15/05/2012

Obras: estruturas de imprensa provisórias ganham forma

O Internacional e a construtora Andrade Gutierrez seguem trabalhando em ritmo intenso nas obras de modernização do complexo Beira-Rio. Atualmente, além das obras na arquibancada inferior, setor da social, o espaço destinado para a imprensa também passa por reformulações. As novas estruturas para abrigar os jornalistas começam a ganhar forma. As instalações ficarão no lugar que anteriormente era ocupado pela casamata da equipe visitante. Assim que o novo edifício estiver pronto, o banco de reservas será movido para o fundo do campo, atrás da goleira do lado do Gigantinho, rente à mureta que separa o gramado da torcida.

Nas arquibancadas inferiores já foram concluídos os serviços de fundação das futuras armações do quadrante 4. Neste momento, aguarda-se a retirada das cabines de imprensa para a continuação das atividades. Na seção 1 foram concluídos os serviços de blocos de fundação e a fabricação de pré-moldados das arquibancadas. Também já foram iniciados os lançamentos das novas estruturas. Na parte interna, Inter e Andrade Gutierrez seguem com os trabalhos de demolições e remanejamentos na parte elétrica e hidráulica.

Com o crescimento das demandas, a estimativa é de que o quadro de funcionários – que hoje soma 200 pessoas – chegue a 950 até o final deste ano. O número deve alcançar 1,5 mil no pico da obra. Com um valor orçado em aproximadamente R$ 330 milhões, a obra do Estádio Beira-Rio tem conclusão prevista para dezembro de 2013.



Novo espaço para a imprensa está sendo construído à beira do campo


Outras notícias
Loja Virtual