09/08/2012

Retirada da marquise 38% concluída

Aos 142 dias de obras na modernização do Beira-Rio os serviços avançam intensamente. As equipes da Andrade Gutierrez e seus macacões vermelhos trabalham em todas as frentes do Estádio. Quem passa pelas avenidas que circundam o Beira-Rio pode observar equipamentos e operários trabalhando na retirada da marquise – lajes e vigas -, que já está com 38% deste serviço concluído. Os olhares mais atentos verificarão, também, que já foram executadas as fundações das torres de circulação externa. Neste momento, estão sendo executados os blocos e vigas baldrames de uma das 14 torres que farão parte do complexo.

Trabalhos chegam ao 142º dia com grande avanço rumo à modernização do Beira-Rio

Na parte interna do Estádio, os quatro quadrantes estão com obras.
No Quadrante 1 - arquibancada inferior - estão concluídas as estruturas pré-moldadas e as equipes finalizam as vigas baldrames. No Quadrante 2 são efetuados serviços de reforço nos camarotes e suítes, além da continuidade os trabalhos com a Estaca Hélice Contínua. No Quadrante 3 permanecem demolições e escavações, além dos serviços de estacas. Já no Quadrante 4 estão sendo finalizados os blocos de fundação e sendo lançados os pré-moldados da futura arquibancada inferior.

OBRAS CIVIS
Além da estrutura que servirá de base para a futura sede gaúcha da Copa do Mundo de 2014, obras civis também estão sendo executadas. No Nível 1 – Quadrantes 1 e 2 – são os serviços de redes hidráulica, esgotos e elétrica. Também estão sendo tratadas as paredes e os pilares. No Quadrante 3 é a rampa de acesso que está sendo tratada.

TORRES DE CIRCULAÇÃO VERTICAL
O projeto prevê a construção de 14 Torres de circulação que darão acesso aos níveis 1 a 6 e fornecerão maior conforto e rapidez aos torcedores no acesso e na saída do Estádio. Com a construção destas torres, o Beira-Rio atenderá mais um requisito obrigatório da FIFA para a realização da Copa do Mundo de 2014, que é a evacuação do Estádio em até oito minutos.

Hoje são aproximadamente 340 pessoas trabalhando nas obras de modernização do Estádio Beira-Rio e este número deverá crescer ainda mais até o final do ano. A estimativa de Internacional e Andrade Gutierrez para a conclusão das obras do palco da próxima Copa do Mundo permanece dezembro de 2013.


Outras notícias
Loja Virtual