis, depois do Mundial Sub-20, no qual conquistou o terceiro lugar pela seleção brasileira.

Aos 30min50seg, Wagner Diniz cruzou da direita e Anderson se atrapalhou na hora de concluir. No minuto seguinte, Jorge Wagner ergueu para a área e Wilson marcou o gol de cabeça, mas o juiz anulou o lance por impedimento corretamente. Aos 34min, Tinga deu grande passe para Jorge Wagner chutar e o goleiro fazer grande defesa. Enquanto isso, o juiz já anulava o lance por impedimento, desta vez, equivocadamente.

Aos 35min50seg, Rafael Sobis arrancou do meio-campo, passando em velocidade por uma linha de três zagueiros. O atacante foi até a entrada da área e chutou no canto, na saída do goleiro: 4 a 2. Foi o terceiro gol de Sobis na competição. Depois disso, o Inter procurou tocar a bola e garantir mais três pontos no Brasileirão.

Vasco (2): Erivélton; Wagner Diniz, Gomes, Daniel e Diego; Ygor, Osmar (Abedi), Morais e Dominguez (Gian); William (Anderson) e Alex Dias. Técnico: Dário Lourenço.

Internacional (4): Clemer; Wilson, Índio e Vinícius; Granja, Edinho, Tinga (Gavilán), Jorge Wagner e Alex (Ceará); Iarley (Rafael Sobis) e Fernandão. Técnico: Muricy Ramalho.

Gols: Élder Granja (I), aos 22min30seg do primeiro tempo, Vinícius (I), aos 24min30seg do primeiro tempo, Alex Dias (V), aos 37min30seg do primeiro tempo, Jorge Wagner (I), aos 13min do segundo tempo, Alex Dias (V), aos 18min40seg do segundo tempo, e Rafael Sobis (I), aos 35min50seg do segundo tempo. Cartões amarelos: Gomes, Ygor (V), Tinga e Iarley (I). Renda: R$ 150.000,00. Público: 5.000. Arbitragem: Romildo Correia (SP), auxiliado por Luís Quirino da Costa (SP) e Osny Antônio Silveira (SP). Local: Estádio São Januário, no Rio de Janeiro.


Outras notícias
Loja Virtual