21/09/2012

Juvenis sagram-se campeões da Taça Piratini

Foi em um jogo disputado até o lance final, com direito a todos os ingredientes de um bom clássico, que os juvenis do Inter levaram a Taça Piratini de 2012. O território era do adversário, o CT Hélio Dourado, mas mesmo assim os comandados de Clemer superaram o Grêmio na tarde de quinta-feira (20/09), pela decisão do primeiro turno do Estadual. A partida foi decidida nas penalidades (6 a 7), após empate sem gols no tempo normal.


Juvenis do Inter levaram a Taça Piratini de 2012 (Fotos:Guilherme Araujo|TXT Assessoria)

O jogo

Nos primeiros minutos, o Grêmio tentou ditar o ritmo do jogo, mas, como não conseguia infiltrar na área colorada, limitava-se a arriscar chutes de fora da área. Com o passar do tempo, o Inter foi soltando-se e, aos 12 minutos, o lateral Willian arrancou bem pela direita e foi derrubado ao lado da grande área, em lance que o árbitro poderia tranquilamente apresentar o cartão amarelo, mas não o fez. Na cobrança, Andrigo cruzou para Jardel, mas o cabeceio acabou saindo ao lado da meta.

Enquanto o centroavante colorado, Jardel, aparecia bem pelos dois lados e fazia a retenção da bola para a chegada dos laterais e meias, o gremista, Yuri, utilizando-se do seu porte físico avantajado, também incomodava a defesa do Inter, que, mesmo assim, suportava com valentia as investidas do atacante gremista. Aos 27, Lucas Severo conseguiu bom passe para Fernando Baiano, que aparecia no espaço vazio atrás dos zagueiros, mas o chute saiu mascado e a defesa afastou. Oito minutos depois, Jardel recebeu na entrada da grande área, girou em cima da marcação e chutou forte com a perna esquerda, obrigando o goleiro a praticar bela defesa. Na cobrança do escanteio, depois de confusão e bate e rebate na área gremista, a bola entrou, mas o árbitro invalidou o lance.

Na etapa complementar, o Inter veio disposto a controlar o jogo de uma vez por todas. Aos 11 minutos, Alisson fez boa jogada partindo da esquerda em direção ao meio e foi derrubado em frente à área. Na cobrança da falta, Andrigo bateu de chapa, mas a bola passou caprichosamente por sobre o travessão. Dois minutos depois, Andrigo arrancou pelo meio e passou para Jardel. O centroavante ainda driblou um adversário antes de chutar com perigo, mas a bola novamente passou raspando a trave. Fernando Baiano fez jogada parecida aos 28 minutos. Lucas Severo avançou pela intermediária e passou para o meia, que cortou um zagueiro e chutou forte, porém a bola teimou em não entrar.

Quatro minutos depois, brilhou a estrela do goleiro Wellington. Após cruzamento ao lado da área colorada, cabeceio a queima roupa que o arqueiro espalmou para fora. Aos 34, Fernando Baiano avançava área adentro quando foi derrubado. A bola sobrou para outro colorado que estava frente a frente com o goleiro, mas o árbitro preferiu marcar a falta em cima do meia. Na cobrança, quase na risca da grande área, Andrigo bateu com perfeição, mas o goleiro gremista fez grande defesa. 

Pênaltis
Passaram-se os 90 minutos de partida e o placar permaneceu imóvel. A sorte estava lançada e quem estivesse mais inteiro fisicamente, com as pernas mais leves e psicologicamente preparado teria mais chances de se sagrar campeão. Foram seis penalidades de cada lado até que um jovem gremista desperdiçasse sua cobrança. Alex, que havia substituído Lucas Severo, não decepcionou e garantiu o título para o Inter.

Com o resultado, o Campeão de Tudo está automaticamente classificado para a finalíssima do Estadual. Isso se não vencer a Taça Farroupilha, correspondente ao segundo turno, e assim, sendo desnecessária a disputa entre os vencedores de cada taça.


Jogadores comemoram a conquista do 1º turno do Estadual

Confira o time que Clemer escalou para a final da Taça Piratini: Wellington, Willian, Leonardo, Eduardo (Eriks) e Matheus Oliveira; Lucas Marques, Lucas Severo (Alex), Fernando Baiano, Alisson e Andrigo; Jardel.


Jogos do Inter no Gauchão

1ª fase da Taça Piratini

5/8 - Encantado 1x4 Inter
8/8 - Inter 0x0 Cerâmica
11/8 - Inter 5x4 Progresso
15/8 - Novo Hamburgo 3x3 Inter
20/8 - Grêmio 1x3 Inter
25/8 - Inter 3x0 Cruzeiro-POA
29/8 – Caxias 1x3 Inter
4/9 - Inter 6x1 Pelotas

Quartas de final

7/9 - Inter 4x0 Cerâmica

Semifinal

13/09 - Inter 2x1 Juventude

Final

20/09 - Grêmio 0(6)x0(7) Inter


Outras notícias
Loja Virtual