27/10/2012

Inter vence Palmeiras de virada e sobe na tabela

O Internacional venceu a segunda partida consecutiva no Brasileirão, ao bater o Plameiras por 2 a 1, de virada, na tarde deste sábado, no Beira-Rio. Luan marcou para o Verdão, mas Fred empatou antes do intevalo, No segundo tempo, Rafael Moura marcou o segundo gol colorado e garantiu a vitória na partida válida pela 32ª rodada.

O resultado deixa o Inter na quinta posição, com 51 pontos, e a sete de diferença em relação ao G-4. O Colorado volta a campo somente no dia 4 de novembro, quando vai ao Recife enfrentar o Náutico.

http://www.internacional.com.br/imagens/galeria/galeria_foto_d7dd58ba3fca62f27a1bbafc2626893d.jpg  He-Man marcou o gol da virada que mantém o Inter vivo na luta pela vaga na Libertadores

> Galeria de fotos da partida

> Poder de reação marca segunda vitória seguida

Base mantida

A escalação que foi a campo contra o Palmeiras teve três novidades: Rafael Moura foi o companheiro de Forlán no ataque, uma vez que Damião e Dagoberto recuperam-se de lesão, e Índio reassumiu a titularidade na vaga de Juan. No meio-campo, Josimar foi o substituto de Ygor, suspenso pelo terceiro amarelo. O restante da equipe foi o mesmo que venceu o Vasco no meio de semana, com  Muriel; Nei, Rodrigo Moledo, Índio e Kleber; Josimar, Guiñazu, Fred e D'Alessandro; Rafael Moura e Forlán.

Torcida no Beira-Rio

O estádio colorado mostrou mais uma vez que é possível receber jogos mesmo estando com obras a pleno vapor visando à Copa de 2014. Mais de 11 mil torcedores viram ao Gigante apoiar o time contra o Palmeiras. Agora restam apenas três partida no Beira-Rio neste ano – contra Ponte Preta (11/11), Corinthians (18/11) e Portuguesa (25/11).

http://www.internacional.com.br/imagens/galeria/galeria_foto_2a1cf91365cf80861a7b5528befef429.jpg                                Torcida colorada compareceu em bom número ao Beira-Rio

Equilíbrio nas ações

O duelo começou acirrado, com cada centímetro do gramado sendo disputado com muita energia pelos jogadores. O Inter apresentava boa troca de passes, o que foi uma constante durante toda a etapa inicial, tanto que teve posse de bola muito superior ao adversário nos primeiros 45 minutos (63% x 37%). O lado esquerdo era bastante explorado com os avanços de Fred e Kleber. Porém, não estava fácil de conseguir a finalização em virtude da eficiente marcação imposta pelos paulistas.

Aos poucos, os espaços começaram a aparecer. Aos 8min, Guiñazu experimentou chute frontal, mas a bola subiu demais. O Verdão ameçou aos 11min, em rápido contra-ataque que terminou com Muriel fazendo grande defesa após chute de Patrick Vieira. Aos 15min, Barcos sofreu falta nas proximidades da área. Sempre perigoso na bola parada, Marcos Assunção cobrou e Muriel saltou com desenvoltura para fazer a defesa. Aos 18min, D'Alessandro buscou a bola na linha de fundo e cruzou para o cabeceio de Rafael Moura. A bola saiu ao lado direito do gol palmeirense.

Palmeiras sai na frente

Aos 21min, Marcos Assunção cobrou escanteio, a bola foi desviada no meio do caminho e Luan concluiu com cabeceio certeiro. O Inter quase empatou já no minuto seguinte, em chute de fora da área que Bruno espalmou para escanteio. Aos 24min, Muriel foi brilhante e evitou que Barcos ampliasse – o chute foi rasteiro, à queima-roupa, mas o goleiro colorado conseguiu defender no mais puro reflexo. Aos 32min, D'Alessandro cobrou falta no cantinho esquerdo, mas Bruno conseguiu defender.

