04/11/2012

Inter perde para o Náutico no Recife

O Internacional foi derrotado por 3 a 0 pelo Náutico na noite deste domingo, nos Aflitos, em jogo válido pela 34ª rodada do Brasileirão. Os três gols foram marcados em lances de bola parada – Souza, duas vezes, em cobranças de falta no primeiro tempo, e Kieza, aproveitando de cabeça escanteio cobrado na etapa final, decidiram o placar.

Com o resultado, o Colorado fica na sexta posição, com 51 pontos, apesar de a vitória contra o Palmeiras estar sob judice, com julgamento previsto para o dia 8 de novembro. O time volta a campo no próximo domingo (11/11), quando encara a Ponte Preta em Campinas. Na sequência, nos dias 15 e 28, recebe Corinthians e Portuguesa no Beira-Rio. A última rodada será diante do Grêmio, dia 2 de dezembro, no Olímpico.

> Fotos da partida nos Aflitos

Inter enfrentou o Náutico, no Estádio dos Aflitos, pelo Brasileirão

Time desfalcado 

O Inter foi à capital pernambucana sem três importantes jogadores, D'Alessandro, Forlán e Fred, que cumpriram suspensão pelo terceiro cartão amarelo. Com isso, o volante Josimar, o meia Lucas Lima e o atacante Cassiano ganharam oportunidade entre os titulares. Recuperado de lesão, o artilheiro Leandro Damião voltou ao time.

O duelo nos Aflitos começou com jogadas ríspidas e muita disputa pela bola. Logo aos 3min, o zagueiro Jean Rolt deu entrada dura em Damião e foi advertido com o cartão amarelo. Pouco depois, Damião se estranhou com Rolt e 

também ficou pendurado. A forte marcação aplicada por ambos os times imperou nos 15 primeiros minutos. Ninguém conseguiu finalizar. A primeira chance foi do Inter, aos 15min20seg, quando Cassiano cruzou da linha de fundo e Damião cabeceou desviado para escanteio. O Colorado ganhou espaço em campo e passou a pressionar o Náutico, que ficou fechadinho na sua área, afastando o perigo na base dos chutões. Aos 18min, Kleber cruzou com efeito da esquerda e quase encobriu o goleiro Felipe.

Bola parada fatal

Porém, em lance de bola parada, os donos da casa abriram o placar. Aos 22min, Souza cobrou falta com qualidade e acertou o ângulo direito de Muriel. Embalado pela fanática torcida, o Nático ganhou confiança após o gol e lançou-se ao ataque. Aos 32min, Souza, novamente de falta, bateu forte e, contando com um desvio na barreira, ampliou a vantagem pernambucana. Aos 36min, Rhayner entrou na área em velocidade e tentou driblar Muriel, mas Rodrigo Moledo apareceu para cortar.

O Inter tentava explorar as jogadas pelo alto, mas a zaga adversária estava bem posicionada e conseguiu abafar as investidas. Aos 44min, Lucas Lima alçou na área e Felipe afastou a bola com um soco. Aos 47min, Kleber cobrou escanteio, Damião cabeceou e por pouco que Índio não conseguiu o desvio para o gol.

No intervalo, o técnico Fernandão promoveu duas substituições, colocando Fabrício e Otávio nos lugares de Josimar e Lucas Lima. O Inter voltou com mais diposição, mas o Náutico se fechou bem e segurou o ímpeto colorado. Aos 3min, Fabrício, que atuava como meia, lançou para Damião, que só não conseguiu a finalização porque o goleiro Felipe saiu nos seus pés.

O Náutico não demorou para reequilibrar o jogo. Aos 5min, em contra-ataque rápido, Rhayner chutou para defesa segura de Muriel. Aos 8min, o goleiro colorado saltou no canto esquerdo e evitou que Souza marcasse o seu terceiro gol de falta na partida. Aos 14min, Souza mais uma vez levou perigo na bola parada, em forte chute que passou próximo à trave esquerda. Aos 16min, Souza cobrou escanteio e Kieza cabeceou para fazer 3 a 0.

Aos 26min, Rafael Moura entrou no lugar de Cassiano. Dois minutos depois, Otávio fez jogada pessoal e quase que a bola sobrou para a conclusão de Moura na pequena área. O Colorado ainda tentou aos 33min, com Nei cobrando falta à esquerda de Felipe, e aos 42min, quando Damião chutou de primeira e a bola passou ao lado da trave direita. 

"Sabíamos que jogar aqui é difícil. Hoje a bola prada nos venceu", disse o zagueiro Índio.

"Agora vamos trabalhar durante a semana e buscar a recuperação contra a Ponte Preta", projeta Kleber.

"A bola parada fez a diferença no primeiro tempo. Estávamos até criando chance até então. Depois sofremos com q falta de qualidade no nosso último passe. Agora vamos trabalhar para buscar contra a Ponte Preta", analisou o técnico Fernandão.

"Ainda temos quatro jogos, todos eles importantes. Iniciamos a busca ela vitória contra a Ponte Preta, no próximo domingo", afirma o presidente Giovanni Luigi.

Ficha técnica:

Náutico (3): Felipe; Patric (Alison), Alemão, Jean Rolt e Douglas; Elicarlos (Dadá), Souza, Josa e Rhayner; Rogério (Araújo) e Kieza. Técnico: Alexandre Gallo.

Internacional (0): Muriel; Nei, Rodrigo Moledo, Índio e Kleber; Ygor, Guiñazu, Josimar (Fabrício) e Lucas Lima (Otávio); Cassiano (Rafael Moura) e Leandro Damião. Técnico: Fernandão.

Gols: Souza (N), aos 22 e 32 minutos do primeiro tempo, Kieza (N), aos 16min do segundo tempo.

Cartões amarelos: Jean Rolt, Alemão, Patric, Dadá (N); Leandro Damião, Índio, Guiñazu, Rodrigo Moledo (I).

Arbitragem: Wilton Pereira Sampaio-GO, auxiliado por Janette Arcanjo-MG e Cleryston Barreto Rios-SE.

Local: Estádio dos Aflitos, Recife.


Outras notícias
Loja Virtual