Fred iguala o placar

O Inter chegou ao empate aos 34min, com uma bela contrução coletiva: Rafael Moura ganhou a bola no meio-campo e avançou com a ela dominada até que Guiñazu fez a ultrapassagem pela esquerda. Como um lateral, o volante argentino recebeu o passe de He-Man e cruzou no segundo poste para Fred chutar com precisão de perna esquerda. Foi o sexto gol do jovem atacante marcou na temporada.

http://www.internacional.com.br/imagens/galeria/galeria_foto_b7ea965c95c3f804ead61e77887e3013.jpg                                       Fred marcou o seu sexto gol no Brasileirão

O Aos 37min, Artur invadiu a área pela direita e chutou para a defesa segura de Muriel. Um minuto depois, Fred pegou rebote e finalizou por cima do travessão. No finalzinho do primeiro tempo, D'Alessandro recebeu na entrada da área e chutou  carimbou o zagueiro Henrique.

No intervalo, Elton entrou no lugar de Nei, no Inter. Logo aos 2min, Forlán recebeu bom lançamento de Kleber e chutou de primeira, mas a bola saiu ao lado direito do gol palmeirense.

Virada colorada

Aos 9min, com mais uma eficiente jogada coletiva, o Inter virou sobre o Palmeiras: D'Alessandro tabelou com Forlán e cruzou da esquerda para Rafael Moura marcar de cabeça o seu segundo gol pelo Colorado. 2 a 1 para o Inter!

Gol bem anulado

Movido pelo terror do rebaixamento, o Palmeiras lançou-se ao ataque na busca pelo empate. O Inter recuou em campo, mas suportou bem a pressão. Aos 16min, Luan exigiu outra grande defesa de Muriel na partida, após perigoso cabeceio. Na sequência do lance, Marcos Assunção cobrou escanteio e Barcos empurrou a bola com a mão para o fundo do gol. O árbitro inicialmente validou, mas voltou atrás e anulou o gol ilegítimo.

Depois de quase seis minutos de paralisação, a partida foi reiniciada, já com Fabrício no lugar de Kleber. Aos 26min, Marcos Assunção cobrou falta com muito veneno e Muriel saltou para fazer nova defesa espetacular. Aos 38min, Cassiano entrou na vaga de Fred. Aos 40min, Maycon Leite tentou por cobertura, mas Muriel estava atento e espalmou para escanteio.

O árbitro deu seis minutos de acréscimo, mas o Colorado foi valente e garantiu mais uma importante vitória no Brasileirão que foi muito comemorada pelos jogadores e pela torcida.

"Agora temos que continuar assim, lutando para conquistar um lugar na Libertadores", disse fred.

"A vitória foi importante para o grupo, para a nossa luta e para tudo que temos feito nos últimos dias", destacou Rafael Moura.

"Tínhamos que confirmar em casa. Foi muito duro e disputado, mas conseguimos vencer", afirmou Guiñazu.

"Foi a segunda vitória importante que conseguimos. Vamos seguir concentrados nestes jogos restantes", projetou D'Alessandro.

"Estamos correndo por trás. Enquanto houver chance, vamos lutar pela Libertadores", completou Muriel.

"Vamos seguir trabalhando para manter este nível de atuação nos próximos jogos", afirmou Fernandão.

Ficha técnica:

Internacional (2): Muriel; Nei, Rodrigo Moledo, Índio e Kleber (Fabrício); Josimar, Guiñazu, Fred (Cassiano) e D'Alessandro; Forlán e Rafael Moura. Técnico: Fernandão.

Palmeiras (1): Bruno; Artur, Mauricio Ramos, Henrique e Leandro (Juninho); João Denoni, Wesley (Maycon Leite), Marcos Assunção e Patrick Vieira; Luan (Obina) e Barcos. Técnico: Gilson Kleina.

Gols: Luan (P), aos 21 minutos do primeiro tempo, Fred (I), aos 34 minutos do primeiro tempo, Rafael Moura (I), aos 9 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos: Maurício Ramos, Henrique (P); Josimar, Muriel, Forlán, D'Alessandro (I).

Público: 11.339 (9.390 pagantes). Renda: R$ 119.560,00.
 
Arbitragem: Francisco Carlos Nascimento (AL), auxiliado por Rodrigo Pereira Joia (RJ) e Ediney Guerreiro Mascarenhas (RJ).
 
Local: Estádio Beira-Rio.


Outras notícias
Loja Virtual